JORNALISMO INVESTIGATIVO

JORNALISMO INVESTIGATIVO
Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

terça-feira, 18 de junho de 2024

A GRAM E O HOMEM QUE NÃO CONSEGUE SAIR DO GOVERNO



O Estado do Rio de Janeiro tem se destacado pelos fatos negativos oriundos do campo da política fluminense.

Fatos inexplicáveis que refletem em todos os poderes e órgãos de controle, por exemplo.

Apenas para dar materialidade a tal estranheza, cito que no final de 2.021, o Executivo, o Legislativo e o alto comando da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar criaram uma gratificação (GRAM) que dois anos e meio depois ninguém sabe explicar a forma como ela é paga para uns e não é paga para todos.

A coisa é tão doida que os presos recebem a Gratificação de Risco da Atividade Militar.

Qual seria esse risco ao qual Bombeiros e Policiais Militares presos estariam expostos?

Nem o Executivo, nem o Legislativo, nem o Judiciário, nem o Ministério Público, nem o Tribunal de Contas do Estado conseguem esclarecer.

O certo é que todos conhecem essa e outras irregularidades no pagamento da GRAM, mas...

O caos é tão grande que um alto assessor do governador quer deixar o cargo, entretanto apesar dos esforços, continua "preso" na cadeira.

Acesse o link e conheça esse fato insólito.

Adianto que não é piada.

https://temporealrj.com/nem-a-justica-ajuda-a-demitir-victor-travancas/


Juntos Somos Fortes!

quarta-feira, 12 de junho de 2024

O FLUMINENSE ESTÁ "DOENTE", MAS É CURÁVEL




Em 2.024 o Fluminense Football Club ainda não conseguiu apresentar um futebol que represente a sua grandeza, isso é fato.

Especificamente no Brasileirão 2024 o desempenho tem sido pífio, um futebol que beira ao ridículo e com resultados que encaminham para ser rebaixado.

Em oito jogos conquistou seis pontos, ou seja, menos de um ponto por jogo, o que significa que está no rumoh inverso ao desejado.

Versões não faltam para o insucesso, elas povoam o mundo do futebol.

Ouso apresentar a minha: o elenco do Fluminense está doente.

A doença que tanto debilitou é fruto dos péssimos hábitos adquiridos.

Como nós adoecemos quando mantemos hábitos alimentares ruins para o nosso organismo, o elenco se viciou com hábitos que violam os preceitos fundamentais da boa tática futebolística.

Eu poderia citar vários, o que transformaria esse artigo em um pequeno livro, por tal razão citarei apenas um, o que é facilmente observado a olho nu, sem a necessidade de investigações.

Tendo por argumento a manutenção da posse de bola, o elenco (titulares e reservas) insistem, por exemplo, em tentar sair jogando sempre a partir da própria grande área.

Até aí a doença com a tática única seria um resfriado, mas fazem isso até quando o adversário cerca a área. Pior, fazem seguidamente, mesmo após terem perdido a bola no lance anterior.

A referida violação de preceito fundamental se tornou um hábito péssimo, daí surgiu uma doença grave que poderá nos levar a falência de múltiplos órgãos.

Para piorar o quadro esse não é o único vício ruim que o elenco adquiriu, eles serão objeto de futuros comentários.

A sorte é que a doença tem cura.

Basta mudar os hábitos respeitando todos os fundamentos táticos básicos, como aquele que ensina que quanto mais longe a bola estiver da nossa área, menor a chance de sofrermos um gol e quanto mais perto, maior essa chance.

O vício de sempre sair jogando da nossa área já passou o limite da teimosa e ingressou no universo da burrice.

Saudações tricolores!

terça-feira, 11 de junho de 2024

RIO: POLICIAIS CONTINUAM SENDO ASSASSINADOS



Um Policial Militar veio a óbito e outro foi gravemente ferido durante operação realizada nessa manhã no Rio de Janeiro.

