Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

GOVERNADOR PEZÃO QUER IMPLANTAR TETO PARA INATIVOS E PENSIONISTAS



Prezados leitores, o governo Pezão na verdade só tem um plano, tirar dinheiro do funcionalismo e dos militares estaduais.

"Jornal O Globo 
Sem alíquota previdenciária extra, estado aposta em teto de R$ 15 mil para inativos e pensionistas 
Proposta faz parte do plano B do estado, uma vez que o desconto de até 30% nos salários do funcionalismo não teve apoio dos deputados 
CARINA BACELAR E RAFAEL GALDO 
16/11/2016 4:30 / atualizado 16/11/2016 6:38 
RIO - O governo do Rio e sua base aliada na Assembleia Legislativa (Alerj) têm uma proposta de três novas medidas ao ajuste fiscal que começa a ser discutido nesta quarta na Casa. A principal sugestão é a criação de um teto salarial de R$ 15 mil para aposentados e pensionistas do estado. O GLOBO obteve a informação de que o limite atingiria inclusive inativos da Alerj e do Judiciário, poderes que costumam concentrar altos salários. A proposta faz parte do plano B do estado para substituir a alíquota suplementar previdenciária, que previa desconto de até 30% nos salários do funcionalismo, mas não teve o apoio dos deputados. O teto, com outros dois projetos que também serão colocados na mesa de negociação, poderia gerar uma economia de R$ 1 bilhão anual para os cofres estaduais. 
O teto só valeria para limitar vencimentos de novos aposentados e pensionistas. Os que já recebem valores acima de R$ 15 mil não seriam afetados, porque poderia ser arguida a inconstitucionalidade da proposta, o que não interessa ao governo, que tem pressa em aprovar o pacote anticrise até dezembro. O projeto de alíquota suplementar previdenciária não teve o aval do Legislativo e foi devolvido ao estado pelo presidente da Casa, Jorge Picciani (PMDB) - (Leia mais)". 

Juntos Somos Fortes!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.