BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

terça-feira, 30 de junho de 2015

NÃO FORAM OS PMs QUE ASSASSINARAM AMARILDO NA ROCINHA

Prezados  leitores, o Major PM Édson, ex-comandante da UPP da Rocinha, preso desde outubro do ano passado, afirmou em entrevista que Amarildo foi morto por traficantes.
Leiam e opinem.



"Jornal Extra
Ex-chefe de UPP culpa traficantes pelo sumiço e morte de Amarildo na Rocinha 
Preso desde outubro, major Édson Santos diz que Polícia Civil acreditou numa ‘fofoca’ ao apontá-lo como mandante do crime 
POR O GLOBO 
29/06/2015 21:03 / ATUALIZADO 29/06/2015 21:16 
RIO — Ex-comandante da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha, o major Édson Santos disse não ter dúvidas de que traficantes da comunidade sejam os culpados pelo desaparecimento e morte do ajudante de pedreiro Amarildo de Souza, em 14 de julho de 2013. 
Em entrevista ao “RJ-TV”, da Rede Globo, nesta segunda-feira (Assista), o PM contou que, naquela noite, ele tinha em mãos uma lista com nomes e fotos dos traficantes com mandados de prisão expedidos pela Justiça e que, por isso, Amarildo foi levado até ele. 
— Eu sou inocente, e os policiais são inocentes — afirmou o ex-comandante da UPP. — Eu liberei o Amarildo e ele saiu exatamente pela área da escada. 
Segundo Édson, Amarildo foi levado até o centro de comando e controle da UPP, e não para a delegacia, porque ele tinha a lista atualizada dos criminosos com mandados de prisão, e por isso, poderia fazer a verificação. Além disso, segundo o major, a base ficava mais perto que a 15ª DP (Gávea). 
— As pessoas não entendem que aquilo ali é uma comunidade. Você não consegue fazer certas coisas de determinado ponto, que tem áreas de sombra, há pontos com os quais você não tem o contato. E eu gostava de ter o controle, para saber o que estava acontecendo — disse. 
O major acredita que Amarildo esteja mesmo morto. No entanto, perguntado sobre quem matou o ajudante de pedreiro, o major culpou traficantes da Rocinha: 
— Nos autos há material suficiente que aponta para o tráfico — afirmou ele, acrescentando que o objetivo do crime era tirá-lo do comando da UPP. — A UPP da Rocinha era a mais bem aceita e com o menor índice de reprovação (Leiam mais)."

Juntos Somos Fortes!

quinta-feira, 25 de junho de 2015

LIVRO "O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" ESTÁ NA FASE DE IMPRESSÃO


Prezados leitores, como temos feito desde que anunciamos a publicação do livro "O escândalo do Brasileirão 2013 - Como o Flamengo foi salvo do rebaixamento", informando o andamento do processo de produção, esclarecemos que o livro está na fase de impressão.
Enquanto a impressão da primeira tiragem é ultimada, estamos resolvendo o melhor local para lançamento.
Logo que tivermos a definição do local, da data e do horário informaremos, sendo certo que o lançamento ocorrerá antes do dia 21 de julho, aniversário do Fluminense.


Juntos Somos Fortes!

quarta-feira, 24 de junho de 2015

O MENOR INFRATOR, O QUE FAZER COM ELE?

Prezados leitores, o jornal O Dia publicou nessa quarta-feira um Editorial sobre a redução da maioridade penal.
A população clama pela redução da maioridade penal.
Faz isso como mecanismo de defesa, não suporta mais ser vítima dos menores infratores.
Não desconhece as péssimas condições do sistema socioeducativo, sabe que ninguém se recupera nesses centros que na verdade são depósitos.
A população tem conhecimento que a saída passa pelo oferecimento de uma educação pública de boa qualidade por parte do governo, mas isso não ocorre.
Sabe que campanhas públicas para a maternidade consciente também diminuiriam o problema, mas o governo também não faz essa parte.
Diante desse quadro atual existem duas opções imediatas:
- mantemos a situação atual e os menores continuarão furtando, roubando, ferindo e matando nas ruas.
- diminuímos a maioridade penal, encarceramos parte deles e aumentamos os problemas nos estabelecimentos penitenciários.
A população está claramente optando pela segunda opção.

Juntos Somos Fortes!

segunda-feira, 22 de junho de 2015

OPERAÇÃO LAVA JATO: NÃO HAVERÁ REPÚBLICA NA SEGUNDA-FEIRA

Prezados leitores, a coisa vai de mal a pior...

"Revista Veja 
Blog Felipe Moura 
Brasil Cultura e irreverência 
20/06/2015 às 1:19 \ Brasil, Cultura 
Marcelo Odebrecht para Lula e Dilma: “É para resolver essa lambança. Ou não haverá República na segunda-feira”


Imagem da semana: os presidentes da Andrade Gutierrez, Otávio, 
e da Odebrecht, Marcelo, presos pela operação que lava a jato a alma do Brasil


Revoltado com sua prisão, Marcelo Odebrecht ameaçou entregar Lula e Dilma Rousseff. 
Antes de ser levado pela Polícia Federal na manhã de sexta-feira, segundo a Época, ele fez três ligações. 
Uma delas para um amigo que tem interlocução com Dilma e Lula – e influência nos tribunais superiores em Brasília. 
“É para resolver essa lambança”, disse Marcelo ao interlocutor, determinando que o recado chegasse à cúpula de todos os poderes. “Ou não haverá República na segunda-feira.” 
Ui! 
Nas últimas semanas, segundo fontes ouvidas pela revista, o presidente da Odebrecht teve encontros secretos com petistas e advogados próximos a Dilma e a Lula. 
“Transmitiu o mesmo recado: não cairia sozinho. Ao menos uma dessas mensagens foi repassada diretamente à presidente da República. Que nada fez. 
Quando os policiais amanheceram em sua casa, Marcelo Odebrecht se descontrolou.” 
Que bom. 
Antes mesmo de chegar à carceragem em Curitiba, ele estava “agitado, revoltado”, nas palavras de quem o acompanhava. 
Ótimo. 
Seu pai, Emilio Odebrecht, patriarca da família que ergueu a maior empreiteira da América Latina, já vinha tendo acessos de raiva com o avanço da Operação Lava Jato: 
“Se prenderem o Marcelo, terão de arrumar mais três celas”, repetia ele. “Uma para mim, outra para o Lula e outra ainda para a Dilma.” 
Perfeito. Estamos na torcida para não haver República do PT na segunda-feira (Fonte)".

Juntos Somos Fortes!

domingo, 21 de junho de 2015

LIVRO "O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" - LANÇAMENTO


Prezados leitores, comunicamos que o livro deverá estar impresso no início de julho e que o lançamento será realizado até o dia 18 de julho de 2015, próximo ao aniversário do Fluminense.
Nós estamos avaliando um local no Centro do município do Rio de Janeiro para facilitar o acesso.
Caso isso não seja possível, o lançamento deverá ocorrer na Zona Norte.
Aproveitamos para agradecer a todos que participaram da mobilização e a todos que estão participando das etapas para a publicação.
Nós informaremos todos detalhes sobre o lançamento nesse espaço democrático com a devida antecedência.