Entra governo, sai governo e os policiais continuam sendo vítimas da gestão da segurança pública estadual.

Leia a notícia sobre o fato 

O título da matéria no G1 já deve ser alvo de reflexões.

Transcrição:

"Três morrem em operação da PM na Maré; em represália, tráfico fecha 3 vias expressas

Bandidos fecharam a Avenida Brasil, a Linha Vermelha e a Linha Amarela. Um ônibus foi incendiado na altura da Fiocruz. Os mortos são 2 suspeitos e 1 agente do Bope, segundo a PM.

Por Cristina Boeckel, Alice Portes, Jefferson Monteiro, Matheus Giffoni, Isabella Vilela, Thaís Espírito Santo, Maria Eduarda Barbosa*, g1 Rio e TV Globo

 

segunda-feira, 3 de junho de 2024

RIO DE JANEIRO - CRIME DOMINA O TERRITÓRIO

 



O noticiário dá conta diariamente do domínio territorial de partes do território do Estado do Rio de Janeiro por grupos criminosos armados com material bélico usado em guerras.

O fato, apesar de significar a falência completa do aparato estatal de segurança, acaba passando quase que despercebido diante da frequência das notícias e da diversidade de locais dominados.

Só aqueles milhões de pessoas subjugados acabam dando a importância devida.

Nós últimos dias o bairro da Ilha do Governador tem sido alvo dessas notícias em virtude das ações criminosas contra o denominado transporte alternativo.

Logo a Ilha do Governador que na década de 90 do século passado tinha sido escolhida para abrigar o Batalhão Escola de Polícia Comunitária, isso em virtude exatamente de suas características territoriais.

O projeto da polícia comunitária do comando-geral da época perdeu-se no tempo, resta impedir que se perca todo o domínio estatal sobre o território insular.

Vida que segue...

quarta-feira, 29 de maio de 2024

RIO DE JANEIRO: A CRISE CONTÍNUA E CRESCENTE NA POLÍTICA



Tenho a convicção que nenhum cidadão fluminense duvida da existência de bons políticos no Estado do Rio de Janeiro como um todo e em cada município em particular.

Eles existem!

A partir dessa realidade proposta surge um questionamento inevitável: existindo bons políticos, porque eles não conseguem revertem a degradação política que os noticiários evidenciam quase que diariamente?

Qual a resposta, leitor?

Eles são bons, porém inertes.

Eles são bons, porém não constituem a maioria.

Eles são bons, porém não são unidos para fortalecerem a minoria e resistirem contra os maus políticos.

Não sei.

Eles existem!

Apesar disso, a política fluminense continua conduzindo a população para o abismo do abandono total com a violação dos seus principais direitos constitucionais.

A política fluminense não promove o bem estar social, logo não cumpre sua destinação, ao contrário, segue na contramão.

Vida que segue nesse Rio de Janeiro do salve-se quem puder...


domingo, 26 de maio de 2024

RIO: UMA POPULAÇÃO DOMINADA PELO CRIME




Transcrição:

"Motoristas de aplicativo são obrigados a colar adesivo no veículo para comprovar pagamento de taxa a criminosos.

Outra forma de verificação é a inclusão em um grupo de whatsapp criado pelos traficantes. 'Se for parado por alguém, é só mostrar o grupo”, explica motorista.

Por Gabriel Barreira, Lucas Soares, RJ2

 

Criminosos estão cobrando taxas para permitir que motoristas de aplicativo rodem em ruas da Zona Norte do Rio.

Para se certificarem que o motorista efetuou o pagamento, os bandidos exigem que eles circulem com um adesivo colado no veículo. Só assim, eles podem trabalhar por ruas da região sem sofrer represálias (Leiam mais)".


