COMO COMPRAR OS LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em adquirir os livros publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com para obter informações.

domingo, 14 de fevereiro de 2016

O PREFEITO EDUARDO PAES E O AUMENTO DE 245% DA DENGUE



Prezados leitores, a má gestão fez com que a dengue aumentasse 245% no Rio de Janeiro.

O PMDB segue afundando o Rio de Janeiro.

"Jornal O Dia
13/02/2016 00:03:00
Número de casos de dengue aumenta no Rio, segundo levantamento
Secretaria Municipal de Saúde registrou 1.405 casos entre o dia 1º de janeiro e 11 de fevereiro deste ano 
WILSON AQUINO
Rio - O pânico com os efeitos da zika reduziu os holofotes sobre uma velha inimiga dos cariocas: a dengue. Os números da doença, no entanto, seguem assustadores e crescentes. Entre primeiro de janeiro de 2016 e 11 de fevereiro, 1.405 casos foram notificados no Rio, segundo mapa da Secretaria Municipal de Saúde. Significa um aumento de 245%, se comparado com os dois primeiros meses de 2015: 407 doentes. 
Em todo o estado, a proporção de crescimento da doença não é menos preocupante quando comparados os números de janeiro de 2015 com os de 2016. O aumento de infectados pela dengue é de 150%. Nos primeiros 31 dias do ano passado foram 2.586 notificações, contra as 6.467 atuais, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (Link)." 

Juntos Somos Fortes!

sábado, 13 de fevereiro de 2016

RIO: FUNCIONALISMO PÚBLICO AMEAÇA GREVE GERAL

Prezados leitores, o funcionalismo público voltará à ALERJ no dia 2 de março de 2016 para protestar contra o governo Pezão.



"Jornal Extra 
13/02/16 06:00 
Servidores do Estado anunciam manifestação para o dia 2 de março e projetam greve geral 
Nelson Lima Neto 
O dia 2 de março será de manifestação em frente à Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). O funcionalismo, com a liderança do Movimento Unificado dos Servidores Públicos Estaduais (Muspe), fará um ato de protesto contra o governador Luiz Fernando Pezão. A pauta cobrará, mais uma vez, o pagamento integral das parcelas que ainda restam do 13º salário e o retorno ao calendário antigo de pagamento, além de incluir críticas à proposta de alterar a Previdência Estadual.
Os líderes de categoria se movimentam para que seus grupos decidam, nos próximos dias, pelo estado de greve. A ideia é que o funcionalismo faça uma paralisação de advertência, por 48 horas, até o dia 4 de março. O passo seguinte será decretar greve geral no Estado (Link)."  

Juntos Somos Fortes!

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

FLAMENGO INTERPELA JUDICIALMENTE O CORONEL PAÚL, AUTOR DE LIVRO SOBRE BR 2013



Prezados leitores, como comunicamos em artigos anteriores o Clube de Regatas do Flamengo promoveu uma interpelação judicial em desfavor do Coronel Paúl, autor do livro "O escândalo do Brasileirão 2013 - Como o Flamengo foi salvo do rebaixamento (imagem)".
Na próxima semana publicaremos alguns comentários sobre o fato.

Juntos Somos Fortes!

AONDE ESTAMOS INDO? - SOCIÓLOGA MARIA LUCIA VICTOR BARBOSA

Prezados leitores, publicamos um novo artigo da socióloga Maria Lucia Victor Barbosa:



"AONDE ESTAMOS INDO? 
Maria Lucia Victor Barbosa 
11/02/2016 
Esta é uma pergunta extremamente complexa que diz respeito não só ao Brasil, mas ao contexto mundial, sendo impossível de ser respondida num breve artigo. 
Darei apenas breves pinceladas sobre o tema sem tratar da revolução dos meios de comunicação eletrônicos, da iminente era dos robôs dotados de inteligência emocional, da modificação genética de embriões, dos avanços da ciência que nos possibilitarão viver bem mais e morrer com cara de 30 anos. 
Isso e muito mais não é ficção e trará grandes mudanças ao planeta. Entretanto, se o futuro está acelerado e só será interrompido se algum maluco cismar de fazer uma demonstração atômica acabando de vez com o mundo, meu interesse é por outros tipos de mudança, aquelas que alteram valores, comportamentos e atitudes. 
O tema mudança social é amplo e existem variadas análises elaboradas por filósofos, sociólogos, historiadores, cada qual com seu enfoque. Aqui cito apenas o filósofo e historiador alemão, Oswald Arnold Gottfried Spengler (29/05/1880 – 08/05/1936), que entre outras obras escreveu The Decline of West, ou seja, O Declínio do Ocidente. 
Spengler, como tantos outros que se debruçaram sobre o estudo da mudança social pensava que sociedades são como organismos humanos que nascem, crescem e morrem. Não vou discutir se sociedades morrem ou apenas se transformam, mas penso ser interessante citar o pensamento do autor alemão que afirmou no início do século XX: “A civilização ocidental está agora em declínio e sua desintegração é inevitável, pois ela deve percorrer o caminho de todas as civilizações extintas”. 
Isso pode parecer drástico e, claro, não acontece de uma hora para outra, pois processos históricos são longos diante da brevidade de nossas vidas. Contudo, já se percebe o declínio ocidental, especialmente na Europa com a entrada dos mulçumanos, não só os que já tinham se radicado especialmente na França e na Bélgica, como através dos milhões de refugiados que estão sendo acolhidos na Alemanha e nos demais países europeus. 
Explicando melhor, como as populações europeias estão envelhecidas e a natalidade daqueles países é baixa, em tempo relativamente curto os mulçumanos serão maioria e, obviamente farão prevalecer sua cultura político-religiosa como de certo modo já o fazem. Então, a sharia será amplamente implementada e não haverá mais infiéis. Lembremos ainda, que sendo o Islã expansionista a ideia é a de se impor globalmente. 
Já houve tempos e lugares em que judeus, cristãos e mulçumanos conviveram de forma pacífica como na Espanha antes da Nova Inquisição dos reis católicos Fernando e Isabel. Hoje isso é difícil uma vez que está havendo um choque de visões de mundo opostas, sendo que o grande alvo do ódio terrorista são os judeus. 
Para ficar mais claro tomo o exemplo das mulheres: Entre mulçumanos a mulher é inferiorizada, coisificada. Há países em que não podem estudar ou sequer dirigir um carro. Vestem o xador ou a burca, roupas nas quais apenas os olhos aparecem. 
No ocidente as mulheres trabalham, estudam, ocupam empregos antes só desempenhados por homens. Contudo, muitas se coisificam ao ficar praticamente nuas nas praias e vestir roupas que mais mostram que escondem certas partes do corpo. 
Recentemente, em Colônia – Alemanha, jovens alemãs foram estupradas por refugiados. Elas portavam minúsculas minissaias e andavam sozinhas. Para a cultura mulçumana elas eram solteiras e estavam disponíveis e mulçumanos só obedecem a suas próprias leis e não as dos países que os acolhem. Para nós ocidentais foi um ato brutal e reprovável como são os ataques terroristas. 
Onde estavam os homens alemães para defender suas mulheres? Perguntou uma entrevistadora a uma jornalista dinamarquesa. Esta respondeu dizendo que os homens europeus foram efeminados, ensinados a ser corteses, a não protestar, a se adequar a tudo e isso produziu um desequilíbrio no qual os homens perderem seus valores. 
Acrescento que esse desequilíbrio se deve em grande parte ao nefando politicamente correto, que impõe a autocensura por temor à opinião pública. A sociedade ocidental está sufocada por essa excrescência ideológica, de matriz esquerdista e com viés de dominação, pois tudo que se diz pode ser interpretado com preconceito, racismo ou crime passível de severa punição. 
Muitos outros exemplos de choque de civilizações podem ser dados, quem sabe em outros artigos, mas o fato é que valores ocidentais estão se perdendo e expressões da vida, incluindo a arte, vão se tornando vulgares e banalizadas. 
No Brasil acentua-se não o declínio, mas a degradação social e econômica comandada em larga medida por um governo que institucionalizou a corrupção como nunca antes nesse país. 
Aonde estamos indo? Regredirá o mundo a uma sombria Idade das Trevas? Tomara que não. 
Maria Lucia Victor Barbosa é socióloga. 
mlucia@sercomtel.com.br 
www.maluvibar.blogspot.com.br

Juntos Somos Fortes!

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

O SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL NÃO SALVARÁ DILMA ROUSSEFF

Prezados leitores, respeitando todas as opiniões em contrário, desde que devidamente fundamentadas, nós concordamos com o blogueiro da Revista Veja, senhor Felipe Moura Brasil, no sentido de que ocorreu uma interferência do Poder Judiciário no Poder Legislativo, como ele explica didaticamente no seguinte vídeo:




Juntos Somos Fortes!