Juntos Somos Fortes!

sábado, 20 de junho de 2015

"O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" E O ANALFABETISMO FUNCIONAL


Prezados leitores, a nossa mobilização para esclarecer "o escândalo do Brasileirão 2013" ultrapassou o período de dezoito meses,
Um tempo considerável, não resta dúvida, mas que não foi suficiente para que o Ministério Público de São Paulo apresentasse os resultados das investigações.
A falta desses resultados incomoda a todos nós que queremos que a verdade apareça.
Enquanto a investigação formal não é concluída, vivemos no mundo das especulações e das declarações estapafúrdias que surgem aqui e ali.
Nós que realizamos uma grande mobilização nesse período, a qual gerou uma investigação informal com resultados debatidos nas redes sociais, conseguimos comprovar fatos inquestionáveis, os quais estão retratados no livro que será lançado até o dia 21 de julho.
Infelizmente, nem todos que comentam nesse espaço democrático conseguiram identificar tais provas e fazer as devidas conexões.
Traídos pela emoção ou pela falta de informação, produziram nesse tempo centenas de comentários sem qualquer sentido diante do conteúdo do artigo publicado nesse espaço democrático.
Além de demonstrarem que não conseguirem entender o que leram, alguns demonstraram uma incapacidade alarmante de relacionar os fatos sobre o tema noticiados nos meios de comunicação.
Uma dificuldade intransponível de contextualizar.
Não conseguem juntar partes para formar um todo.
O que ocorre no no nosso blog é um retrato do que ocorre no Brasil, país onde a educação é precária.
No intuito de promover reflexão sobre o tema, transcrevemos um trecho de um artigo da revista Carta Capital, no intuito de alertar aos que estão imersos nesse universo do analfabetismo funcional. 
Nunca é tarde para o aprimoramento ético, moral e intelectual.

"Educação 
Analfabetismo funcional 
por Thomaz Wood Jr. — publicado 24/07/2013 08h52
Alarmante! A dificuldade para interpretar textos e contextos, articular ideias e escrever está presente em seletos ambientes do mundo corporativo e da academia
A condição de analfabeto funcional aplica-se a indivíduos que, mesmo capazes de identificar letras e números, não conseguem interpretar textos e realizar operações matemáticas mais elaboradas. Tal condição limita severamente o desenvolvimento pessoal e profissional. O quadro brasileiro é preocupante, embora alguns indicadores mostrem uma evolução positiva nos últimos anos. 
Uma variação do analfabetismo funcional parece estar presente no topo da pirâmide corporativa e na academia. Em uma longa série de entrevistas realizadas por este escriba, nos últimos cinco anos, com diretores de grandes empresas locais, uma queixa revelou-se rotineira: falta a muitos profissionais da média gerência a capacidade de interpretar de forma sistemática situações de trabalho, relacionar devidamente causas e efeitos, encontrar soluções e comunicá-las de forma estruturada. Não se trata apenas de usar corretamente o vernáculo, mas de saber tratar informações e dados de maneira lógica e expressar ideias e proposições de forma inteligível, com começo, meio e fim (Leiam mais)".

Juntos Somos Fortes!

SEGURANÇA PÚBLICA, POLÍTICA E FUTEBOL


Prezados leitores, como terminamos as revisões no livro, teremos tempo para abordar outros temas, como a segurança pública e a política, nossos temas iniciais.
Nós continuaremos tratando do futebol, um tema onde a degradação ética e moral se instalou e prosperou.
Divulgaremos no blog todos os dados relativos ao lançamento do livro.

Juntos Somos Fortes!

"O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" - NOTÍCIAS

Prezados leitores, algumas notícias sobre o "escândalo do Brasileirão 2013" encaminhadas por leitores:



1) "Site NETFLU
Lico: “Senador não disse que Unimed pagou, mas que tinha potencial”
Ex-mandatário da Lusa volta atrás da declaração
17 de junho de 2015 às 12:14
O ex-presidente da Portuguesa, Ilídio Lico, baixou o tom das acusações que fez contra Fluminense e Unimed. Ao canal Fox Sports, negou que o suposto senador garantiu que clube e a então patrocinadora pagaram para que Héverton fosse escalado e a Lusa assim perdesse pontos no Brasileiro de 2013.
– Vi que está tendo uma repercussão. Eu fui entrevistado pelo Jorge Nicola e estava no trânsito e não falei que fui eu, mas o senador que falou. O senador apenas me falou quem foram os interessados para prejudicar a Portuguesa, Fluminense e a Unimed. Mas o senador, que não posso dizer o nome, não disse que a Unimed ou o Fluminense pagaram. Só disse que quem tinha potencial para pagar muitos milhões era a Unimed. Sabemos que algumas coisas aconteceram, mas não posso garantir que foi, porque não temos prova – disse. Fonte: Fox Sports (Fonte)."

2) "Site do Globo Esporte
17/06/2015 17h37 - Atualizado em 18/06/2015 15h42
Sem provas de dolo, MP pode acionar cartolas por culpa em "caso Héverton"
Mesmo sem documentos que mostrem intenção de prejudicar a Portuguesa, órgão pretende levar caso à Justiça para responsabilizar ex-dirigentes por rebaixamento 
Por Leonardo Lourenço
São Paulo
Sem provas consistentes que apontem para o recebimento de vantagens indevidas, o Ministério Público de São Paulo deve processar ex-dirigentes da Portuguesa por culpa – quando não há intenção – pelo “caso Héverton”, que provocou o rebaixamento do clube para a Série B do Campeonato Brasileiro em 2013.
Apesar das suspeitas do órgão de que cartolas receberam pagamento para omitir da comissão técnica a informação de que o jogador estava suspenso e não poderia atuar na última rodada daquele torneio, a promotoria ainda não encontrou documentos que corroborassem essa teoria.
Ainda assim, o promotor Roberto Senise, que encabeça o inquérito, acredita ter indícios suficientes para que os ex-dirigentes enfrentem uma ação civil pública. Entre os apontados como responsáveis pelo erro que levou a equipe à segunda divisão estão o ex-presidente Manuel da Lupa, o ex-vice-presidente de futebol Roberto dos Santos e o advogado Valdir Rocha.
A investigação de Senise ainda não foi concluída. O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) apura o episódio, mas sob sigilo. É provável que nos próximos dias ambos convidem o ex-presidente Ilídio Lico, que sucedeu Da Lupa, para esclarecimentos (Leiam mais)".

Juntos Somos Fortes!

sexta-feira, 19 de junho de 2015

"O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" - OS FLAMENGUISTAS CONTINUAM TERGIVERSANDO...


Prezados leitores, passadas mais de trinta e seis horas da publicação do nosso artigo anterior (Link), no qual fizemos um questionamento aos torcedores do Flamengo que nos honram visitando o nosso espaço democrático,  sobre qual a prova que eles teriam sobre a Portuguesa ter sido "comprada", nenhuma resposta foi apresentada.
Nós continuaremos aguardando.
Diante da ausência dessa prova (ou pelo menos de um robusto indício) aconselhamos aos flamenguistas a não acusarem nenhum clube, patrocinador ou indivíduo pela "compra".
Por razões óbvias, se não pode provar, melhor não acusar.

Juntos Somos Fortes!

quarta-feira, 17 de junho de 2015

LIVRO "O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO" - O FLUMINENSE (UNIMED) É CULPADO?


