Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

terça-feira, 2 de junho de 2015

O FANTÁSTICO MUNDO DA GRANDE MÍDIA BRASILEIRA - JOÃO LEONARDO MEDEIROS

Prezados leitores, transcrevemos artigo do site Panorama Tricolor indicado por um leitor.

"O fantástico mundo… (por João Leonardo Medeiros) 
02/06/2015 



…da grande mídia brasileira: ainda sobre a Copa União de 1987 

Antes de ler a coluna abaixo, acredite: nada tenho contra o Flamengo. Os que me conhecem sabem que considero o Flamengo meu segundo time. Justifico a estranha preferência de maneira simples: enquanto não fizerem DNA, o Flamengo é filho legítimo do Fluminense. Não posso odiar um filho, por mais viciada que seja a vida que tenha escolhido. A coluna, na verdade, sequer trata do Flamengo. Seu tema é a capacidade de a grande mídia criar, sustentar e difundir uma inverdade. Esse tema interessa aos tricolores porque temos sido vítimas de tentativas semelhantes de construção de consensos, da produção de “verdades”, desde meados da década de 1970, pelo menos. O último caso, vivo ainda, é o de 2013, o famoso caso Lusamengo que certamente todos conhecem. 
***** 
Quem tem cerca de 40 anos possivelmente acredita piamente que o Flamengo, e não o Sport Recife, é campeão brasileiro legítimo de 1987. Antes da existência das redes sociais, não havia como opor a versão oficial sobre a esquisita Copa União de 1987. Nesta versão, o Flamengo estaria pleno de razão em recusar-se a cumprir o acordo que determinava o cruzamento do campeão da segunda divisão (chamado de Módulo Amarelo, segundo o regulamento do torneio) – no caso, o Sport – com o da primeira divisão (o chamado Módulo Verde) – o próprio Flamengo. Afinal de contas, que sentido faria o campeão da primeira divisão disputar o título brasileiro com o campeão de uma divisão inferior? 
Como disse, durante pelo menos uma década era praticamente impossível opor esta versão oficial. Hoje, mesmo a página da Wikipedia sobre o tema é suficiente para descaracterizá-la e são muitas as fontes de informação para aqueles que pretendem buscar a verdade e não a verdade-da-grande-mídia. Eu poderia aqui explorar os detalhes da descaracterização da versão oficial, mas vou me limitar ao ponto decisivo: nem o Módulo Verde abrigava times da primeira divisão nem o Módulo Amarelo abrigava equipes da segunda divisão. 
Isso é que importa para desnudar a fraude. Seguindo o regulamento do campeonato brasileiro de 1986, ficariam na primeira divisão praticamente todos os times DOS DOIS Módulos. Havia exceções nos dois grupos, aliás. Uma delas é digna de nota: o arauto da moralidade, o Botafogo, fora rebaixado em 1986, mas recorreu à justiça e à força política para assegurar sua participação no Módulo supostamente mais forte, prejudicando o Joinville. Isso mesmo tendo terminado o torneio de 1986 na fantástica 32ª posição. Sim, você não leu errado: o Botafogo foi o 32º de 44 times. O 44º foi o Coritiba, que também jogou o Módulo Verde de 1987, a autoproclamada primeira divisão. Por outro lado, no outro Módulo, além da equipe fortíssima do Sport, estava ninguém menos do que o vice-campeão de 1986, o Guarani. 