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

2016, O ANO QUE ENCHEREMOS AS CADEIAS DE TERNOS E TAIERS



Prezados leitores, dizem que no Brasil o ano só começa depois do Carnaval, quando os recessos dos Poderes Judiciário e Legislativo terminam.
O Carnaval chegou e a população está nas ruas.
Salvo melhor juízo, a maioria está brincamo o Carnaval para afogar suas tristezas e não para extravasar a sua felicidade.
O Brasil atravessa o pior período de sua história recente e o número de chefes de família que estão perdendo o emprego cresce diariamente.
Nem o funcionalismo público escapou, os salários e o décimo-terceiro estão atrasados em alguns estados.
No Rio de Janeiro, o funcionalismo está sofrendo com um governo que dá sinais claros que está mais perdido do que cego em tiroteio.
A sorte da população é que o Carnaval passa rápido e o ano vai começar no Brasil.
Um ano que tem eleição de Prefeitos e Vereadores, quando esperamos que partidos como o PT e o PMDB recebam o que merecem: uma grande reprovação nas urnas eletrônicas.
Um desejo que pode esbarrar no fato das urnas não serem confiáveis, conforme as inúmeras denúncias existentes.
Nós esperamos que 2016 seja um ano de decisões que possam provocar mudanças.
Desejamos que a Polícia Federal e o Ministério Público trabalhem diuturnamente para limpar o Brasil dos maus políticos e dos maus empresários, isso para que o dinheiro público pare de ser desviado (roubado) e possa ser aplicado nos serviços públicos essenciais.
Basta do Brasil ser um país repleto de riquezas, mas com um povo pobre e maltratado.
Nós queremos desde  a solução do processo de impeachment da Presidente Dilma Rousseff até a divulgação das investigações do Ministério Público de São Paulo sobre o "escândalo do Brasileirão 2013".
Não podemos continuar aceitando o assassinato diário de policiais, a educação que cria analfabetos funcionais e as pessoas morrendo nas filas dos hospitais públicos.
Temos que ter sede de justiça.
Temos que ter ânsia de encarcerarmos os políticos, os empresários e os seus comparsas que estão enriquecendo com o nosso dinheiro, enquanto não temos segurança, saúde e educação públicas de boa qualidade.
Sejam bem-vindas todas as delações premiadas.
Delatem todos e todas.
O ano vai começar.
Nós esperamos que seja um ano abençoado.
Um ano com as cadeias lotadas dessa gente que usa ternos e taiers finamente recortados.

Juntos Somos Fortes!

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

ALERJ - AMANHÃ - 15:00 HORAS - ATO DE PROTESTO DO FUNCIONALISMO

40 da Evaristo - 2007 - O Globo

Prezados leitores, circula pelas redes sociais que será realizado amanhã, às 15:00 horas, em frente à ALERJ, um protesto contra o governo Pezão, que está sacrificando a todos com a falta de pagamentos devidos.
A convocação está sendo feita por sindicatos e associações de servidores.
As principais pautas são o pagamento dos atrasados e o retorno do calendário de pagamentos aos primeiros dias do mês.

Juntos Somos Fortes!

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

PODER JUDICIÁRIO VENCE LUTA CONTRA GOVERNO PEZÃO

Pablo Jacob / O Globo

Prezados leitores, o Poder Judiciário colocou o governador Pezão em posição mais difícil e ele merece.

1) "Jornal Extra
29/01/16 15:47 Atualizado em 29/01/16 15:52
Para garantir o salário dos servidores do Tribunal de Justiça, juiz determina a penhora de R$ 265 milhões das contas do Estado (Fonte)."

2) "Jornal O Globo
Justiça determina arresto das contas do estado para pagar Judiciário
Decisão da 9ª Vara de Fazenda Pública bloqueia R$ 265 milhões (Fonte)."

3) "Jornal O Dia
Coluna do Servidor
Alessandra Horto
29.01.2016 - 15:45 
Servidores do Judiciário vencem batalha e conseguem receber o salário nesta sexta-feira (Fonte)."

Juntos Somos Fortes!