Prezados leitores, hoje concluímos a revisão da diagramação e do texto, devemos receber o arquivo final para impressão nos próximos dias.
Aproveitamos para comunicar que o lançamento não acontecerá no final desse mês como estava previsto, evitando correrias desnecessárias para divulgação e impressão.
O lançamento ocorrerá no mês de julho, o que aumentará o simbolismo por ser o mês do aniversário do Fluminense, clube que foi a grande vítima de parte da imprensa no curso do escândalo do Brasileirão 2013.
Logo que o primeiro exemplar estiver impresso, antes de encaminhá-lo para o Ministério Público de São Paulo, nós o apresentaremos através de um vídeo.
Indo em frente!
A entrevista do ex-presidente da Portuguesa, o senhor Ilídio Lico, acusando o Fluminense e a UNIMED, fez com que aumentasse o número de comentários no blog de anônimos que se apresentam como torcedores do Flamengo.
Eles fazem coro com a fala do senhor Ilídio Lico e acusam o Fluminense (UNIMED) de serem os responsáveis pela "compra" da Portuguesa para que escalasse irregularmente o jogador Héverton.
Diante dessa tempestade de acusações, resolvemos propor alguns questionamentos para esses anônimos flamenguistas.
O primeiro:

Qual a prova conhecida por vocês que a Portuguesa se "vendeu"?

Por favor, não acusem o Fluminense, nem defendam o Flamengo.
Caso vocês apresentem a prova nos trataremos do possível "comprador" em outro artigo.
O que nós queremos saber é baseado em que prova(s) vocês afirmam que a Portuguesa se "vendeu".
Aguardamos as respostas.
Antecipadamente agradecemos a todos que responderem.

Juntos Somos Fortes!

"O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" - LUSA NEWS NÃO É O SITE OFICIAL DA PORTUGUESA

Prezados leitores, ao longo da nossa mobilização em busca da verdade sobre o que ocorreu na última rodada do Brasileirão identificamos que muitos incorreram em um erro, inclusive integrantes da imprensa, ao se referirem ao site Lusa News como site oficial da Portuguesa.
Como recentemente lemos esse equívoco, mais uma vez, resolvemos publicar a mensagem extraída do próprio site a esse respeito.



"Conheça-nos
No ar desde o dia 15 de Janeiro de 2011, o Lusa News é um portal extraoficial da Portuguesa, criado para manter o torcedor lusitano informado sobre seu clube do coração. 
Com uma equipe altamente capacitada e que acompanha de perto o dia a dia da Rubro-Verde, o Lusa News leva aos adeptos uma cobertura ainda mais completa que o site oficial do clube, com números expressivos de acessos. 
O LN não para de crescer e se estabilizou como o maior e melhor site não oficial da Portuguesa, frequentemente ultrapassando o portal oficial em números. 
Interagindo com as redes sociais, a cobertura diária do Lusa News busca se aproximar da torcida, fazendo com que ela seja parte fundamental de nosso trabalho (Link)"

O grifo é nosso.
Por favor, compreendam que o site não representa a versão oficial da Portuguesa para qualquer fato, o que não desmerece o bom trabalho desenvolvido pelos responsáveis.

Juntos Somos Fortes!

"O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" - OS COMENTARISTAS FLAMENGUISTAS ESTÃO SE DESESPERANDO


Prezados leitores, considerando as ameaças e as ofensas que estamos recebendo (publicamos algumas) e os argumentos (publicamos quase todos) que estão sendo usados por comentaristas que se identificam como torcedores do Flamengo, parece que está batendo um certo desespero neles.
Sabemos que tal sintoma não é regra entre os rubro-negros cariocas, ele é restrito ao grupo que se move apenas pelo emocional, que não consegue aceitar a verdade e/ou não consegue interpretar os fatos.
Pensamos que esse grupo mais exaltado deve buscar o equilíbrio para ler o livro com isenção e contestar o seu conteúdo, caso encontre argumento.
A alternativa é esquecer o livro e seguir com suas convicções.
Ameaças e ofensas não construirão nada de positivo.

Juntos Somos Fortes!


"O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" - VIDA DE GADO, POVO MARCADO, POVO FELIZ


Prezados leitores, ontem o escândalo do Brasileirão 2013 voltou ao noticiário, graças ao ex-presidente da Portuguesa, senhor Ilídio Lico.
Ele afirmou ao repórter Jorge Nicola que um Senador tinha comentado com ele que a UNIMED e o Fluminense estariam envolvidos na escalação irregular do jogador Heverton. Acrescentou que nem o Senador (sem nome), nem ele, tinham provas sobre tal alegação.
A matéria ganhou a imprensa e logo os ataques contra o Fluminense e a UNIMED começaram.
As acusações tiveram uma vida curta, Ilídio Lico logo deu uma nova versão no sentido de que foi mal interpretado.
Nós publicamos tudo no blog e esclarecemos que comentaríamos hoje, o que passamos a fazer.
A origem de toda essa confusão está na escola, na falta de uma escola de boa qualidade, esse mal que está gerando milhões e milhões de analfabetos funcionais no Brasil.
Pessoas que são capazes de ler, porém não conseguem interpretar.
Qual a solução adotada por elas?
Se apropriam da interpretação alheia, via de regra, a ouvida ou lida nos noticiários.
Na era da informação instantânea promovida pela internet esse problema ganhou dimensões gigantescas pois uma mentira ou uma verdade se espalham com a rapidez dos vírus entre a população.
Uma manchete sensacionalista se transforma em verdade em segundos.
Tal realidade ocorre em todos os setores da atividade humana, inclusive no futebol e no imundo universo dos negócios com o futebol que o FBI está ajudando a limpar.
Em apertada síntese, a pessoa lê ou ouve e aceita aquilo como se fosse a verdade.
Tal erro se agrava quando a notícia atende seus interesses, unindo o útil ao agradável.
Ontem, aceitaram como verdade uma fala dos senhor Ilídio Lico, desmentida por ele mesmo.
Percebam o absurdo.
É preciso lutar contra essa doença e não aceitar como verdade qualquer informação da imprensa.
Ontem, quem buscasse interpretar os fatos identificaria de pronto que algo errado existia na fala do ex-presidente da Portuguesa.
A primeira pergunta que deveria ser feita era qual o benefício que o Fluminense (UNIMED) obteria na luta contra o rebaixamento com a escalação irregular do jogador Heverton pela Portuguesa.
A lógica determina que se fizesse uma consulta na classificação do Brasileirão 2013 após a 37a rodada.
Eis a parte da classificação que nos interessa:
11) Flamengo = 48 pontos (matematicamente livre do rebaixamento).
12) Bahia = 48 pontos.
13) Portuguesa = 47 pontos.
14) Internacional: 47 pontos.
15) Criciúma: 46 pontos.
16) Coritiba: 45 pontos.
17) Vasco: 44 pontos.
18) Fluminense: 43 pontos.
19) Ponte Preta: 36 pontos (matematicamente rebaixado).
20) Náutico: 17 pontos (matematicamente rebaixado).
Analisando a classificação constatamos que para escapar do rebaixamento o Fluminense teria que ultrapassar no número de pontos DOIS clubes.
O que fazia com que o Fluminense dependesse de outros resultados, além de ter a obrigação de vencer seu jogo contra o Bahia em Salvador.
Vamos ignorar todas as dificuldades e consideremos que o Fluminense (UNIMED) tivesse conseguido fazer um acordo com a Portuguesa para escalar irregularmente Heverton.
Como ficaria na prática a mesma classificação, considerando a inevitável perda de TRÊS pontos pela Portuguesa.
11) Flamengo = 48 pontos (matematicamente livre do rebaixamento).
12) Bahia = 48 pontos.
13) Internacional: 47 pontos.
14) Criciúma: 46 pontos.
15) Coritiba: 45 pontos.
16) Portuguesa = 44 pontos (considerando a perda dos três pontos).
17) Vasco: 44 pontos.
18) Fluminense: 43 pontos.
19) Ponte Preta: 36 pontos (matematicamente rebaixado).
20) Náutico: 17 pontos (matematicamente rebaixado).
A UNIMED teria gasto milhões de reais para promover tal alteração.
O Fluminense continuaria tendo que vencer o Bahia em Salvador e continuaria dependendo de outros resultados.
O senhor Celso Barros (presidente da UNIMED) deve ser muito burro.
Será que ele "comprou" também o Vasco e o Coritiba?
Façam suas análises, não acreditem em nós, analisem os fatos.
É preciso interpretar o que se lê ou se ouve no noticiário.
Caso contrário, os incautos continuaram acreditando em tudo que a imprensa noticia como sendo verdade.
Pior, espalham através da internet.
Tem gente acreditando até nos "INHOS" da vida.
Como o Brasil demorará décadas e décadas para ter uma escola de boa qualidade, tendo em vista que ainda não deu nem o primeiro passo, as mentiras continuarão por muito tempo virando verdades através do noticiário e o povo, como gado, vivendo no curral e se alimentando na pastagem verdejante.

