A POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ESTÁ MORTA"!
Assista o vídeo produzido pelo Coronel PM Paúl.
Link:

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

JORNAL PAÚL NELES! - 18 DEZ 2014 - 1a EDIÇÃO - DEPUTADO DACIOLO x DEPUTADO BOLSONARO

Prezados leitores, o Coronel PM Paúl comenta o embate que está em curso na internet entre os que estão condenando e os que estão defendendo o deputado federal Cabo BM Daciolo por ter participado do protesto do PSOL contra o deputado federal Bolsonaro.



Juntos Somos Fortes!

APROVADA LEI DA IRRESPONSABILIDADE FISCAL - ALMIR QUITES

Prezados leitores, a seguir transcrevemos dois artigos do blogueiro Almir Quites:  



1) APROVADA A LEI DA IRRESPONSABILIDADE FISCAL 
Aprovada a Irresponsabilidade da gestão financeira! Ainda não deu para engolir e o povo já não pode reagir. Claro, basta que o chefe da Casa Vil da Presidência da República discuta o preço com a ‘fada’ Sininho, que ela prontamente mobiliza seus Black Blocs. Estes porão as máscaras da covardia para divertir-se, dilapidando bens públicos e privados e assustando os cidadãos democratas e civilizados, que apenas desejam exercer o direito constitucional de se fazer ouvir na rua em protesto contra a corrupção institucional do PT de Lula, o Escracho e de Dilma, a Parva. Leia o artigo completo aqui: 

2) INDECOROSA CONDUTA PRESIDENCIAL 
Quase junto com o circo da CPI mista do Congresso, que concluiu com o vergonhoso relatório do deputado petista Marcos Maia dizendo que não havia nada de errado com a Petrobras, veio o Relatório inconstitucional da "Comissão da Verdade" e esta vergonhosa manobra consubstanciada no Projeto da Meta Fiscal, apresentado pelo governo federal, o qual fere de morte a Lei de Responsabilidade Fiscal e objetiva apenas dar à presidente da República a anistia retroativa pelo crime de responsabilidade. Por que este projeto presidencial é indecoroso? Veja aqui: 

Juntos Somos Fortes!

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

RIO: MAIS UM POLICIAL MILITAR ASSASSINADO

Prezados leitores, não temos mais o que escrever para expressar a nossa opinião sobre a péssima gestão da segurança pública no Rio de Janeiro.
O PM assassinado hoje foi o Soldado H. Ferreira RG 95017, conforme mensagem que circula na internet.




"JORNAL EXTRA
Casos de Polícia
17/12/14 18:02 Atualizado em 17/12/14 18:14
Policial militar é morto na Zona Norte do Rio
Um policial militar foi morto durante uma suposta tentativa de assalto, na Rua Pernambuco, no Engenho de Dentro, na Zona Norte do Rio. De acordo com a assessoria da corporação, ele teria reagido ao ser abordado pelos criminosos. O corpo do soldado tem perfurações de tiros. Agentes da Divisão de Homicídios (DH) fazem a perícia no local (Fonte)".





Enquanto os Policiais Militares continuam sendo assassinados, o secretário de segurança emite essa opinião:

"AGÊNCIA BRASIL
Beltrame diz que blindagem de UPP não é prioridade mesmo com ataques a policiais 
10/12/2014 20h21
Rio de Janeiro 
Edição: Jorge Wamburg
O secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, disse hoje (10) que a blindagem dos contêineres das unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) não é prioridade da secretaria. Entretanto, o órgão vai adotar uma série de ações para melhorar a situação dessas bases policiais em 2015 (Leia mais)".

Juntos Somos Fortes!

DIA 19 - LANÇAMENTO DOS LIVROS DO CORONEL PAUL NA ZONA OESTE

Prezados leitores, o Coronel Paúl fará o lançamento dos seus livros durante a festa de confraternização do SOS Bombeiros RJ, evento que será realizado no dia 19 de dezembro de 2014, a partir das 10:00 horas, na Rua Tecobé, número 347, Realengo, Rio de Janeiro, RJ.
O livro "A ditadura de terno e gravata" narra a mobilização dos Bombeiros do Rio de Janeiro e as represálias do governo Cabral-Pezão, inclusive a prisão em Bangu 1.