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

CORONÉIS DO CORPO DE BOMBEIROS CONTRA GOVERNADOR PEZÃO



Prezados leitores, um grupo de Coronéis do CBMERJ resolveu entrar com uma ação no Poder Judiciário contra lei que reduz o tempo de permanência no serviço ativo.
Sérgio Cabral já tinha feito isso anos atrás contra os Coronéis Barbonos (Coronéis PM), mas deixou os Coronéis BM de fora, pois esses não participaram da mobilização por melhores salários.
O Coronel PM Paúl tem uma ação contra essa redução que está rolando no Judiciário há anos.
A aplicação da lei fará com que Coronéis BM se aposentem precocemente, como ocorre há anos na Polícia Militar.
O interessante é que o próprio governador reclamou recentemente dessas aposentadorias antecipadas.
Nos governos Cabral e Pezão a má gestão tem sido uma característica comum.

"Jornal Extra
24/01/16 06:00 
Coronéis do Corpo de Bombeiros entram na Justiça contra lei que reduziu tempo máximo no último posto 
Marcos Nunes 
Sete coronéis do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) entraram na Justiça com um pedido de liminar pedindo a suspensão dos atos previstos na Lei estadual 7.121/2015, que de uma só vez mandou 16 oficiais da corporação “vestirem seus pijamas”. Em vigor desde dezembro, a nova legislação atingiu, em cheio, os ocupantes de cargos de primeiro e segundo escalões em unidades da Zona Sul, da Zona Norte e da Baixada Fluminense. Todos tiveram o tempo máximo de serviço no último posto da corporação reduzido de seis para quatro anos, e já estão em processo de reforma.
Com a inatividade dos coronéis, o governo do estado gastará, por ano, mais R$ 729.600 com a folha de pagamento. Isso porque, ao passar para reserva, cada um dos oficiais tem o direito de receber um acréscimo de 20% sobre seus vencimentos. O salário de um coronel gira em torno de R$ 19 mil. Atualmente, o Corpo de Bombeiros conta com cerca de 15.500 homens, e a folha tem um valor de R$ 126.469.325,04.
— A diminuição de tempo de serviço vai contra as medidas de economia adotadas pelo governo, que já elevou o tempo de serviço para aposentadoria de outros servidores. Entramos com um pedido de mandado de segurança para que o ato seja suspenso, e os coronéis voltem à atividade. Todos estão na faixa de 48 a 53 anos e ainda têm condições plenas de trabalhar. Automaticamente, o juiz vai analisar se a lei é constitucional ou não — disse o advogado e coronel bombeiro aposentado Adílson Libânio, que defende os interesses dos oficiais afastados.
A lei que está em vigor, e que também elevou de 28 para 32 anos o tempo de serviço na tropa para ter a aposentadoria, chegou a ser vetada pelo governador Luiz Fernando Pezão. Mas o veto foi derrubado pelo plenário da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Os parlamentares alegaram ter agido com o conhecimento do comando dos bombeiros. 
Nomeados e blindados estão fora da nova regra
Um outro grupo de coronéis está blindado contra os efeitos da Lei 7.121/2015. Apelidado de highlander pelo restante da tropa, o grupo poderá permanecer na atividade, mesmo após os quatro anos, enquanto ocupar cargos nomeados na Coordenadoria Militar do Gabinete Civil, no Tribunal de Contas do Estado (TCE) e na Assembleia Legislativa do Rio.
Também são blindados o secretário e o subsecretário de Defesa Civil, o comandante geral do Corpo de Bombeiros, o corregedor, o diretor geral de Finanças, o diretor logístico, o diretor executivo, o chefe de gabinete e o assessor especial (Link)."

Juntos Somos Fortes! 

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

GOVERNADOR PEZÃO RECLAMA DO PROBLEMA QUE ELE PROVOCOU



Prezados leitores, publicamos artigo da jornalista Cláudia Freitas sobre a contestação de uma fala do Governador Pezão a respeito da aposentadoria dos Coronéis PM:

Blog Cláudia Freitas - Jornalismo
'Engravidou a criatura e não quer cuidar do filho', diz ex-corregedor da PM sobre medida do governo do Rio
“Engravidou a criatura, criou o problema, mas não quer cuidar do filho”. O comentário é do ex-corregedor-Geral da Polícia Militar do Rio de Janeiro, o coronel Paulo Ricardo Paúl, acerca de um trecho da entrevista dada pelo governador do Estado, Luiz Fernando Pezão, ao jornal O Globo, na primeira semana de 2016. Pezão criticou a aposentadoria “precoce” dos coronéis da PM, alegando que este fato onera os cofres públicos e dificulta os cortes de gastos em tempos de crise. No entanto, Paúl relembra que a medida de adiantar a aposentadoria dos coronéis foi sancionada no governo de Sergio Cabral, antecessor de Pezão e membro do mesmo partido, o PMDB.
"Quero valorizar o ativo, carrego uma folha de inativo que é quase uma folha de ativo. (...)Você pega no Corpo de Bombeiro, na Polícia Militar, com 49 anos saindo. Essa conta não fecha", disse o governador na entrevista. "Pinheiro Neto [ex-comandante-Geral da PM do Rio, deixou o cargo em novembro de 2015], com 49 anos já é aposentado como coronel. Conta tempo de colégio militar, conta... Aí o cara saí com o salário lá no alto", acrescentou. 
Na opinião do coronel Paúl, o atual governo está "colhendo o que foi plantado". "Quem provocou isso [adiantamento das aposentadorias na PM] foi ele [governador Pezão] e o Cabral. No movimento de 2008, além de nos exonerar, mudou a nossa permanência no serviço ativo de seis para quatro anos. Eu, por exemplo, me aposentei com 50 anos e vários e vários colegas foram obrigados a seguir o mesmo caminho, porque é compulsório. Isso é um absurdo no mundo moderno, criado por eles. Foi, na verdade, uma represália, porque o nosso ato só envolveu coronéis da PM", afirma o militar. "Se ele agora quiser melhorar esta situação é simples. É só ele mudar a alteração aquilo que ele e o Cabral fizeram no estatuto da Polícia Militar", salientou. 
Na época, Cabral visava a aceleração de promoções dos oficiais, alegando uma necessária “oxigenação na PM”. Com a aprovação da Lei na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), cerca de 30 dos 70 coronéis que estavam na ativa foram para a reserva. No mesmo período, um grupo de coronéis buscava melhorias salariais e de trabalho para a corporação. O movimento ficou conhecido como Grupo dos Barbonos, entre eles estava o coronel Paúl. Uma passeata organizada pelo grupo de militares chegou a derrubar o então comandante-Geral da PM, Ubiratan Ângelo, além de levar vários colegas de farda a pedirem demissão, em meio as mudanças operadas pelo secretário de Estado de Segurança Pública, José Mariano Beltrame. 
Oito anos após a Lei entrar em vigor, o coronel que integrou os Barbonos só deixa um recado para a atual gestão estadual. "Quem pariu Mateus que o embale!". 
Por Cláudia Freitas e Alexandre Carvalho 
Postado por Cláudia Freitas às 11:15 (Link)."

A verdade foi restabelecida.

Juntos Somos Fortes!

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

FLUMINENSE ENFRENTA O PODER DA REDE GLOBO



Prezados leitores, nós recebemos o link dessa notícia através de comentários.
Ninguém que gosta de futebol pode deixar de parabenizar a postura do Fluminense Futebol Clube que resolveu enfrentar o poder da Rede Globo na gestão do futebol brasileiro.

"UOL Esporte
Rabo preso? Flu mostra independência da Globo em negociação com rival
Bernardo Gentile 
Do UOL, no Rio de Janeiro 
19/01/2016 
As empresas interessadas em possuir os direitos de transmissão dos jogos do Fluminense dos próximos anos precisarão ser mais ousadas para fechar um acordo. E isso é uma mensagem clara para a Globo, que se acostumou a contar com a preferência dos clubes sem tanto esforço. O Tricolor, no entanto, não está fechando os olhos para alternativas e já se reuniu com o Esporte Interativo para tratar do assunto. 
Mais que isso, está satisfeita com o decorrer das conversas e já tem novo encontro marcado. Ao contrário de outros clubes, o Fluminense não pegou qualquer adiantamento de cotas, o que pesa em futuras negociações. Além disso, o Tricolor já recusou a primeira oferta da Globo para renovação, o que mostra não ter 'rabo preso' com a maior emissora do país. 
Evidentemente isso não quer dizer que o Fluminense assinará contrato com o Grupo Turner para ter seus jogos transmitidos pelo Esporte Interativo. No momento, existe uma negociação em fase inicial, mas que agradou o Tricolor. Além do clube das Laranjeiras, as negociações ocorrem simultaneamente com outras cinco equipes: Internacional, Grêmio, Santos, Coritiba, Atlético-PR e Bahia. 
Segundo apuração do UOL Esporte, o Fluminense está bastante satisfeito com os números apresentados e principalmente com a forma de distribuição do dinheiro, baseado na Premiere League. A verba será distribuída com 50% de maneira igualitária, 25% de acordo com desempenho técnico e outros 25% a partir da audiência. 
Além disso, o Tricolor lutou bastante para que não houvesse um monopólio de jogos de apenas um clube, como ocorre frequentemente com Flamengo e Corinthians. Também pesa a favor o fim das partidas às 22h, uma criação da Globo para não perder as novelas, que têm alto índice de audiência. 
A Globo ainda aposta na facilidade que tem para entrar nas casas dos brasileiros como trunfo para vencer a concorrência. Essa questão é decisiva e pode valer até mais do que o dinheiro a mais oferecido pela concorrência para transmissões em TV fechada. Sim ou não, a resposta para definir quem transmitirá os jogos nos próximos anos será dada até o fim do mês (Link)." 