Juntos Somos Fortes!

terça-feira, 16 de junho de 2015

"O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" - AFINAL, ILÍDIO LICO, QUAL É A VERDADE?

Prezados leitores, Ilídio Lico ...


Juntos Somos Fortes!

"O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" - EX-PRESIDENTE DA PORTUGUESA ACUSA UNIMED E FLUMINENSE

Prezados leitores, o site Yahoo Esporte publica nesta terça-feira uma entrevista com o senhor Ilídio Lico, ex-presidente da Portuguesa, onde ele faz acusações contra a UNIMED e o Fluminense.
O presidente da UNIMED contestou.
O link está no final desse artigo.
Optamos por reproduzir o trecho da matéria pertinente ao tema para que os leitores possam avaliar. A nossa opinião sera publicada amanhã.
Na matéria existe um áudio sobre a entrevista, ouçam.




"Yahoo Esportes 
Blog do Jorge Nicola
Ex-presidente da Lusa cita senador para acusar Unimed de participação na escalação de Héverton
Por Jorge Nicola
Foram quase três meses de silêncio absoluto desde 20 de março, data em que renunciou à presidência da Portuguesa. Mas a primeira entrevista de Ilídio Lico foi polêmica. Em três contatos telefônicos com o Blog, na última quinta-feira, o dirigente fez uma série de acusações, entre elas, a de que a Unimed, então patrocinadora do Fluminense, esteve por trás da escalação de Héverton na rodada final do Brasileirão de 2013 — o meia estava suspenso, o que causou a perda de quatro pontos da Lusa e culminou com seu rebaixamento. Em mais de uma hora de conversa, Ilídio isentou Héverton de culpa no escândalo, classificou a Série C como um “caos”, admitiu ter se arrependido de assumir o clube em janeiro do ano passado, reclamou da politicagem interna no Canindé e explicou os motivos que o levaram a renunciar à presidência. 
BLOG: Por que o senhor renunciou à presidência da Portuguesa apenas 14 meses depois de tomar posse?
ILÍDIO LICO: Porque percebi que não dava mais para administrar o clube. E quero deixar claro que eu que saí e não me tiraram, porque não fiz nada de errado em meu favor. A receita do clube não chegava a R$ 200 mil e as despesas passavam de R$ 1 milhão. Sem contar que penhoraram minhas propriedades, bloquearam minhas conta bancárias… 
BLOG: Desde a escalação irregular do Héverton, em 2013, a Portuguesa foi rebaixada três vezes, sofreu uma enxurrada de processos, corre o risco de ver o Canindé ir a leilão… Acha que a Lusa pode acabar?
ILÍDIO LICO: Não acredito que vá acabar, mas disputar a Série C sem cota de televisão torna a gestão do time de futebol profissional quase impossível. Ficar nessa série é um caos.  
BLOG: O “Caso Héverton” segue sem solução. O que o senhor acha que aconteceu? 
Com toda a certeza, isso foi premeditado. Um senador me falou que a Unimed pagou um dinheiro muito grosso. Mas sabe como é a Justiça no Brasil. E ninguém dá recibo. De qualquer forma, tenho esperança de que um dia isso vai dar em alguma coisa. 
BLOG: O senhor contou sobre essa conversa do senador ao Roberto Senise, que investiga o caso pelo Ministério Público? 
ILÍDIO LICO: Nunca falei disso com o Senise. Precisaria da autorização do senador para falar o nome dele. Nunca pedi autorização. 
BLOG: O senador é de São Paulo?
(A linha cai e, após nova ligação, Ilídio atende) 
ILÍDIO LICO: Não posso falar o nome dele. Meu filho está falando aqui para não falar o nome dele, porque pode o Ministério Público me chamar lá e chamar o senador. E começa a engrossar, viu? Fica ruim para mim. 
BLOG: O senhor acha que a Unimed tem participação ou o Fluminense?
ILÍDIO LICO: Segundo o… a Unimed que pagou.
BLOG: Coisa de milhão, presidente, ou coisa pouca?
ILÍDIO LICO: Pagamento em grandes quantias, né?
BLOG: E com participação do Fluminense ou não? 
Claro que os interessados estão nisso, naturalmente, agora te afirmar… 
BLOG: Quem está interessado? 
ILÍDIO LICO: O Fluminense estava entre os interessados, né? Agora afirmar, afirmar, naturalmente. Agora quem fez isso estava interessado, né? 
BLOG: Acredita que o Héverton possa ter algo a ver? 
ILÍDIO LICO: Não acredito muito nisso, não. Não estou muito preciso para cima do Héverton e do treinador (Guto Ferreira). O jogador, não. Colocaram no banco, ele é profissional e entrou. Vejo por aí (Héverton disputou os 15 minutos finais do jogo contra o Grêmio, na última rodada). 
BLOG: E o Manuel da Lupa (então presidente da Lusa)?
ILÍDIO LICO: Ele é o presidente, né? Pelo menos tem de saber o que está acontecendo com o clube.

Áudio com um trecho da entrevista concedida com exclusividade por Ilídio Lico (Assistam). 

BLOG: O senhor tem provas? Ou o senador?
Ele não tem provas. Mas a sujeira da Fifa está vindo à tona. A Portuguesa não está aguentando mais essa situação. 
BLOG: Tem realmente esperança de uma reviravolta? Como a Portuguesa poderia ser ressarcida em caso de comprovação? 
Quem sabe… Se vier a acontecer, vão ter de subir a Portuguesa ou ressarcir uma quantia muito grande. Eu preferia que a Portuguesa subisse para a Série A, até porque ela teria uma cota bem maior (de televisão) - (Link)". 

VEJA MAIS: Presidente da Unimed nega participação em escalação de Héverton e ameaça processar Ilídio (Link)". 

Juntos Somos Fortes!

LIVRO "O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" - O QUE DESCOBRIU O MINISTÉRIO PÚBLICO?



Prezados leitores, agradecemos a todos que estão apresentando comentários no blog.
Nós procuramos publicar a quase totalidade deles, mas lemos todos, inclusive os que optamos por não publicar por diferentes motivos.
A leitura dos comentários, inclusive os ofensivos, servem para avaliarmos o que pensam os nossos leitores.
Um fato que nos preocupado é o surgimento de que o Ministério Público não chegou a conclusões que incriminem qualquer envolvido.
Vale lembrar que o Inquérito Civil Público (ICP) foi instaurado em São Paulo e para resguardar os interesses da Portuguesa, isso com base no Estatuto do Torcedor. 
O promotor encarregado deu uma série de entrevistas ao longo da investigação, inclusive informando que havia sido identificado que alguém da Portuguesa obteve vantagem na escalação irregular do jogador Héverton.
A partir desse momento o GAECO foi acionado e o promotor optou por permanecer (praticamente) em silêncio, aguardando a conclusão das investigações do grupo.
Para quem não conhece o significado da sigla GAECO, informamos que é referente ao Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado.
Salvo melhor juízo, só os que estão participando da investigação conhecem o seu inteiro teor.
Portanto, alegações no sentido de que o Ministério Público não comprovou o escândalo ou que o contido no livro não expressa a verdade, não possuem sustentação, pois nem o conteúdo do livro ou do ICP são do conhecimento público.

