Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

domingo, 22 de novembro de 2015

"O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" - MUDANÇA DE PROMOTOR


Prezados leitores, recebemos de um amigo o link para a matéria da Folha de São Paulo que trata do afastamento do promotor Roberto Senise Lisboa, por suspeitas de receber "propinas" (Link).
Ele será substituído por outro promotor na condução do Inquérito Civil Público que apura os fatos insólitos que ocorreram na última rodada do Brasileirão 2013.
As investigações estão sendo feitas pelo GAECO e não acreditamos que a substituição poderá prejudicar a elucidação dos fatos.
Nós continuaremos acompanhando e cobrando os resultados das investigações.

Juntos Somos Fortes!

16 comentários:

  1. Coronel, não acho que a conclusão do caso FlaLusagate vá demorar por causa disso.

    Isto porque a investigação foi passada há um bom tempo para o GAECO.

    GAECO - GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO

    GAECO é um órgão que se destina a investigação e combate ao crime organizado e controle externo da atividade policial, promovendo as ações penais pertinentes.

    É composto por membros do Ministério Público, Polícia Civil, Polícia Militar e Secretaria de Fazenda, designados e integrados em Grupo.

    http://www.gaeco.mppr.mp.br/

    ResponderExcluir
  2. Tomara que o novo tenha mais vontade de apurar os fatos e dar prosseguimento ao processo do que o anterior, que parecia mais interessado em fazer média com a população do seu estado e dar entrevistas.

    ResponderExcluir
  3. Coronel, eu havia publicado, há meses, aqui, na área de comentários deste blog, um link para uma reportagem que afirmava que o Roberto Senise estava sendo investigado. O motivo, obviamente, era o mesmo que o afastou do cargo. Ninguém deu muita importância na época.

    Pesquisem, por favor, no Google. A matéria é de poucos anos atrás.

    ResponderExcluir
  4. Coronel,
    A reportagem do link diz que o Senise foi afastado, mas não deixa claro como ficarão os processos que estavam com ele. O risco é não passarem para ninguém é aí parar de vez!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não existe chance disso acontecer. O ICP será transferido para outro promotor. Fique tranquilo.

      Excluir
  5. Na verdade, como vascaíno que sou, me sinto indignado com toda esta sujeira, eu e meus amigos vascaínos, sabemos muito bem que todo o esquema é pró urubu, mas se naquele jogo no estádio lá em joinville o Dinamite fizesse a parte dele não deixando o time jogar, e depois através da justiça impedisse a realização do brasileirão de 2014, aí sim, alguma coisa poderia ser feita, mas eu me pergunto, o que conversavam durante aquela uma hora de paralisação do jogo, o assunto era a partida Vasco e atlético ou o assunto era uma entrega que salvaria o time preferido da globo? Eu não gosto do estilo Eurico, mas o Dinamite foi colocado no Vasco com todo apoio da globo, logo, estou totalmente desestimulado com o nosso futebol e suas maracutaias entende? Tenho uma família pra cuidar e não tenho a mínima condição de lutar contra um sistema tão afundado em maracutaias.
    Para finalizar, deixo uma questão, eu sou policial militar em Brasília à 24 anos, sempre escutei a lorota de que a segurança dentro dos estádios não deveria ser de responsabilidade da PM, uma vez que é um evento particular, que gera lucros, mas em nenhum momento eu vejo os jogos sem a presença da Polícia Militar, por que justamente naquele jogo lá em joinville não teve o policiamento adequado?

    ResponderExcluir
  6. Samuel contra o Bahia26 de novembro de 2015 17:49

    Cícero Lemos traz uma questão que desde o início do caso flamelusa eu coloquei nas redes sociais.

    Aquele fim de semana foi estranho não apenas pela imprensa não ter noticiado a escalação do André Santos e a Portuguesa ter escalado o Héverton, salvando o urubu.

    Houve também o jogo do Vasco em Joinville.

    Não se sabe quem começou a porradaria, nem se a polícia poderia ter evitado.

    O que se sabe é que não havia a menor condição de jogo, até porque havia preocupação com parentes de jogadores assistindo a partida na arquibancada.

    Passou-se a hora regulamentar e pela lei o jogo estaria suspenso.

    Mas o jogo foi reiniciado.

    Nesse meio tempo, Héverton entrava em campo.

    ResponderExcluir
  7. Ou seja o vascaino quer voltar a ser rei do tapetao como na década de 90. Mas reclama dos que são hoje. Santa hipocrisia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Vasco? Essa eu nunca ouvi! E eu não sou vascaíno, caso queira saber. Pontualmente, temos Grêmio e Botafogo e, claro, historicamente, Flamengo e Corinthians. Agora, tapetão, que dizem significar tribunal, não é bem o caso desses últimos dois. É mais ao estilo do caso Heverton mesmo.