Parabéns, Fluminense! 

Juntos Somos Fortes!

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

"O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" - A HORA DE CONHECERMOS A INVESTIGAÇÃO SE APROXIMA



Prezados leitores, a hora de conhecermos o que foi investigado pelo Ministério Público de São Paulo se aproxima.
Tudo faz crer que os resultados deverão ser revelados após o Carnaval 2016.
Os resultados alcançados após mais de dois anos de investigações.
Se ocorreu ou não um acordo para a escalação do jogador Heverton?
Se ocorreu o acordo quem participou dele?
Nós poderemos verificar quem foi ouvido e quem não foi?
Se os editores responsáveis pelos sites que não noticiaram que André Santos jogou irregularmente no sábado (07 DEZ 2013) foram ouvidos?
Qual a explicação que deram para a omissão do maior furo do Brasileirão 2013?
Se os jornalistas que publicamente comentaram fatos relacionados com o caso foram ouvidos? 
Se foram feitas acareações?
Se houve quebra de sigilo telefônico?
Se houve quebra de sigilo bancário?
Enfim, conheceremos toda a investigação e os resultados alcançados.

Juntos Somos Fortes!

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

GOVERNADOR PEZÃO BENEFICIA CERVEJARIA COM QUASE 700 MILHÕES

Prezados leitores, a má dos recursos públicos no governo Pezão é flagrante.



"Jornal O Globo
Cervejaria beneficiada com R$ 687 milhões 
Grupo Petrópolis recebeu incentivo fiscal por meio de decreto do estado 
CHICO OTAVIO / LUIZ GUSTAVO SCHMITT 
15/01/2016 5:00 PUBLICIDADE 
RIO — Embora o Grupo Petrópolis, fabricante da cerveja Itaipava, esteja inscrito na Dívida Ativa como devedor de ICMS do estado, a empresa foi beneficiada, em novembro do ano passado, no auge da crise financeira, por um decreto do governador Luiz Fernando Pezão. A canetada incluiu a Itaipava no programa Rioinvest, que prevê incentivos a projetos de grande porte com recursos do Fundo de Desenvolvimento Econômico e Social (Fundes). Com a medida, a cervejaria ganhou incentivos fiscais de R$ 687,8 milhões do governo estadual, na forma de créditos de ICMS ao longo de dez anos (Link)."

Juntos Somos Fortes!

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

"AVALANCHE DE MELADO" - MARIA LUCIA VICTOR BARBOSA

Prezados leitores, transcrevemos um novo texto da socióloga Maria Lucia Victor Barbosa:



"AVALANCHE DE MELADO
Maria Lucia Victor Barbosa 
12/01/2016 
Nos noticiários as TVs apresentam amenidades, acidentes, notícias do exterior, poucas notas políticas. Tudo repetido à exaustão. O Brasil de férias quase não toma conhecimento dos recorrentes assaltos à coisa pública, que vão sendo descortinados por delatores loucos para salvar a pele. Eles vendaram a alma ao “diabo” do PT e agora estão pagando com juros e correção monetária. 
Enquanto isto o melado com o qual o PT se lambuzou continua a percorrer distâncias e vai envolvendo figuras do alto escalão governamental. Parece a lama sinistra que se abateu sobre o distrito de Mariana soterrando tudo, matando gente, invadindo lonjuras, contaminando rios, confiscando o azul dos mares. Foi a maior catástrofe ambiental já havida no País, assim como a avalanche de melado da corrupção da era PT não tem comparação com as roubalheiras do passado, tal seu grau de institucionalização e volume. 
Interessante é que o autor da frase, “o PT se lambuzou”, ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, agora se encontra lambuzado, sendo que outros ministros comeram também bastante do melado. Pelo menos é o que se lê no O Estado de S. Paulo, de 8 de janeiro de 2016: 
“Lava Jato – Além de Jaques Wagner, Edinho Silva (Comunicação) e Henrique Alves (Turismo) são citados em diálogos do empreiteiro Léo Pinheiro, da OAS, condenado a 16 anos de prisão”. 
Também é mencionado no respectivo jornal o atual presidente da Petrobras, Aldemir Bendine. Ao mesmo tempo, o notório Cerveró, ex-diretor da Petrobras, menciona Jaques Wagner em algumas grossas, como diria Lula da Silva, maracutaias. 
Cerveró, Nada acontece com o presidente de fato, que depôs pela quarta vez na Polícia Federal sobre uma generosa medida provisória que beneficiou um de seus filhos. E enquanto seus outrora “amigos íntimos”, aqueles que privaram de sua intimidade, que festejaram juntos em magníficos banquetes, que se divertiram com Brahma em suntuosas viagens estão vendo o sol nascer quadrado, “o pobre operário” segue indiferente à desdita dos companheiros de partido e “das zelites”. Não sei se esse traço de personalidade é próprio da humanidade como um todo ou mais acentuado em certos indivíduos sem caráter. 
Em todo caso, o espertíssimo ex-presidente da República, grande beneficiado da locupletação geral não sabe de nada, não viu nada e, se duvidar, não conhece nenhum imbecil que caiu na esparrela, conforme taxou o senador petista e ora detento, Delcídio Amaral. 
Lula da Silva foge dos “imbecis” como o diabo da cruz. Eles podem contaminar seu projeto de poder. Afogá-lo no pote de melado. No momento vislumbra-se apenas um fiozinho de melado a lhe escorrer pela barba. Foi posto por Cerveró que o mencionou quase que de passagem, a lembrar de que até a sorte acaba um dia nesse mundo de finitudes. Nada, porém, de previsões açodadas porque Brahma ou Boi até agora escapou. Ele conta com proteções internas e possivelmente externas, como as do Foro de São Paulo. 
Há de se convir que o PT ainda detém força suficiente para evitar males piores. Exemplo disto foi o anteparo do STF que evitou por duas vezes o impeachment de Rousseff, com evidente e indevida intromissão no Legislativo. Ela ficará por mais três anos sem nenhuma condição de governabilidade, fazendo discursos que são peças de propaganda enganosa a se desmanchar na primeira ida das donas de casa ao supermercado. Enquanto isso o País afundará cada vez mais na recessão e na sua insignificância de potência regional sul-americana, a ser suplantada pela Argentina sob a presidência de Mauricio Macri. 
Seguem-se outros exemplos do poder petista, como aqueles que tentam torpedear a extraordinária e inédita Operação Lava-Jato. É o caso do chamado desmonte da PF através do corte de R$ 133 milhões no seu orçamento. Foi votado no Congresso, mas tem evidente dedo do Executivo. Outro exemplo foi o da medida provisória assinada por Rousseff, que altera as bases da Lei Anticorrupção. Desse modo, se aprovada no Congresso empresas corruptas poderão fazer acordos de leniência com a CGU sem precisar colaborar com as investigações nem prestar contas ao TCU. Também poderão fechar contratos com o governo e receber verbas públicas. Não faltam também investidas do ministério da Justiça contra o competente e ilibado juiz Sérgio Moro. 
Sem dúvida, o PT resiste diante do mar de melado que o submerge. Seu grande teste, porém, será nas eleições municipais desse ano. Se o povo achar que são lícitas as doçuras corruptas do poder, enquanto amarga a inflação, o desemprego, a inadimplência, ótimo para os petistas. Se não Lula terá, em 2018, que pensar em outro plano B. 
José Dirceu, Antonio Palocci, No passado escolheu José Dirceu, depois Antonio Palocci e deu no que deu. Agora Jaques Wagner era (ou é?) o plano B, mas comeu muito melado. Dilma, a “faxineira”, vai mantê-lo no cargo? Certamente, mas nem tomando banho de ervas e sal grosso, Jaques Wagner, codinome compositor, se livrará do melado. 
Maria Lucia Victor Barbosa é socióloga. 
mlucia@sercomtel.com.br 

Juntos Somos Fortes!