Juntos Somos Fortes!

quinta-feira, 16 de maio de 2024

PAGAMENTO IRREGULAR DA GRAM DEVE GERAR RESPONSABILIZAÇÃO



Transcrição:

"Tempo Real

Caso Marielle: miliciano preso desde 2019 já recebeu R$ 466 mil só de gratificação da PM

Berenice Seara

16/05/24

Preso desde 2019, condenado por quatro homicídios e a ocultação de um dos corpos, o policial militar Ronald Alves de Paula, conhecido como Major Ronald, ex-chefe da milícia da Muzema e um dos acusados da morte da vereadora Marielle Franco, continua recebendo R$ 7,4 mil por mês a título de Gratificação de Risco da Atividade Militar (GRAM). Desde que passou a viver numa cela, o oficial da PM já recebeu, dos cofres públicos, um extra de R$ 466 mil.

Hoje cumprindo a pena de 76 anos e oito meses no presídio federal de Mato Grosso do Sul — onde o único risco que corre é o de levar uns cascudos de algum outro detento — Ronald continua recebendo a gratificação que, por lei, “é devida ao militar do estado em virtude das peculiaridades inerentes à carreira militar, cuja condição está relacionada ao sacrifício da própria vida em defesa e segurança da sociedade” (Leiam mais)".

Juntos Somos Fortes!




sábado, 11 de maio de 2024

OS IGNORANTES COM INICIATIVA, AFASTE-SE DELES.




Transcrição:

"Dizem que Napoleão Bonaparte classificava seus soldados em 4 tipos de pessoas:

1. Os inteligentes com iniciativa;

2. Os inteligentes sem iniciativa;

3. Os ignorantes sem iniciativa; e

4. Os ignorantes com iniciativa.

Aos inteligentes com iniciativa, Napoleão deu funções de comandantes, como generais e estrategistas.  

Aos inteligentes sem iniciativa, Napoleão designou cargos oficiais, os quais receberam ordens superiores para cumprir com diligência.  

Aos ignorantes sem iniciativa, Napoleão os colocou na linha de frente da batalha para serem "carne de canhão".  

Pessoas ignorantes com iniciativa, Napoleão não queria perto de seus exércitos

Um ignorante com iniciativa faz o que não deve, fala o que não deve, se envolve com quem não deve, arruina tudo o que toca, e depois diz que não foi intencional."

Juntos Somos Fortes!

quinta-feira, 9 de maio de 2024

ALERJ - POLÍCIA FEDERAL INVESTIGA MAIS DE 30 DEPUTADOS POR ENVOLVIMENTO COM CRIME




"PF AFIRMA QUE METADE DA ALERJ ESTÁ ENVOLVIDA COM O CRIME

_É o que revela apuração do Correio Braziliense_ 

Novos dados revelados pela Polícia Federal lançam luz sobre a conexão entre membros da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) e o crime organizado, no âmbito das investigações sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.
As descobertas da Polícia Federal indicam que pelo menos metade dos deputados da Alerj tem vínculos com o crime organizado, seja com milícias ou traficantes. Muitos agentes policiais se referem à Assembleia como um centro institucionalizado do crime, onde a legislação é moldada para beneficiar as organizações criminosas.
Há evidências claras de que os gabinetes parlamentares, independentemente de suas filiações políticas, abrigam representantes do crime organizado
Essas pessoas são designadas pelas milícias e pelo tráfico para monitorar projetos de interesse desses grupos e obstruir propostas que possam prejudicar seus negócios, além de serem utilizadas para intimidar adversários políticos.
A Polícia Federal estaria empenhada em mapear todo o esquema criminoso dentro da Alerj, cruzando informações das investigações do caso Marielle com processos anteriormente negligenciados. Acredita-se que em breve será possível desmantelar parte desses esquemas que assolam a população do Rio de Janeiro.
Os tentáculos das organizações criminosas da Alerj se estendem para órgãos dos governos estadual e municipal e do Judiciário, dificultando o avanço das investigações. Para as autoridades, será necessário um grande esforço do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Ministério da Justiça para alcançar os agentes públicos envolvidos com o crime organizado.