      Excluir
    2. Tá bom. Não é vascaino. Veja como o Edmundo jogou a final de 1997. Veja como o Eurico mudou a rodada do carioca de 1994.
      Veja como conseguiu passar de fase em 86.
      Veja como foi a reversão Do campo em 1974.
      O Flamengo é tão forte no tapetao que segundo vcs teve que subornar a portuguesa. Decide se é forte no tapetao ou não.

      Excluir
  8. Coronel Paul, se o Vasco não voltasse pro jogo, certamente o caso iria pro STJD e uma outra partida seria marcada, só que de portões fechados.

    Nesse momento ele já saberia que precisava só vencer pra ficar na Série A, pois flamengo e Lusa perderam os pontos.

    Se o Vasco ganhasse, empurraria o urubu pra degola.

    A lambança mulamba teria salvo Fluminense e Vasco. Imagine o clima dentro da Gávea se isso acontecesse: o clube rebaixado e seus dois principais rivais na primeirona, graças a um erro seu e uma maracutaia que no final não era necessária.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O vasco iq pegar WO e estaria na segunda assim mesmo. O árbitro que decide se continua ou não.
      A globo na transmissão queria a mesma coisa que em 2000 o fim do jogo. Arnaldo César Coelho passou o tempo todo pedindo a paralisação do jogo. Mqs vem cá, quem garante que o Vasco não armou aquela confusão toda ja que é irmão do clube luso

      Excluir
    2. O regulamento do campeonato diz que se o jogo ficar interrompido por mais de uma hora por problemas de segurança, como aconteceu em Joinville, o jogo é cancelado e uma nova partida será marcada.

      Não tem nada de WO.

      Se o Vasco tivesse conchavo com a Lusa, aí sim é que o time não voltaria a campo naquele dia.

      Parece que foi a Globo que insistiu muito para que a partida fosse reiniciada.

      O Vasco não brigou naquele momento pela paralisação, não brigou pela apuração do caso Flamenguesa, que acabou rebaixando o bacalhau, e agora quer que o Fluminense ganhe dos outros, pra salvá-lo do rebaixamento?

      É melhor pedir pro Rubinho.

      Excluir
    3. http://cdn.cbf.com.br/content/201507/20150709151218_0.pdf

      REGULAMENTO GERAL DAS COMPETIÇÕES DA CBF

      CAPÍTULO III
      DAS DISPOSIÇÕES TÉCNICAS

      Art. 19 – Uma partida só poderá ser adiada, interrompida ou suspensa caso ocorra, pelo menos, um dos seguintes motivos:
      VII – fato extraordinário que represente uma situação de comoção incompatível com a realização ou continuidade da partida.
      § 1º – Nas hipóteses previstas neste artigo, a partida interrompida poderá ser suspensa se não cessarem os motivos que deram causa à interrupção no prazo de trinta (30) minutos, prorrogável para mais trinta (30) minutos, se o árbitro entender que o fato gerador da paralisação da partida poderá ser sanado.

      Como o jogo ficou mais de uma hora paralisado, poderia ter sido interrompido SIM. Não tem nada de WO.

      Imagine os jogadores que tinham famílias assistindo na arquibancada, como eles estavam se sentindo pra jogar?

      Excluir
    4. Então vc não assistiu o jogo. Arnaldo Cesar dizendo que não tinha condição de jogo igual a 2000. Fato querido.
      Mais uma vez quem decide é o árbitro. O jogo de ontem começou com 1h e 15 de atraso. Era so o Santos sair qie ganharia os pontos.
      Quanto a confusão. O vasco contava em ganhar os pontos no tapetao como tentou nos tribunais e não conseguiu. Se terminasse o jogo ali e ganhasse os pontos no tapetao estatia salvo. Mas na realidade onfato e que vasco e portuguesa caíram merecidamente. O resto é conversa fiada de torcedor querendo ir na onda de promotoe corruptos que nada provou.
      Ha, o vasco lutou sim pela paralisação da partida efusivamente. Vc como vascaino deveria saber disso. Ou esta escondendo algo pra limpar a barrra do time da colina. Minha perguntas sobre o rapetao vascaino do passado não foi respondida

      Excluir
  9. Samuel contra o Bahia28 de novembro de 2015 16:47

    Boa tarde, Coronel Paúl.

    Um ponto interessante desse jogo do Vasco em Joinville é que, apesar de interrompido pela confusão, a TV continuou transmitindo, mesmo acontecendo simultaneamente Bahia x Fluminense.

    Ficou mais de uma hora filmando juízes e cartolas discutindo e de vez em quando passavam os gols da rodada, inclusive o gol do Samuel contra o Bahia, que deu a classificação pro Tricolor.

    Não sei qual foi o motivo da TV do Rio não ter passado a transmitir o jogo do Fluminense, até porque poderia voltar a qualquer momento para Joinville.

    Suponho que tenha sido para pressionar o Vasco a reiniciar o jogo, para a partida não ser suspensa.

    Porque se fosse, como bem escreveu o Alberto Dias acima, bastaria o Vasco vencer o novo jogo pra afundar o urubu.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.