BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

RIO - AS TRÊS CAUSAS DO MOVIMENTO DAS ESPOSAS DOS POLICIAIS MILITARES



Prezados leitores, como não somos os donos da verdade, repetimos que o nosso objetivo é fornecer subsídios para que cada leitor possa tirar as suas conclusões sobre os fatos abordados neste artigo.
A principal causa para a mobilização dos familiares do Policiais Militares que está sendo anunciada pelas redes sociais é o descaso dos governos Sérgio Cabral e Pezão com o interesse público, ambos faliram a economia do Rio de Janeiro e instalaram o caos na vida financeira dos servidores públicos e dos militares (PMs e BMs). Não satisfeito após as péssimas gestões, o governo Pezão ainda insiste que as vítimas deles (população, servidores e militares) paguem a conta. É claro que a revolta e a insatisfação se instalaram contra o governo, não poderia ser diferente.
O sucesso da mobilização dos familiares dos Policiais Militares do Espírito Santo surgiu como um reforço para essa revolta e insatisfação, como também serviu de modelo.
A última causa que abordaremos, existem outras, foi o fracasso completo dos atos na ALERJ e no Palácio Guanabara promovidos pelo MUSPE. O fracasso demostrou que as "lideranças" conduziram a mobilização para confrontos com a Polícia Militar que nada acrescentaram e que ainda expuseram os participantes aos "gases" e às "balas de borracha", sem nenhum ganho.
Os fatos, esses chatos!
Ninguém pode garantir que a mobilização dos familiares dos Policiais Militares irá ocorrer, nem a amplitude que terá caso venha a acontecer, tendo em vista que a união não tem sido o forte nas mobilizações no Rio de Janeiro, historicamente.

Juntos Somos Fortes!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.