 Por Guilherme Arandas Domingos"

Juntos Somos Fortes!

quinta-feira, 2 de maio de 2024

GOVERNADOR CLÁUDIO CASTRO FAZ "PIADA" COM O FLAMENGO OU COM A POPULAÇÃO



O governador Cláudio Castro deve ter feito uma "piada" com a população fluminense ou com a torcida do Flamengo.

Ele deve vinte e oito meses de uma gratificação para os Policiais Militares e os Bombeiros Militares (Veteranos, Pensionistas e Sequelados), duas parcelas da recomposição salarial e o IPCA 2.023 para esses e para os servidores públicos do Poder executivo.

Além disso, ele vive alegando que o RJ está quebrado.

Um piada de mal gosto de um jeito ou de outro falar sobre construção de estádio.

"Jornal Extra

Cláudio Castro garante ajuda ao Flamengo em construção do novo estádio desde que 'não prejudique o Maracanã'

Torcedor do rubro-negro, governador do estado comentou sobre o foco do clube na construção de um novo estádio

Por Redação do EXTRA — Rio de Janeiro

 

terça-feira, 30 de abril de 2024

CLÁUDIO CASTRO CONFESSA QUE GRAM FOI REAJUSTE PARA PARTE DA PMERJ






No curso de entrevista para o Jornal O Globo o governador Cláudio Castro confessou que a GRAM foi um reajuste para parte da tropa da PMERJ (ela cita policiais). Isso põe por terra de forma definitiva qualquer alegação de que a GRAM é pro labore faciendo, como tem afirmado para não pagar aos Inativos, Sequelados e Pensionistas.

Comentarei em vídeo a ser publicado no nosso canal do YouTube: @pauloricardopaul

Juntos Somos Fortes!

segunda-feira, 29 de abril de 2024

SHOW DA MADONNA NÃO SERÁ GRÁTIS




Como eu comentei no nosso canal do YouTube @pauloricardopaul o show da cantora Madonna NÃO SERÁ GRÁTIS no Estado do Rio de Janeiro, como fica claro nessa notícia da CBN:

"Governo do Rio irá investir R$10 milhões no show da Madonna

Por  — Rio de Janeiro

 (Leia na íntegra)".


Juntos Somos Fortes!

domingo, 28 de abril de 2024

RJ - GOVERNO CLÁUDIO CASTRO - CORTE NO ORÇAMENTO DA POLÍCIA MILITAR



Todos os brasileiros sabem que o principal problema do Estado do Rio de Janeiro é a INSEGURANÇA PÚBLICA em face do aumento contínuo da criminalidade, quer  seja pelo aumento de criminosos, quer seja pelo crescimento das modalidades criminosas.

O crime invadiu tudo, inclusive os poderes.

Diante dessa tragédia, surge essa notícia inexplicável:

"O Globo

Por  — Rio de Janeiro

 

30/04 - MANIFESTAÇÃO NO MP-RJ - PLANOS DE SAÚDE DE PCDS

 


Juntos Somos Fortes!

EXCELENTE TEXTO "O QUE SIGNIFICA NO FRIGIR DOS OVOS?

 


👉"O que significa “No frigir dos ovos”?  

'Não é à toa que os  estrangeiros acham nossa língua muito difícil!

Como a língua portuguesa é rica em expressões!

Veja o quanto o vocabulário “alimentar” está presente nas nossas metáforas do dia-a-dia. Aí vai!

Pergunta:

– Alguém sabe me explicar, num português claro e direto, sem figuras de linguagem, o que quer dizer a expressão “no frigir dos ovos”?

Resposta:

– Quando comecei, pensava que escrever sobre comida seria sopa no mel, mamão com açúcar.

Só que depois de um certo tempo dá crepe, você percebe que comeu gato por lebre e acaba ficando com uma batata quente nas mãos. 