Juntos Somos Fortes!



JORNAL PAÚL NELES - 17 DEZ 2014 - 2a EDIÇÃO - SECRETÁRIO PREMIADO E GUARDA MUNICIPAL ASSASSINADO

Prezados leitores, o Coronel PM Paúl comenta sobre mais uma premiação para o secretário de segurança pública do Rio de Janeiro e sobre o assassinato de um Guarda Municipal na sede da prefeitura do Rio de Janeiro, atingido por pauladas.




Juntos Somos Fortes!

GOVERNO PEZÃO: 17.000 PMs FORA DO POLICIAMENTO NAS RUAS

Prezados leitores, após oito anos de governo Pezão e do Secretário Beltrame chefiando a segurança pública, o jornal O Globo descobriu que dos 48.000 PMs existentes na Polícia Militar, 17.000 estão fora das ruas.
Como explicar esse absurdo?



(O Globo)


Juntos Somos Fortes!


JORNAL PAÚL NELES! - 17 DEZ 2014 - 1a EDIÇÃO - CASO AMARILDO, MAJOR PM EDSON JUSTIFICADO

Prezados leitores, o Coronel PM Paúl comenta uma matéria publicada ontem pelo jornal O Dia sobre o caso Amarildo.


Juntos Somos Fortes!

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

JORNAL PAÚL NELES! - 16 DEZ 2014 - 2a EDIÇÃO - LANÇAMENTO DOS LIVROS DO CORONEL PAÚL

Prezados leitores, o Coronel PM Paúl comenta o lançamento dos seus livros que ocorreu ontem na AME-RJ, agradecendo a todos e a todas que compareceram.
Novos imagens serão postadas oportunamente.


Juntos Somos Fortes!

JORNAL O DIA DENUNCIA DESCASO COM VIATURAS DA POLÍCIA MILITAR

Prezados leitores, transcrevemos reportagem do jornal O Dia sobre viaturas da Polícia Militar:

Foto: Osvaldo Praddo

"JORNAL O DIA 
16/12/2014 00:09:14 
Viaturas novas da PM ficam ao relento expostas ao tempo e à ação de vândalos 
Veículos foram colocados ao lado dos caminhões em frente ao Batalhão de Choque 
FLAVIO ARAÚJO 
Rio - Além de não cumprir a promessa de providenciar um local adequado para os quatro caminhões de alta tecnologia que passam dia e noite ao relento na porta do quartel desde o fim da Copa do Mundo, o comando do Batalhão de Choque (BPChq) da Polícia Militar resolveu ampliar a frota exposta ao tempo e à ação de vândalos. Há cerca de duas semanas, dezenas de viaturas novas foram colocadas perto dos caminhões que custaram R$ 12 milhões em recursos públicos. Na madrugada de domingo, três dos quatro veículos especiais estavam estacionados na rua. 
Quando O DIA denunciou com exclusividade a situação dos caminhões estacionados do lado de fora do quartel por ter altura superior à da porta do batalhão, o comandante da unidade, tenente-coronel Fábio de Souza, argumentou que os caminhões seriam levados para a nova sede do BPChq, o Comando de Operações Especiais (COE). O imóvel foi construído em 1913 e tombado pelo Patrimônio Histórico. A nova base da Forças Especiais da PM, no entanto, que será construída em Ramos, continua sem previsão de obras, que foram orçadas em outubro de 2012 (Leia mais)".

Juntos Somos Fortes!

JORNAL PAÚL NELES! - 16 DEZ 2014 - 1a EDIÇÃO - O PROTESTO DOS POLICIAIS

Prezados leitores, exibimos vídeo com imagens do protesto em Defesa da Vida dos Policiais que foi realizado no dia 14 DEZ 2014, na praia de Copacabana.



Juntos Somos Fortes!