Juntos Somos Fortes!

SEGURANÇA PÚBLICA - NÓS VOLTAREMOS AO TEMA



Prezados leitores, nós voltaremos a comentar o tema segurança pública no nosso espaço democrático.
O blog não voltará a ter o tema como prioridade, mas ele estará presente na forma de artigos e/ou vídeos.

Juntos Somos Fortes!

segunda-feira, 15 de junho de 2015

LIVRO "O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" - O FLAMENGUISTA QUE SÓ LEU A PRIMEIRA PÁGINA


Prezados leitores, transcrevemos a seguir o comentário de um torcedor do Flamengo (ele se identifica como tal):

"Anônimo 
14 de junho de 2015 22:15
ora coronel nao adianta fazer jabá para vender seu livro a nós flamenguistas, nao iremos comprar mas não é pelo fato do conteúdo agradar ou não e sim pq é cheio de contradiçoes e vou explicar o por que, vamos aos fatos sempre pergunto isso e nunca vi uma resposta do senhor vamos a elas, primeiro lugar o senhor acredita na flapress isso é um fato, o senhor cre que o flamengo sempre foi ajudado pela cbf repare que estou usando argumentos baseados no que o senhor acredita, terceiro o senhor diz que quem salvou o fluminense foi o flamengo por ter errado na escalação do andré santos, logo conclui se que se a portuguesa nao tivesse errado quem caíria seria o flamengo certo? mas aí é que está a pergunta que lhe faço e o senhor nao responde nunca é essa:Se o flamengo é protegido da globo que patrocina o campeonato e tambem é protegido da cbf como o senhor gosta de afirmar, como acreditar (lembrando que baseado em suas proprias convicções) que se fosse somente o "PROTEGIDO" no julgamento do stjd que é um braço da cbf que seria tirado 4 pontos? a pergunta é pertinente porque tirar 4 pontos tendo a lusa pra tirar é uma coisa agora rebaixar o trem pagador do campeonato por coisas extracampo é outra coisa,como o senhor pode ver seus argumentos nao resistem a uma simples análise lógica se eu pensasse como o senhor acreditando que o flamengo é protegido da cbf e da globo por questao de lógica eu teria que crer que o flamengo nao seria punido com a perda de 4 pontos certo? portanto guarde seu livro para os seres que nao pensam por sí só que nao são capazes de ver as contradiçoes em suas afirmaçoes e convicçoes, talvez se o senhor mantivesse o mesmo raciocinio do inicio ao fim eu ate compraria o livro pra entender o seu ponto de vista,mas quando vejo que o senhor crê na flapress e na proteção da cbf ao flamengo até onde lhe convem, aí coronel fica dificil não ver uma enorme porção de clubismo no conteúdo do livro, espero que dessa vez o senhor publique meu comentario e que o responda, quem sabe o senhor me convença que estou errado em ver contradição nos seus argumentos e talvez eu compre o livro abraço. mas tenho certeza que apos a resposta eu terei contrargumentos (SIC)".

Caro comentarista, seu original texto foi mantido, não foram feitas correções.
1) Sim, escrevemos que a FLAPRESS existe, isso é indiscutível.
2) Não escrevemos que o Flamengo é sempre protegido pela CBF, essa afirmação é sua.
3) Obviamente, não seria interessante para as Organizações Globo ter Vasco e Flamengo na Série B em 2014. Alguém pensa de forma diferente? 
4) Sim,  após o erro cometido pelo Flamengo, o clube seria punido e esse fato somado à vitória do Fluminense sobre o Bahia, salvaria o Fluminense e rebaixaria o Flamengo. O Fluminense não precisava que a Portuguesa escalasse irregularmente o jogador Heverton. A classificação final do Brasileirão 2013 prova isso. Isso é de clareza solar.
5) Na verdade essa versão no sentido de que se apenas o Flamengo tivesse cometido o erro, o regulamento não seria aplicado é antiga, foi colocada por flamenguistas lá no início da mobilização no final de 2013.
6) Nós discordamos de imediato pois não achamos que o Flamengo mande na CBF e por extensão no STJD. Aliás, os flamenguistas sempre afirmaram que o Fluminense era o clube que tinha esse poder (o "rei do tapetão"). Inclusive voltaram a citar isso para justificar as derrotas do Flamengo e da Portuguesa na justiça desportiva.
7) Urge que vocês, flamenguistas, resolvam quem na opinião de vocês manda na CBF, o Flamengo ou o Fluminense. Não devem ficar variando de opinião conforme o interesse de vocês.
8) Se o Flamengo não fosse punido, isso seria uma vitória no tapetão, uma autêntica "virada de mesa", pois o regulamento estaria sendo violado de forma evidente. Seria a desmoralização completa. O Fluminense entraria com recursos e venceria, sem dúvida.
Portanto, não existe, nunca existiu a contradição que alega.
Por derradeiro, nós recomendamos a todos os flamenguistas que não comprem o livro, ele não fará bem a vocês.

Juntos Somos Fortes!

domingo, 14 de junho de 2015

LIVRO "O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" - FUTEBOL, AS CARTAS NA MANGA


Prezados leitores, hoje os torcedores do Flamengo torcerão por uma vitória do Fluminense no jogo contra o Palmeiras, além de torcerem também por um tropeço do Joinville contra o Avaí, isso para não ficarem pressionados pela "zona da confusão".
Isso é normal, torcer por resultados positivos de rivais, desde que tais resultados favoreçam o nosso time.
Por que estamos abordando este tema que não tem qualquer novidade?
Para exemplificar como as partes influenciam no todo, o que também é óbvio, mas que a emoção faz com que muitos torcedores esqueçam ou ignorem quando isso for interessante para eles.
Nós explicamos que o nosso livro é um conjunto de fatos, peças de um quebra-cabeças que o leitor montará.
O livro não é uma peça de ficção, mas de informação e de interpretação.
Não temos dúvida de que a maioria montará a figura igual à nossa quando terminar a leitura do livro, outros montarão uma figura diferente e muitos apenas nos criticarão, como fazem sem terem lido o livro.
Criticar sem conhecer é o primeiro passo para o erro em qualquer avaliação.
Isso está claro nos comentários que recebemos e nas mensagens trocadas no Twitter e no Facebook.
Quem acompanhou a mobilização nas redes sociais, iniciada logo após o término da última rodada do Brasileirão 2013 (08 DEZ 2013), conseguirá montar o quebra-cabeças com facilidade, mas quem ficou alheio aos fatos será surpreendido com a leitura e se atrapalhará com algumas peças. Igual situação vivenciará quem ficou fixado em algumas peças, tentando mostrar que o quebra-cabeças não podia ser montado, pois uma ou duas peças não encaixavam.
Nós queremos que a verdade apareça ao final das investigações do Ministério Público (SP), pois será essa que provocará os efeitos que poderão contribuir para começarmos a limpar o sujo futebol brasileiro.
Infelizmente, o futebol cada dia se afasta mais do conceito de esporte e se aproxima do conceito de jogo.