Mas, a imprensa martelou, desde que se deu a confusão com o Flamengo, que o Módulo Verde era a primeira divisão e o Módulo Amarelo a segunda. Na ausência de mídias populares, a “informação” logo foi transformada em versão oficial. Não era nem é verdade, claro, mas as tentativas de desmascará-las eram logo ridicularizadas, passando a imagem de seus autores como velhacos, palhaços, mentirosos. Nós vimos muitos jornalistas tentarem fazer isso conosco, tricolores, no episódio Lusamengo. Não conseguiram porque, hoje, temos meios para opor, com custos, a fábrica de produção de consensos. Mas e em 1987? E em 1997? 
O caso foi parar na justiça. O Flamengo perdeu em todas as instâncias, da primeira ao STJ. Em tese, pararia por aí, porque ninguém em sã consciência poderia imaginar que, num país com os problemas do Brasil, a corte suprema – no caso, o STF –, atolado de processos da mais alta relevância, interromperia sua atividade-fim (julgar afrontas à Constituição do país) para lidar com um tema absolutamente irrelevante para os rumos da nação: um jogo, nada mais do que um jogo. Mas a ministra do STJ Laurita Vaz parece gostar de futebol e viu no tema relevância suficiente para ser encaminhado à mais alta corte do país. 
Pare para pensar: a tragicomédia da farsa montada pela grande mídia mobilizou a principal corte do país. E pior, não resta a menor dúvida de que o STF vai legitimar a versão da mídia. Vejam o perfil do juiz, Marco Aurelio Mello, que vai decidir o caso, divulgada no próprio site do Flamengo: 
Juiz Marco Aurélio 
Vejam a notícia de que ele vai decidir o caso, e que vai fazê-lo sozinho, sem direito a recurso (a não ser ao papa): 
Juiz Marco Aurélio II 
O pior vai ser aturar a comemoração do título de 1987, sem contar os jornalistas todos dizendo que a justiça declarou o que todo mundo já sabia. Disso tudo, entretanto, penso apenas o seguinte: se eles fazem isso no campo esportivo, imagine o que não fazem no campo da política. 
***** 
Essa coluna é uma homenagem ao America Football Club, a verdadeira vítima da farsa de 1987. Se tivesse algum resquício de lisura, a grande mídia teria pelo menos contribuído para redimir o único time que, abertamente, recusou-se a fazer parte da palhaçada de 1987, pagando com isso um custo caríssimo (que deveria ser, na verdade cobrado do Flamengo e do Internacional): o rebaixamento ao inferno, quando o inferno era quente demais para ser suportado. Caso venha a sofrer uma crise terminal – o que espero não assistir em meus dias de vida –, que seja o America eternamente lembrado como mártir do futebol brasileiro. 
Panorama Tricolor 
@PanoramaTri 
Imagem: globo/youtube

Juntos Somos Fortes!

25 comentários:

  1. É realmente uma vergonha que tal caso seja julgado unicamente (sem direito a recurso) no STJ pelo tal juiz Marco Aurélio Mello. Não deixem de entrar nos dois links que estão no texto, para verificar o perfil do "roubo-negro doente" escolhido para tal decisão. Lembrando que em TODOS julgamentos prévios o Sport foi declarado único campeão de 1987...

    É mesmo uma vergonha esse nosso país, e essas nossas autoridades, e essa nossa imprensa!

    ResponderExcluir
  2. Mas o América estaria reclamando do que ao ir para o Inferno? Não são eles mesmos que se autoproclamam os diabos rubros? Agora: um jogo de futebol ir parar na Suprema Corte, só aqui nessa bruzundanga tupiniquim mesmo, haja saco...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o caso lusaflu fosse para o STF o flu iria se f......

      Excluir
  3. Peraí peraí ta faltando muita coisa mas muita coisa nesse texto, principalmente os regulamentos pois o modulo verde era discidente pois o clube dos 13 estava brigado com a cbf entao na verdade conecaram dois campeonatos paralelos copa uniao e campeonato brasileiro esse tal cruzamento foi colocado no meio do campeonato é só dar uma pesquisadinha e o Flamengo não entrou em campo pq todos os times grandes assinaram pra não entrar inclusive o seu fluminense na verdade o Flamengo cumpriu a decisão do clube dos 13 quanto ao fato desse recurso não tem nada a ver com a decisão anterior tem a ver com a decisão da cbf que proclamou o Flamengo campeão junto com o sport no mesmo ano que doaram dois títulos ao fluminense o tal Robertâo que deram status de brasileirão, então mais uma vez o sport recorreu da decisão e adivinha quem deu ganho de causa ao sport? Um juiz pernambucano torcedor do sport. Mas como sempre todo tricolor só ve os fatos contra o Flamengo campeão de 1987 no campo mas eu sei pq os tricolores acham que o campeao É o sport, pelo simples fato dos dois times recorreram ao tapetão pra fazer valer outro resultado que não o dentro de Campo e so pra constar nem campeão o sport foi pois o jogo com o Guarani terminou empatado e na decisão por pênaltis também terminou empatada então o sport é o campeao na base do pedra papel tesoura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dentro de campo o campeão foi o Sport Recife, que venceu o Guarani, vice-campeão brasileiro do ano anterior, cumprindo o regulamento.

      Não tem nada de Clube dos Treze bancou não participar do cruzamento. Quem bancou foi a Globo e a Coca-Cola, que inventaram a treta e tinham que levar a mentira de que aquele era o único campeão brasileiro atá o final para não serem desmoralizados.

      Tentaram virar a mesa na mão grande, como sempre, fazendo um campeonato da panela e deixando dois semifinalistas do ano anterior de fora. Só que tiveram que assinar o regulamento. Aliás, foi Eurico Miranda quem assinou o regulamento, obrigando ao cruzamento.Se não o fizesse, a CBF poderia ser obrigada a ter que parar a Copa União, que era ilegítima.

