Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

quarta-feira, 24 de junho de 2015

O MENOR INFRATOR, O QUE FAZER COM ELE?

Prezados leitores, o jornal O Dia publicou nessa quarta-feira um Editorial sobre a redução da maioridade penal.
A população clama pela redução da maioridade penal.
Faz isso como mecanismo de defesa, não suporta mais ser vítima dos menores infratores.
Não desconhece as péssimas condições do sistema socioeducativo, sabe que ninguém se recupera nesses centros que na verdade são depósitos.
A população tem conhecimento que a saída passa pelo oferecimento de uma educação pública de boa qualidade por parte do governo, mas isso não ocorre.
Sabe que campanhas públicas para a maternidade consciente também diminuiriam o problema, mas o governo também não faz essa parte.
Diante desse quadro atual existem duas opções imediatas:
- mantemos a situação atual e os menores continuarão furtando, roubando, ferindo e matando nas ruas.
- diminuímos a maioridade penal, encarceramos parte deles e aumentamos os problemas nos estabelecimentos penitenciários.
A população está claramente optando pela segunda opção.

Juntos Somos Fortes!

4 comentários:

  1. Claro que o investimento em educação é o principal meio de resolver os problemas do país! Todos concordamos com isso.
    Mas um tema não anula o outro...
    Em quase a totalidade dos países com sistemas educacionais exemplares a maioridade penal está em 16 anos ou menos.
    E, mesmo se fosse iniciado imediatamente um programa de pátria educadora verdadeiro no Brasil (não há nem sinal disso), começaríamos a ver os efeitos desse investimento somente em 15-20 anos.
    Precisamos atacar os problema de segurança já!
    Apoio a redução da maioridade já!

    ResponderExcluir
  2. Também apóio a redução da maioridade penal, Coronel.

    ResponderExcluir
  3. Então levemos os menores para casa... Se não há educação nem socioeducação eficiente, e também não se pode metê-los no xadrez, fazer o qu^? Matá-los. Ora, por este discurso bonitinho muitos trabalhadores estão até sendo mortos. Pera lá, tenha paciência!

    ResponderExcluir
  4. QUEM ÓPTA PELO CRIME TEM QUE SOFRER AS SANÇÕES, E NÃO SER ACARICIADO COMO QUEREM ESSES DEFENÇORES DOS DIREITOS HUMANOS. EU CONCORDO QUE NÃO RESOCIABILIZA, MAS PELO MENOS TIRA DO CONVIVIO SOCIAL POR UM LONGO TEMPO, E ATUALMENTE ENTRAM E SAEM COMO SE NÃO TIVESSEM FEITO NADA.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.