Juntos Somos Fortes!

sábado, 13 de junho de 2015

"O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" E A FIFA (2)


Prezados leitores, em complementação ao artigo "O escândalo do Brasileirão 2013 e a FIFA" (Link), publicamos um novo comentário:

"Samuel contra o Bahia
12 de junho de 2015 20:53
Coronel, a tradução do Artigo 69 do Código Disciplinar da FIFA é a seguinte: 
1. Qualquer pessoa que conspira para influenciar o resultado de um jogo de forma contrária à ética desportiva será punida com suspensão de partidas ou proibição de participar de qualquer atividade relacionada com o futebol, bem como multa de pelo menos CHF 15.000. Em casos graves, será imposta uma proibição vitalícia para tomar parte em qualquer atividade relacionada com o futebol.
2. No caso de um jogador ou funcionário influenciar ilegalmente o resultado de um jogo em conformidade com o parágrafo 1, o clube ou associação, para a qual o jogador ou funcionário pertence, pode ser punido. Os delitos graves podem ser sancionados com expulsão da competição, rebaixamento para uma divisão inferior, dedução de pontos e retorno de prêmios.
Vai ficar feio pra quem estiver envolvido.
Como bem escreveu o Fernando Nogueira, o Fluminense tem de pedir pra FIFA processar os culpados. Não pode deixar barato. 

Assista o vídeo sobre os livros "O lado sujo do futebol" e "O escândalo do Brasileirão 2013":

Juntos Somos Fortes!

sexta-feira, 12 de junho de 2015

TORCEDOR, O PALHAÇO DO FUTEBOL

Prezados leitores, assistam o vídeo sobre os livros "O lado sujo do futebol" e "O escândalo do Brasileirão 2013":




Aproveitamos e publicamos um oportuno comentário:

"Dom Chicote
12 de junho de 2015 15:49 
Joseph Blatter governou o Brasil com a sua FIFA, debochou do Brasil com o aval da mãe do PAC, com obras faraônicas e superfaturadas, no presente os brasileiros estão sentindo o pacote de maldade, direitos trabalhistas estão sendo retirados, a fome sentada a mesa para repor o rombo das corrupções e quem se manifestar com os pacotes de maldades com os reajustes da energia elétrica, água, alimentos, aluguel, desemprego, a policia será condicionada a agredir manifestantes, silenciando professores (que transformaram o pt – como o partido dos intelectos) Concluindo como é fácil governar o país com promessas evasivas, a força de qualquer político é quem sabe mentir e simultaneamente hipnotizando todos com futebol, novelas, carnavais/ os terroristas dos anos 60 foram julgados por sequestros, roubos, assassinatos e outros crimes lesa pátria/ Será que a culpa dos de corrupções da petrobras, mensalão, lava- jato, assassinato de Celso Daniel, Toninho do PT, mortes de crianças, mulheres idosos nas filas dos hospitais é culpa também da antiga ditadura???/ Joaquim Levy, não se encontra realinhando a economia do país, simplesmente inflaciona o país com altos impostos, para manter a satisfação dos proprietários dos partidos e banqueiros, enquanto empresários da iniciativa privada, estão falidos gerando desempregos em massa, a bolha imobiliária da minha casa minha vida estourou. Estamos em uma total anarquia, a caminha do socialismo cubano, similar também à Venezuela com Maduro (A madura tem pressa, de ocultar os escândalos do seu partido em extinção, motivo que joga as tropas do choque para agredir manifestantes trabalhadores, estudantes...). “Essa é uma pequena amostra da ditadura do PT” Pai afaste da Pátria amada essa corja de (cale... se) (sic)"

Juntos Somos Fortes!

"O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" E A FIFA

Prezados leitores, solicitamos especial atenção para o contido no comentário que recebemos.



"Fernando Nogueira 
11 de junho de 2015 16:30
Boa tarde, Coronel. 
Respondendo o leitor anônimo que escreveu que o “promotor já disse que não tem como aplicar nenhum tipo de pena”, é mesmo uma maravilha (pros bandidos) viver em um país que ninguém é punido pelos crimes que comete. Que tal todos os ameaçados de rebaixamento fazerem o mesmo este ano, já que “não tem como aplicar nenhum tipo de pena”? 
Mas isso é uma besteira. O Fluminense entrou com um pedido de novo julgamento no STJD, que depende do resultado da investigação do MP-SP. Se os criminosos forem identificados, eles e seus clubes serão punidos com certeza. 
Os primeiros com cadeia e os clubes com rebaixamento e até exclusão do futebol. No caso do flamengo, no mínimo para a série C, já que ele deveria ter jogado a série B em 2014. Só não o fez porque foi salvo pela Portuguesa. 
Apesar de desgastada com denúncias de corrupção, a FIFA continua trabalhando. 
Se comprovado o envolvimento de algum clube, mesmo que o STJD não rebaixe, a FIFA poderá fazer isso, já que prevê rebaixamento e até eliminação do futebol, em seu artigo 69 do FIFA Disciplinary Code. 
Caberá ao Fluminense abrir um processo na Suíça contra o clube de remo, usando o resultado das investigações como prova e até a punição do STJD às “pessoas físicas” responsáveis pelo clube do remo na ocasião. 
O código está no link abaixo: 

Você concorda com a opinião do leitor?
Nas matérias o Lance esqueceu de publicar a irregularidade do Flamengo e, ainda, esqueceu que a escalação de Héverton salvou o Flamengo e não o Fluminense. 

Juntos Somos Fortes!

"O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" - VAI FBI...

Prezados leitores, o nosso futebol precisa ser investigado.





Juntos Somos Fortes!

quinta-feira, 11 de junho de 2015

LIVRO "O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" - LANÇAMENTO - ESCLARECIMENTOS


Prezados leitores, apresentamos alguns breves esclarecimentos sobre o lançamento do livro para responder questionamentos apresentados por leitores:

1) A produção de um livro passa por várias etapas, como todos sabem. No momento recebemos o texto revisado e diagramado. Nós faremos uma releitura e se estiver tudo de acordo, a fase seguinte é a preparação para publicação e entrega à gráfica. Nós estamos dentro do cronograma.
2) Apesar de estarmos no prazo, atrasos ainda pode ocorrer, portanto, só podemos definir a data e o horário quando a gráfica aprontar a primeira tiragem.
3) No tocante ao local, estamos avaliando diferentes possibilidades, levando em consideração sobretudo o aspecto segurança. Infelizmente, sem lerem o livro, temos sofrido inúmeros ataques oriundos de torcedores do Flamengo (pelo menos se identificam como tal) nas redes sociais e não podemos descartar a possibilidade de que alguns desavisados tencionem provocar algum tipo de problema. Se isso ocorrer, arcarão com todas as consequências, mas nós queremos impedir qualquer tentativa de incômodo. Diante dessa realidade, o local será definido bem próximo à data de lançamento, sendo certo que o primeiro evento será realizado no município do Rio de Janeiro.
4) Estudamos também uma maneira de disponibilizar os livros  na área externa do Maracanã em um dia de jogo do Fluminense, isso após o lançamento.
5) Vamos tentar vender o livro "o mais barato possível", considerando os custos para produção, sendo certo que custará menos de R$ 30,00.
6) A opção pela reserva foi para atender principalmente aos interessados que não residem no Rio de Janeiro. A primeira tiragem levará em consideração as reservas para não corrermos o risco de faltar livro no lançamento.
7) A decisão sobre a disponibilização de edição digital ficará para um futuro próximo.