      Em vez de reproduzir esse conto da carochinha, procura saber da verdade, que é mais digno.

      Excluir
    2. Você falou tudo. Procure a verdade. Se afaste de Eurico Miranda. Nele não existe verdade alguma.

      Excluir
    3. Mulambo, se informe antes de falar tantas besteiras...
      Eis os resultados dos jogos do quadrangular final de 1987:

      24/01/1988 - Sport Recife W x O Internacional - Ilha do Retiro (Recife)
      24/01/1988 - Guarani W x O Flamengo - Brinco de Ouro (Campinas)
      27/01/1988 - Sport Recife W x O Flamengo - Ilha do Retiro (Recife)
      27/01/1988 - Guarani W x O Internacional - Brinco de Ouro (Campinas)
      30/01/1988 - Guarani 1 x 1 Sport Recife - Brinco de Ouro (Campinas)
      07/02/1988 - Sport Recife 1 x 0 Guarani - Ilha do Retiro (Recife)

      Todas essas partidas estavam previstas no regulamento assinado pelos clubes. Todas essas partidas tiveram trio de arbitragem. Todas essas partidas, à exceção de Guarani x Internacional, tiveram ingressos vendidos.

      Sport foi o legítimo campeão DENTRO DE CAMPO e todas as tentativas de virada de mesa, via tapetão, foram promovidas (sem sucesso) pelo roubo-negro da lagoa.

      Excluir
  4. Vejam (no site do Flamengo) o juiz que julgará dará o veredito sobre o caso:

    http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/2979/ministro-do-stf-deixa-toga-de-lado-para-comentar-futebol?hc_location=ufi

    ResponderExcluir
  5. Aí vem aquela perguntinha básica com tanto poder que o Flamengo tem será que o stjd rebaixaria o Flamengo caso a lusa não tivesse escalado o heverton? Afinal vcs tem que decidir se o flamengo é forte ou nao nos bastidores as duas coisas nao da pra conceber eu particurlamente creio que o stjd não teria peito de tirar 4 pontos do flamengo sozinho mas como vcs tricolores acreditam em tudo

    ResponderExcluir
  6. Isso é uma sujeirada a mais de torcedores odiosos , que até fingem gostar do flamengo. Todos os times do clube dos treze assinaram e o flamengo e o internacional honraram o compromisso. Depois que o flamengo ganhou eles recuaram no compromisso honrado e até hoje o desonram. Não se esqueçam que a CBF era comandada por Ricardo Teixeira conora quem os clubes brigavam. Honrem seus compromissos.

    ResponderExcluir
  7. E muita covardia. Esse texto está repleto de falsidades. Pura inveja. Puro rancor. Descomprometido com a justiça e a legalidade.

    ResponderExcluir
  8. Se o fluminense ganhasse a Copa União teria jogado com o vencedor do outro módulo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala, Pitonisa. Quais vão ser os números da Mega-Sena dessa semana? Solta aí porque está acumulada.

      Excluir
    2. 1987 - Tentativa de tapetão na famosa Copa União
      Ao contrário do que muitos insistem em dizer, o regulamento do Campeonato Brasileiro de 1987 previa, sim, o quadrangular final da competição, com os dois finalistas de cada módulo (que viriam a ser Flamengo, Internacional, Sport Recife e Guarani). No dia 15 de janeiro de 1988, o Flamengo convocou o Conselho Arbitral para tentar modificar o regulamento com o Campeonato em andamento, e ser declarado campeão brasileiro. O clube obteve maioria dos votos, mas para modificar o regulamento era necessária a unanimidade, e cinco clubes votaram contra a mudança. Os jogos do quadrangular final aconteceram, com venda de ingressos e presença dos árbitros. Flamengo e Internacional não compareceram, perdendo suas partidas por W.O.. O Sport Recife venceu o Guarani e sagrou-se campeão brasileiro. Meses depois, Sport Recife e Guarani foram os representantes brasileiros na Copa Libertadores da América. O troféu do Campeonato Brasileiro de 1987 está, até hoje, na Ilha do Retiro. O Flamengo ainda se considera o campeão brasileiro daquele ano, a despeito do reconhecimento do Sport Recife pela CBF. A história está contada com detalhes e provas em "A verdade sobre 1987"(http://jornalheiros.blogspot.com.br/2011/02/verdade-sobre-1987.html). Dois anos depois, o Coritiba abandonou o Campeonato Brasileiro de 1989 e foi punido com uma suspensão de um ano e o rebaixamento para a segunda divisão.
      (do site jornalheiros)