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

HOJE - LANÇAMENTO DOS LIVROS DO CORONEL PAÚL

Prezados leitores, hoje ocorrerão os lançamentos dos livros "A ditadura de terno e gravata, a luta dos Bombeiros e dos Policiais Militares" e "UPP, uma farsa eleitoral", isso na sede da AME-RJ (antigo Clube dos Oficiais) situada na Rua Camerino, número 114, Centro, Rio de Janeiro.
O evento será realizado entre as 17:00 e as 20:00 horas.
Exemplares do primeiro livro "Cabral contra Paúl - A PM de joelhos" também estarão disponíveis.


Em consequência, hoje não publicaremos as duas edições do "Jornal Paúl Neles!".
Amanhã, comentaremos neles o ato de protesto realizado ontem por milhares de Policiais Militares.

Juntos Somos Fortes!

OS PMs AINDA PODERÃO RECEBER AS CESTAS DE NATAL

Prezados leitores, o comandante geral da PMERJ, Coronel PM Íbis Silva, tentará obter recursos junto ao secretário de segurança para que os Policiais Militares recebam as cestas de natal.


(Jornal O Dia)


Juntos Somos Fortes!

PMs PROTESTAM CONTRA MORTES E MAIS UM PM É ASSASINADO

Prezados leitores, ontem, 3.000 participantes lotaram a praia de Copacabana no protesto em defesa da vida dos Policiais Militares.
Infelizmente, ontem, mais um Policial Militar foi assassinado no Rio de Janeiro.


No Posto Seis foram fincadas cruzes com imagem dos policiais militares assassinados
Foto:  Severino Silva / Agência O Dia


 "JORNAL O DIA
15/12/2014 00:19:44 - Atualizada às 15/12/2014 00:39:36
PM é morto a tiros após reagir a assalto em Nilópolis
Soldado teria tentado defender colega de abordagem de bandidos quando foi baleado 
Rio - O soldado Cristiano Rodrigues de Paula foi morto a tiros, na noite deste domingo, em Nilópolis, na Baixada Fluminense. De acordo com as primeiras informações, ele estava em um bar no bairro Nova Cidade quando um homem anunciou o assalto contra um colega de farda. Cristiano, que era lotado no Centro de Manutenção de Materiais da Polícia Militar, levou dois tiros ao tentar reagir. 
A vítima foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cabuis, mas não resistiu aos ferimentos. O policiamento foi reforçado na região. Com a morte de Cristiano, subiu para 110 o número de policiais mortos em serviço ou de folga em 2014. 
Ato reuniu mais de três mil em Copacabana 
Mais de três mil pessoas se reuniram ontem na orla de Copacabana contra a morte de policiais. O movimento organizado por PMs reivindica, entre outros pontos, tornar crime hediondo os assassinatos contra os agentes. 
A passeata começou no Posto Seis e seguiu pela Avenida Nossa Senhora de Copacabana até a Rua Sá Ferreira. O movimento, junto com a ONG Rio de Paz, pretende apresentar as reivindicações para o governo do estado, ainda sem audiência marcada. 
Nas areias, foram fincadas cruzes com imagem dos PMs mortos. Os militares cantaram o Hino da Polícia Militar e algumas bandeiras do Brasil foram colocadas na janela dos apartamentos da orla. Os PMs reivindicam a blindagem dos contêineres das UPPs, o direito de levar a arma do trabalho para casa, uma escala de serviço menos apertada e agilidade na concessão de benefícios aos familiares. Pelas redes sociais, as manifestações em favor de PMs mortos vêm crescendo com a criação do movimento “#basta”, em repúdio aos assassinatos".

Juntos Somos Fortes!

ATUAL SITUAÇÃO DA PMERJ - HÉLIO ROSA



Prezados leitores, a seguir transcrevemos um texto, fiéis aos nossos parâmetros de dar espaço para todas as opiniões, sobre as alterações propostas pelo atual Comandante Geral da PMERJ sobre as diferenças existentes na legislação a respeito dos processos administrativos disciplinares envolvendo Oficiais e Praças da corporação.
A nossa opinião já foi firmada em artigo anterior.
Eis o texto: 