Juntos Somos Fortes

A TENTATIVA DO "TAPETÃO" NO BRASILEIRÃO 2013


Prezados leitores, transcrevemos o artigo de um leitor que explica bem o que houve no Brasileirão de 2013:

"Anônimo
11 de junho de 2015 13:07 
Interessante notar que, corretamente (mas diferente do que faz a Flapress), a matéria cita o Flamengo como o primeiro time que terminou fora da zona do rebaixamento. Também interessante que mencionem que a Portuguesa foi "rebaixada no tapetão", o que não é verdade. Tapetão seria o não cumprimento do regulamento via uma manobra de bastidores. O que houve em 2013 foi uma tentativa de tapetão por parte do Flamengo e da Portuguesa, tentando que o regulamento fosse desrespeitado. Mas isso foi rejeitado por unanimidade nos dois julgamentos. O Fluminense sequer é citado no artigo, o que comprova a vitória obtida por nós torcedores, que enfrentamos a mídia mentirosa e restabelecemos a verdade que o livro virá ratificar. 
ST"

Juntos Somos Fortes!

LIVRO "O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" - OPORTUNISMO


Prezados leitores, ontem foi mais um dia de ataques nas redes sociais por parte daqueles que estão com receio da publicação do livro "O escândalo do Brasileirão 2013 - Como o Flamengo foi salvo do rebaixamento".
Ratificamos que consideramos isso natural, só não aceitamos as ofensas e as ameaças.
Apesar de reconhecermos que espernear é um direito, fomos surpreendidos ao sermos acusados de oportunistas por um dos agressores no Twitter.
No primeiro momento não entendemos a razão de tal qualificação, considerando que os fatos aconteceram no início de dezembro de 2013 e que na verdade atrasamos a publicação do livro aguardando que o Ministério Público de São Paulo avançasse na investigação. Como o avanço foi tímido, pelo menos no que diz respeito ao que foi divulgado pela imprensa, resolvemos publicar na tentativa de evitar uma nova fase da "operação abafa".
Interagindo com o agressor, ele esclareceu o motivo de nos ter acusado de oportunismo:
Ele alegou que só estamos lançando o livro em razão desse ano ter eleição no Flamengo, algo que desconhecíamos por completo, pois o que ocorre no clube da Gávea não nos interessa, a não ser os fatos relacionados com o Brasileirão 2013.
Realizamos uma pesquisa no Google e descobrimos que as eleições serão realizadas no final do ano e que um dos candidatos de oposição deverá ser o senhor Luiz Eduardo Baptista, o conhecido BAP (site do Globo Esporte).
Obviamente, o acusador não tem razão, o nosso objetivo com a publicação do livro é que as investigações terminem, não tem qualquer relação com a situação ou a oposição do Flamengo.
Nós temos certeza que o candidato de oposição também é contra a publicação do livro.

Juntos Somos Fortes!

quarta-feira, 10 de junho de 2015

UM COMPORTAMENTO ESTRANHO DA TORCIDA DO FLAMENGO


Prezados leitores, como não poderia deixar de ser, diante da realidade que o torcedor de futebol é mais emoção do que razão, estamos sendo alvos de comentários inadequados por parte de torcedores do Flamengo, nas redes sociais e nesse espaço democrático.
Nós encaramos isso com naturalidade, apenas lamentamos que alguns contenham um tom de ameaça que não deve existir nas relações interpessoais de pessoas do bem.
Tal quadro nos faz trazer novamente uma questão sobre o comportamento da apaixonada torcida rubro-negra.
Por que a torcida não cobrou as devidas providências por parte da presidência com relação ao responsável pela escalação irregular do jogador André Santos no jogo contra o Cruzeiro, no dia 7 de dezembro de 2013?
A torcida não cobrou até a presente data.
Por quê?
Não custa lembrar que o gravíssimo erro poderia ter rebaixado o Flamengo, o qual acabou salvo em consequência da escalação também irregular do jogador Héverton pela Portuguesa.

Juntos Somos Fortes!

terça-feira, 9 de junho de 2015

LIVRO "O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" - RESERVAS



Prezados leitores, o livro "O escândalo do Brasileirão 2013 - Como o Flamengo foi salvo do rebaixamento" está na fase final para ser publicado.
A revisão do texto foi concluída e o texto encaminhado para a diagramação final.
O próximo passo é o encaminhamento para a gráfica.
Aproveitamos a oportunidade para atender a solicitação de vários interessados em reservar livros.
Nós temos recebido esta solicitação de leitores que residem no exterior e que residem em outros estados, mas estenderemos essa possibilidade para todos que queiram reservar.
Os interessados devem encaminhar e-mail para:

pauloricardopaul@gmail.com

As reservas poderão ser feitas a partir de hoje.
Nós responderemos fornecendo as informações para concretizar a reserva.
No tocante ao lançamento, informaremos os detalhes neste espaço democrático.

Juntos Somos Fortes!

domingo, 7 de junho de 2015

BRASILEIRÃO 2013: "O SEU LIVRO É UM ESCÂNDALO"


Prezados leitores, hoje lemos um e-mail encaminhado por um leitor que se identifica como torcedor do Flamengo.
Ele escreveu no espaço reservado ao assunto: "o seu livro é um escândalo".
Além do e-mail o leitor rubro-negro fez 6 comentários relacionados com o conteúdo do e-mail.
Nós optamos por não publicar de imediato os comentários, pois solicitamos dois esclarecimentos ao remetente, isso para facilitar a resposta ao e-mail.
Enquanto aguardamos apenas podemos adiantar que ele cometeu alguns erros, mas acertou quando escolheu como assunto "o seu livro é um escândalo", isso é verdade.
Em apertada síntese, o leitor faz acusações ao organizador do blog, ao Fluminense, à UNIMED e a outras pessoas.
Como ele ainda não se identificou, não citaremos as pessoas citadas por ele nominalmente, mas apresentaremos apenas um item para demonstrar um claro equívoco:

"11 - O advogado (...), que atuou no (...), revelou, em declaração postada no twitter, que o presidente da Portuguesa, (...), recebeu doze ligações do “mandatário mor” do Fluminense, no dia da última rodada do Brasileirão 2013".

Então, o mandatário mor ligou doze vezes para o presidente da Portuguesa no dia 8 de dezembro de 2013 (dia dos jogos da Portuguesa e do Fluminense).
Salvo melhor juízo, ele está sugerindo que tais ligações foram para formalizar um acordo para a Portuguesa escalar Heverton.
Então, o tal mandatário sabia que Heverton estava suspenso, mas não sabia que André Santos estava suspenso.
O mandatário sabia que se a Portuguesa escalasse Heverton irregularmente perderia pontos, mas não sabia que o Flamengo já tinha escalado irregularmente André Santos, isso no dia anterior.
O mandatário não sabia que não precisava mais "comprar" a Portuguesa, isso no domingo, pois o Flamengo já tinha cometido o erro no sábado.
Pior, o mandatário não sabia que não bastava "comprar" a Portuguesa, pois dependendo do resultado do jogo do Vasco da Gama, isso seria jogar dinheiro fora. 
O mandatário deve ter "comprado" também o Vasco nas ilações dele.
E, não podemos esquecer que mesmo "comprando" a Portuguesa, o Fluminense também teria que ganhar seu jogo fora de casa contra o Bahia.
O mandatário deve ter "comprado" também o Bahia nas ilações dele.
Em síntese, o mandatário "comprou" pelo menos a Portuguesa (para escalar Heverton), o Bahia (para perder) e o Vasco (para perder).
O nosso acusador cita uma série de notícias da imprensa e tenta fazer links, como no caso citado, o que pode enganar os desatentos.
Como ele é nosso leitor e alega ter provas do que escreve, aproveitamos para dar uma sugestão: escreva um livro explicando como o Fluminense foi salvo do rebaixamento no Brasileirão 2013.
Hoje você pode escrever um livro e publicar sem gastar um centavo, em algumas editoras, ele devia aproveitar a oportunidade.
Pelo menos em um aspecto ele foi brilhante: o nosso livro é um escândalo.