      Excluir
  9. A Copa União começou em 11 de setembro de 1987. No dia 15 de janeiro de 1988 (4 meses depois!), o Flamengo convocou o Conselho Arbitral para tentar modificar o regulamento com o Campeonato em andamento. Até obteve maioria dos votos, mas para modificar o regulamento era necessária a unanimidade. 5 clubes votaram contra a mudança. Entre eles... o Fluminense.
    Portanto, mulambos, respondendo a pergunta de vocês: caso fosse vencedor do módulo verde da Copa Unão, o Flu teria SIM, jogado a final.
    E, mesmo os clubes que votaram favoráveis à mudança do regulamento após o torneio ter sido jogado em sua quase totalidade, sabiam que a mudança não tinha sido aprovada. Portanto, não jogando estariam descumprindo o regulamento e sujeitos às punições previstas no mesmo.
    Tapetão foi o não rebaixamento do Flamengo e do Internacional para a Série B de 1988.

    ResponderExcluir
  10. O flamengo ganha a final contra o internacional. E depois joga de novo podendo fazer outra final contra o internacional. Só na cabeça de bagres tricoletes.

    ResponderExcluir
  11. O flamengo teve medinho do Sport e não quis encará-lo na grande final.
    Aí tentou levar o título no tribunal, porque, afinal de contas, jogo se ganha no ....... tapetão.

    ResponderExcluir
  12. https://www.youtube.com/watch?v=WSi91pRnKE0 a explicação ta aí eu nem sei quem foi o campeo do modulo amarelo pra que se fizesse o cruzamento kkkkk alguem sabe dizer quem foi?? e outra eu nao preciso que uma entidade reconheça o obvio pra que eu aceite graças a Deus eu sou um ser pensante e tiro minhas proprias conclusoes o fato é que nao se pode ser campeo sem enfrentar ao menos um time descente fato, so pq a cbf viu que fez besteira e quis voltar atras e fazer o campeonato nao quer dizer que ela esta certa ela pode dizer o que quiser reconhecer quem quiser mas dentro de campo o que se viu foi flamengo campeao e inter vice que jogaram o verdadeiro campeonato brasileiro o resto é conversa fiada e lenga lenga jurídica,

    ResponderExcluir
  13. Preocupada com mais um barraco jurídico a enlamear o futebol brasileiro a FIFA resolveu fazer uma pesquisa com todos os envolvidos. Enviou a cada uma das partes do imbróglio uma carta com a seguinte pergunta:

    “Honestamente, qual é a sua opinião isenta sobre o título de campeão brasileiro de 1987 da primeira divisão de futebol reivindicado na Justiça Comum pelo Sport Club Recife?”.

    A pesquisa foi um grande fracasso. Por quê?

    A imprensa esportiva não sabia o que era opinião isenta. A Justiça comum não sabia o que era futebol. E a CBF pediu maiores explicações sobre o significado do termo honestamente.

    Pra completar, o Flamengo não sabia o que era Sport Club Recife e nem CBF. E o Sport até agora não respondeu a carta porque ainda não sabe o que é um título de Primeira Divisão. kkkkkk só pra colocar um pouco de humor

    ResponderExcluir
  14. http://prntscr.com/7cqe14 uma imagem vale mais do que mil palavras

    ResponderExcluir
  15. O Anônimo acredita na flapress, aquela mesmo que noticiou que o André Santos não jogaria contra o Cruzeiro porque estava suspenso, mas, na hora e depois da partida, "esqueceu" e não noticiou que ele jogou irregular.

    Ele se faz de idiota, mas na verdade é só um mulambo querendo fazer barulho.

    ResponderExcluir
  16. O Flamengo é o legítimo campeão de 1987. Sou Botafogo, sou contra a Flapress mas não posso deixar de reconher o mérito deles.

    Também sou contra essa história de rebaixamento dos grandes clubes. Está mais do que na hora de SE CRIAR UMA LIGA NACIONAL DE FUTEBOL e mandar a CBF e as federações às favas.

    ResponderExcluir
  17. agora sim esse blog ficou bom chega de pm ficar aqui chorando porque foi chamado de juruna, o of.QOA,resmungando porque virou babá de of.QOC. É SERÁ SEMPRE UMA SARGENTÃO!! AGORA FICOU IGUAL AO militar legal só flu. e nibiru,fim do mundo. vascooooo!!! em qualquer! divisão .

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.