Como rapadura é doce mas não é mole, nem sempre você tem ideias. 

Pra descascar esse abacaxi, só metendo a mão na massa. E não adianta chorar as pitangas ou, simplesmente, mandar tudo às favas. 

Já que é pelo estômago que se conquista o leitor, o negócio é ir comendo o mingau pelas beiradas, cozinhando em banho-maria, porque é de grão em grão que a galinha enche o papo.

Contudo, é preciso tomar cuidado para não azedar, passar do ponto, encher linguiça demais. 

Além disso, deve-se ter consciência de que é necessário comer o pão que o diabo amassou, para poder vender o seu peixe. 

Afinal, não se faz uma boa omelete sem antes quebrar os ovos. 

Há quem pense que escrever é como tirar doce da boca de criança e aí, vai com muita sede ao pote. 

Mas como o apressado come cru, essa gente acaba falando muita abobrinha. São escritores de meia tigela, trocam alhos por bugalhos e confundem Carolina de Sá Leitão com caçarolinha de assar leitão.

Há também aqueles que são arroz de festa que, com a faca e o queijo nas mãos, se perdem em devaneios (piram na batatinha, viajam na maionese… etc.). 

Achando que beleza não põe mesa, pisam no tomate, enfiam o pé na jaca e, no fim, quem paga o pato é o leitor, que sai com cara de quem comeu e não gostou. 

O importante é não cuspir no prato em que se come, pois quem lê, não é tudo farinha do mesmo saco. 

Diversificar é a melhor receita para engrossar o caldo e oferecer um texto de se comer com os olhos, literalmente. 

Por outro lado, se você tiver os olhos maiores que a barriga, o negócio desanda e vira um verdadeiro angu de caroço. 

Aí, não adianta chorar sobre o leite derramado, porque ninguém vai colocar uma azeitona na sua empadinha não!

O pepino é só seu e, o máximo que você vai ganhar é uma banana. Afinal, pimenta nos olhos dos outros é refresco.

A carne é fraca, eu sei. 

Às vezes dá vontade de largar tudo e ir plantar batatas. 

Mas, quem não arrisca não petisca e depois, quando se junta a fome com a vontade de comer, as coisas mudam da água pro vinho.

Se embananar de vez em quando é normal, o importante é não desistir, mesmo quando o caldo entornar. 

Puxe a brasa pra sua sardinha, que no frigir dos ovos, a conversa chega na cozinha e fica de se comer rezando. 

Daí, com água na boca, é só saborear, porque o que não mata engorda.

Entendeu o que significa “no frigir dos ovos” ?”

(Autor desconhecido)"

Repasse para os amigos que adoram Português!

Juntos Somos Fortes!


sexta-feira, 26 de abril de 2024

RJ: EXECUTIVO E LEGISLATIVO SOFRERÃO MUDANÇAS ?



O cidadão fluminense que acompanhou o noticiário político nos últimos meses foi levado a concluir sobre a possibilidade de ocorrerem significativas mudanças no Executivo e no Legislativo, diante dos escândalos relatados.

Noticiou-se inclusive a possibilidade do Estado do Rio de Janeiro ser governado pelo Presidente do Tribunal de Justiça, sendo convocadas eleições no prazo de 6 (meses).

Tal cenário só é possível no caso da cassação dos mandatos do governador, do vice e do presidente da ALERJ, uma possibilidade que não pode ser descartada, ao contrário, segundo as notícias.

Certo é que ocorrendo essas cassações não existirá mais nenhuma dúvida sobre o estágio de degradação da política fluminense, o que  exigirá da parte independente do eleitorado uma enorme mobilização para a promoção das mudanças.

Tais eleitores terão que ter a precisão dos 'snipes" para votarem em candidatos comprovadamente honestos e competentes.

Não será tarefa fácil, mas é a missão que precisa ser cumprida.

Juntos Somos Fortes!