Juntos Somos Fortes! 

sábado, 6 de junho de 2015

FUTEBOL: AS ORGANIZAÇÕES GLOBO, A KLEFER E A TRAFFIC.

Prezados leitores, uma denúncia que demorou 17 anos para ser apurada. 



"Jornal do Brasil 
02/06 às 16h31 - Atualizada em 02/06 às 16h51 
Eurico Miranda denunciou esquema entre Klefer e Traffic há quase 17 anos 
Há quase 17 anos antes de estourar o escândalo na Fifa, o presidente do Vasco, Eurico Miranda, em artigo publicado pela revista Isto É, já denunciava um esquema de corrupção envolvendo a Traffic e a Klefer, duas empresas envolvidas no atual caso. Na época, essas empresas compravam direitos de transmissão dos jogos e repassavam à Rede Globo. Todo esse escândalo culminou na renúncia do recém-reeleito presidente da Fifa, Joseph Blatter. O suíço entregou o cargo nesta terça-feira (2) e convocou uma nova eleição, que deverá acontecer entre setembro e março do próximo ano (Leia mais)."

Juntos Somos Fortes!

sexta-feira, 5 de junho de 2015

BRASILEIRÃO 2013 - AS AÇÕES DO FBI ESTÃO CAUSANDO DESESPERO

Prezados leitores, hoje republicamos uma frase do advogado Michel Asseff Filho, contida em uma reportagem do site Globo Esporte:

Para nossa surpresa recebemos um comentário anônimo ofensivo dando conta que a frase tinha sido apresentada por nós como sendo uma prova.
Não sabemos como o comentarista chegou a essa absurda conclusão, mas deve ter sido fruto do seu desespero.
Os escândalos da FIFA e da CBF estão potencializando a preocupação daqueles que não querem que o escândalo do Brasileirão 2013 seja esclarecido.
Não publicamos o comentário anônimo por razões óbvias.
Aproveitamos para lembrar que o espaço continua disponível para todos que desejarem publicar um artigo contrariando a nossa versão para os fatos.
Só solicitamos que o autor se identifique.
O texto deve ser encaminhado para o e-mail:
pauloricardopaul@gmail.com

Juntos Somos Fortes!

O FBI, A FIFA, A CBF E O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013



Prezados leitores, uma coisa puxa outra.
Vai que o FBI continue avançando sobre o mundo dos negócios no futebol que tem sustentáculo nas transmissões das partidas pelas redes de televisão.
Quem sabe a "Operação Abafa" desencadeada nos dias 7, 8 e 9 de dezembro de 2013 seja esclarecida.

"Revista Carta Capital 
Política 
Editorial 
Caras de pau-brasil 
por Mino Carta 
Publicado 01/06/2015 05h06 
Foi preciso que o FBI entrasse em cena para desencadear o escândalo do futebol. Porque, se dependesse do governo, da mídia, dos torcedores... Bem, deixemos para lá 
O mundo se curva, o Brasil docet, diriam os antigos romanos. Ensina, leciona de cátedra. Não somos por acaso o país do futebol, a pátria de chuteiras. Em matéria, há tempo deixamos de ser os reis da bola, somos, porém, imbatíveis no gramado da corrupção. 
Tudo escancarado há mais de 40 anos, sem ser denunciado e punido. A imponente mazela perpetrada em todos os campos do futebol nativo, a falcatrua constante, o engodo feroz, são vergonhosamente ignorados até pela mídia, esportiva ou não, com raríssimas e digníssimas exceções. Quando não são secundados, ou mesmo incentivados. 
Tudo começa, no plano internacional, com João Havelange, dono da Fifa desde 1974, e chega agora a José Maria Marin. Na origem e no desenvolvimento os protagonistas nativos campeiam, graças à inestimável contribuição, com efeitos determinantes no cenário nacional por uma época farta, de Ricardo Teixeira, antecessor de Marin, autoexilado, para salvar a pele, em Boca Raton, paradeiro de nome bastante persuasivo. Nem por isso, seguro, a esta altura do campeonato. 
Criatura de Havelange, de quem já foi genro, Teixeira corre riscos até ontem inesperados: entrou no enredo o FBI, aquele que a gente se acostumou a ver triunfar na televisão, e Marin, finalmente alcançado na Suíça, uma vez deportado para os Estados Unidos, lá será julgado e condenado com o rigor de quem leva as coisas a sério. Parece que Teixeira caiu na brasa. 
Não haverá um Gilmar Mendes ianque para tirar da enrascada os envolvidos na grande tramoia. Como se deu, só para citar um exemplo, com o banqueiro Daniel Dantas, alcançado pela Operação Satiagraha, preso duas vezes e duas vezes libertado pela intervenção de Mendes, capaz, aliás, de emperrar o funcionamento da Suprema Corte brasileira em proveito dos seus próprios objetivos públicos. 
Há certo parentesco entre os casos, a se considerar que Dantas já foi condenado fora do País, em Nova York, em Cayman e em Londres, enquanto aqui na terrinha pode-se permitir viver à larga em perfeito sossego. Desde a clamorosa roubalheira-bandalheira da privatização das comunicações, o maior escândalo da história pátria, até o enterro da Satiagraha e o desterro do delegado Paulo Lacerda para Portugal. 
Não recordo que por ocasião destes dois momentos da trajetória de Dantas a mídia nativa tenha entrado em ação para martelar diuturnamente em denúncias e acusações como se dá hoje em relação ao “petrolão”. Do período que vai da Operação Chacal à Satiagraha sobrou a constrangedora impressão de que o banqueiro do Opportunity vive em paz por ter todo mundo no bolso. 
A diferença entre Marin, e quantos mais vierem atrás dele, e Dantas, é representada, em primeiro lugar, pela presença do FBI, sem contar que logo após virá a Justiça americana, e os EUA são muito severos em relação à lavagem de dinheiro dentro de suas fronteiras. Por ora, Joseph Blatter, o presidente da Fifa, e outros, estrangeiros e nacionais, todos herdeiros diretos ou indiretos de Havelange, escapam aparentemente à investigação do Federal Bureau. Não se excluam surpresas, contudo. 
Faz duas semanas, CartaCapital dedicou uma capa à CBF de Marco Polo Del Nero. A Confederação queixou-se, alegou não ter sido procurada para dirimir nossas dúvidas, como se não estivéssemos largamente habilitados a imaginar quanto teríamos de ouvir. Retrucamos, de todo modo, que muito nos agradaria entrevistar o próprio presidente da entidade, com total liberdade para formular perguntas. Não houve resposta.
Sabemos que na terra brasilis, os donos de poder, em qualquer instância, são intérpretes insuperáveis de uma secular tradição de desfaçatez, prepotência e hipocrisia na certeza da impunidade por direito divino. São os caras de pau-brasil. O futebol, está claro, entre nós não é assunto de somenos, e algo intrigante é a razão por que, sempre a ficar em meros exemplos, as partidas noturnas tenham necessariamente de acontecer depois da novela da Globo. Ah, sim, a Globo... Quanto valerão tantas benesses que lhe foram concedidas?
E é possível que o governo federal, hoje representado por um ministro do Esporte inepto, não intervenha nos gramados da política do futebol, entregue a uma máfia de cartola? Permito-me lembrar que a seleção canarinho adentra aos gramados do mundo ao som do Hino Nacional (Leia mais)".

Acessem os vários links para outros artigos relacionados contidos na Revista Carta Capital.

Juntos Somos Fortes!