BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

terça-feira, 7 de abril de 2015

A GOTA QUE TRANSBORDA O COPO - VLADY OLIVER


Prezados leitores, no dia 12 de abril (domingo) temos um encontro nas ruas do Brasil.
Transcrevemos artigo recebido por e-mail:

"Blog do Jornalista Augusto Nunes
04/04/2015
18:32 \ Opinião
A gota que transborda o copo
VLADY OLIVER
Jornalista que não sou, posso fazer minhas ilações sem ligar pra ninguém e perguntar se estou certo no que estou dizendo, não é mesmo? O fato é que há um furo em tudo isso que está sendo dito e afirmado pelo jornalismo “conservador”, do qual nosso dileto mausoléu redecorado é um de seus principais expoentes. Para toda essa verborragia fazer sentido, faz-se necessária uma condição inicial inerente deste processo, que seria a LISURA das eleições de outubro passado. Quem põe a mão no fogo por elas? 
Sou um físico bissexto. Aprendi a olhar uma tabela ou um gráfico e tentar extrair a essência do que ali está representado. Posso afirmar que fui um dos primeiros comentaristas deste nobre espaço de contendas a desconfiar fortemente das tais “bocas de jacaré” que apresentam as pesquisas de opinião, forçosamente convergindo para os resultados reais nos últimos dias, para enganar os incautos em todas as eleições fraudadas. 
Até aí estamos falando somente de fraudes em pesquisas. O que aconteceu em outubro transcende em muito as mais conservadoras suspeitas. O que aconteceria se efetivamente os resultados daquela eleição tivessem sido fraudados? Primeiro a rejeição seria absolutamente maior desde aquele ponto. Maior o suficiente para dar a vitória ao perdedor. A sensação da fraude, no entanto, seria mais um fator a incrementar essa rejeição inicial aos níveis que estamos vendo hoje. 
Sinceramente? Não acredito numa simples “mudança de lado” de toda uma população que “supostamente” deu a reeleição à mamulenga aboletada naquela cadeira, em tão pouco tempo. A rejeição já existia é só foi solenemente maquiada com o resultado fraudado pela tal bolivariana Smartmatic. Esse voo de galinha não tem caixa preta? Não dá pra avaliar a altura em que o copiloto vagabundo ajustou o voo, trancado na cabine da apuração, para essa queda tão espetacular? 
O Brasil é tão sem vergonha na cara que qualquer ilação fica pequena diante da realidade oferecida por essas múmias do serviço público que nos roubam diariamente. Temos um supremo de frango, que não está à altura do tamanho do julgamento que terá pela frente. Há uma nação assaltada por uma gangue e um ajuntamento de togados afirmando que os bandidos já ficaram “presos para averiguação” por tempo demais. 
É um escárnio com quem de fato paga a conta deste descalabro. Como defender, por exemplo, uma empresa que nos oferece a gasolina mais cara do planeta? Será a petroleira vendida como ferro velho para magnatas chineses ou o tal “empréstimo” de olhinhos fechados não passa de um repatriamento de grana suja, alegremente movimentada entre os parceirinhos de comunismo, mundo afora? A dona parou em Portugal para ir ao caixa eletrônico, antes de desembarcar na ilha-prisão; alguém aqui se lembra? 
A escandalosa participação de todos estes quadrilheiros irmanados pode alimentar ainda mais a sensação de deriva institucional que estamos vivendo. Eles farão cara de paisagem conosco, logo após o dia 12. Também recebi o “recado” dado pelo vagabundo que responde por aquela secretaria pilantra, de que eles não vão tolerar a cobertura das tevês ao manifesto do dia 12. É guerra, meus caros. Essa gente não vai sair do palácio que afanaram sem trocar tiros com a segurança e com a polícia. 
É isso que dá entregar a nossa combalida democracia a um bando de bandidos, terroristas, fundamentalistas e carcamanos. Me parece pouco o que aconteceu até o momento. Duvido que não estejam se preparando para uma dissimulação ainda maior. Eu não acredito neste país, meus caros. Não acredito neste governo. Não acredito na oposição. Não acredito no copiloto, que se fechou na cabine de apuração em outubro. Mas o boeing está caindo". 

Juntos Somos Fortes!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.