"Atual situação da PMERJ
Muito me preocupa o que se passa atualmente na PM, vou começar a discorrer comentando as observações feitas por mim numa viagem recente ao Chile.
Os Cabineiros Chilenos, são o equivalente as PM’s no Brasil, porém lá eles apresentam uma postura impecável, completamente distinta da que presenciamos aqui, bem uniformizados, sempre de cobertura, ao lado das viaturas ou das motos, nunca próximos a lojas comerciais ou qualquer outro estabelecimento. São respeitados pela população.
Para passar uma ideia de como funciona, estava num grupo fazendo turismo em um ônibus passamos por um ponto que todos queríamos fotografar solicitamos à guia uma pequena parada do veículo a fim de realizarmos nosso intento, ela respondeu imediatamente o motorista não pode fazer isso pois se o fizer os Carabineiros tomam a sua carteira e acrescentou eles não são policiais, são Carabineiros.
No ano passado já havia estado no Chile e por curiosidade quando conversava com as pessoas, perguntava como era o procedimento dos Carabineiros e todos com quem falei foram unanimes em afirmar que eles são muitos enérgicos e honestos.
Também no ano de 2013, tive a oportunidade de ir a Paris onde pude observar o patrulhamento da Champs Élysée, por soldados da Gendarmerie, também com um procedimento irrepreensível em duplas. Note-se que as duas instituições mencionadas são militares, fato que não é impeditivo da realização de um policiamento de alto nível muito pelo contrário, todavia desejo ser sucinto nesta abordagem porque existem outros fatos a tratar agora.
Uma postura totalmente fora de propósito, é essa que vem sendo adotada e propalada pelo comandante em exercício, quando fala em aproximar o modus de punição para os oficiais ao mesmo modus adotado para as praças, ora senhores isso não é uma benesse dada aos oficiais e sim um privilégio pela responsabilidade inerente a função exercida, senão os detentores de outras funções públicas também estariam sujeitos a um modus único de punições e não é o que vemos quando se tratam de juízes, promotores, secretários de estado, auditores fiscais o modus aplicado aos mesmos não é próximo e nem muito menos semelhante, ao dos demais funcionários que atuam nos respectivos órgãos, só para citar algumas funções públicas.
Não prego em momento algum o acobertamento das faltas praticadas, nem tão pouco sou favorável a corrupção, acredito piamente ser ela o câncer que se enraizou na instituição, precisa ser extirpado o mais rapidamente possível, todavia não nos esqueçamos, ter sido a mesma patrocinada e estimulada em vários momentos por políticos inescrupulosos os quais faz muito tempo andam no comando do nosso Estado e também são ajudados pela imprensa irresponsável, que domina as comunicações aqui.
Quem se encontra na cadeira do comando não deve jogar para a plateia, precisa cumprir o estatuto, as normas, regulamentos e fazer com que sejam cumpridos, se acha necessário mudar o estatuto, as normas ou regulamentos, isso deverá ser feito através dos meios legais para sua propositura e não em declarações a impressa.
As praças por sua vez caso estejam insatisfeitas, façam concurso para Academia D. João VI se lograrem êxito no concurso de admissão, ao concluírem o curso passaram a gozar dos mesmos privilégios dos oficiais.
A ideia de suprimir as prerrogativas e privilégios do cargo de oficial é uma ignomínia, trará um malefício devastador a instituição, com as garantias que nos são dadas já houve prisão arbitrária e ilegal de oficiais e praças em Bangu I ( não estou defendendo a atitude tomada naquela época ), o militar tem seu quartel por menagem para prisão.
Agora vem o MP com um TAC, inclusive se arvorando em fazer o controle externo das operações policiais militares, tudo isso acontece única e exclusivamente por falta de atitude dos oficiais do último posto que porventura se encontram em postos de comando da corporação.
Finalizando gostaria de deixar uma pergunta.
Quem faz o controle externo do MP?
Helio Rosa"

Juntos Somos Fortes!

domingo, 14 de dezembro de 2014

AMANHÃ - LANÇAMENTO DOS LIVROS DO CORONEL PAÚL

Prezados leitores, amanhã acontecerá na AME-RJ o lançamento dos livros do Coronel PM Paúl.
Compareçam e divulguem.




Juntos Somos Fortes!