Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

terça-feira, 7 de julho de 2015

BLOGUEIRO QUE ACUSAVA O FLUMINENSE FOI PRESO?

Prezados leitores, hoje recebemos a notícia que transcrevemos no artigo. 
O tal blogueiro é o "Paulinho"? 
O responsável pelo "Blog do Paulinho"? 
Aquele que acusava o Fluminense e a UNIMED no caso do escândalo do Brasileirão 2013? 
Aquele que ofendeu o organizador desse blog em um vídeo? 
Aquele que foi usado como referência por alguns torcedores do Flamengo que comentam no nosso blog? 



"UOL Esporte 
Blogueiro é preso por difamar advogado de Luxemburgo e Joaquim Grava
Diego Salgado e Pedro Lopes
Do UOL, em São Paulo
06/07/2015
O blogueiro e jornalista Paulo Cezar de Andrade Prado, conhecido como Paulinho, foi preso na tarde desta segunda-feira, em São Paulo, por difamação contra Antonio Carlos Sandoval Catta Preta, advogado do técnico Vanderlei Luxemburgo e do médico Joaquim Grava. 
O mandado de prisão foi expedido em outubro do ano passado, mas Paulinho só foi detido nesta segunda, após meses foragido. O jornalista e blogueiro está preso na 34º DP, na Vila Sônia, zona oeste de São Paulo. Não cabe recurso à decisão do juiz José Zoéga Coelho. A ação penal foi promovida pessoalmente por Catta Preta. 
Segundo o advogado, Paulinho foi processado diversas vezes por ele em nome dos seus clientes. Catta Preta explica que obteve êxito em todas as ações e por isso acabou atacado por Paulinho em alguns textos do seu blog. A reportagem entrou em contato com pessoas próximas ao jornalista. Um deles mostrou muita preocupação com o fato. 
"Foram vários processos. Do Milton Neves, do Dr, Joaquim Grava, do Luxemburgo. Quando ganhei, ele passou a me atacar como advogado, no blog dele. Resolvi processá-lo pessoalmente. Entrei com uma queixa-crime contra ele por difamação, ele foi condenado e apelou, mas o tribunal confirmou a decisão", disse o advogado. 
Paulinho foi condenado a 15 meses de prisão, e regime semi-aberto. "Ofensa irrogada em página virtual por conhecido blogueiro. Condenação à pena privativa de liberdade no regime semi-aberto, sem direito a benefícios. Réu com múltiplos antecedentes e mais de uma vez reincidente específico", diz o resumo da decisão. 
Paulinho também foi processado recentemente pelo presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar. O processo, porém, não foi julgado. "O meu, não. O meu é decisão transitada e julgada. Tinha mandado de prisão expedido contra ele, sem recurso", explicou Catta Preta". 

Juntos Somos Fortes!

16 comentários:

  1. Realmente, uma referência para a mulambada... vamos lá, mulambos... apoiem o condenado, vão no 34º DP levar revistas e cigarros(mas não "aqueles", hein?).

    ResponderExcluir
  2. Coronel Paul foi preso em Bangu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro anônimo, situação muito diferente.
      O Coronel PM Paúl foi ilegalmente (duas vezes) por ser inimigo do governo em razão da sua luta em defesa da PM e dos PMs.
      Uma prisão foi disciplinar.
      A outra preventiva.
      Não foi punido disciplinarmente e nem condenado judicialmente.
      Não misture azeite e água.

      Excluir
    2. E muitas pessoas foram condenadas no passado, por serem contra a escravidão. Eles eram pessoas sem caráter? Muito pelo contrário.

      Excluir
    3. A mulambada comparando a prisão do cara com prisão de pessoas que lutaram contra a escravidão! Estão cada vez mais divertidos! Parecem a Dilma comparando a delação premiada da Lava Jato aos delatores da época da ditadura! kkkkk

      Excluir
  3. Era esse cara que propagava centenas de ligações da Unimed pra diretoria da Lusa antes mesmo do julgamento do Héverton? Eu ficava me perguntando se o Celso Barros era vidente...

    ResponderExcluir
  4. Samuel contra o Bahia8 de julho de 2015 18:33

    Boa noite, Coronel Paúl.

    Esse Paulinho era a referência daqueles que vinham rebater os argumentos que nós Tricolores levantamos durante a luta para desvendar o caso Flamelusa.

    Enquanto nós apresentávamos fatos, os outros mostravam artigos do Paulinho fazendo todo tipo de insinuação, sem prova alguma.

    Se o advogado Osvaldo Sestário tietou o Fred e pediu pra tirar uma foto, Paulinho escrevia: Fluminense culpado de alguma coisa, de apelar pro tapetão ou de comprar a Lusa.

    Se os ex-cartolas da Lusa se reuniram com o pessoal da UNIMED, talvez pra tentar algum patrocínio pro clube ou implantar assistência médica pros jogadores, Paulinho escrevia: Fluminense culpado de alguma coisa, de apelar pro tapetão ou de comprar a Lusa.

    Quando o Ilídio Lico falou recentemente aquelas bobagens, ele rapidamente se vangloriou: “Eu já havia avisado que a UNIMED comprou a Lusa”. Mesmo depois que as pessoas perceberam a idiotice que foi falada, quando até o ex-cartola voltou atrás, ele continuou acusando o Fluminense.

    Quero ver agora a cara dos que viam o Paulinho como guru, agora que ficou provado que ele faz "jornalismo SEM credibilidade".

    Acho que ele vai aproveitar pra fazer uma reportagem na cadeia, pra preparar a chegada dos amigos que virão depois que o caso Flamenguesa for resolvido.

    ResponderExcluir
  5. Coronel, o senhor está moderando os comentários, ou os flamenguistas estão com vergonha de comentar?

    ResponderExcluir
  6. Os comentários dos tricolores são contra a pessoa, não contra os fatos. Ataquem os fatos.

    ResponderExcluir
  7. O coronel Paul é o Eurico Miranda são parecidos. Eles sabem que falar do flamengo dá ibope.

    ResponderExcluir
  8. 1) O cara é condenado por atacar a honra de pessoas altamente probas, como Vanderlei Luxemburgo, Milton Neves, além do nobre Catta Preta.
    2) Essa condenação o desqualifica enquanto apurador e denunciante.
    3) Logo, fica cada vez mais evidente que o Flamengo (ou algo ligado a ele) é o terrível culpado de tudo.

    Cada vez mais interessante notar o poder que tem o clubismo...

    Q tudo seja apurado.

    SRN



    ResponderExcluir
  9. Coronel, por falar em Sestário, veja a matéria que o site Extra (Globo) publicou em 27/12/2013.

    Nela há insinuações que o procurador-geral do STJD Paulo Schmitt e Osvaldo Sestário, na época advogado da Portuguesa, estariam tramando para prejudicar o casal Flamenguesa e beneficiar o Fluminense.

    O título já diz tudo:

    “Era só um choppinho? Paulo Schmitt e Osvaldo Sestário, protagonistas do caso Héverton, são flagrados em restaurante”

    http://extra.globo.com/esporte/brasileiro/era-so-um-choppinho-paulo-schmitt-osvaldo-sestario-protagonistas-do-caso-heverton-sao-flagrados-em-restaurante-11161588.html#ixzz3fQSvHg00

    Gostaria de perguntar a esse veículo de comunicação por que tentar adivinhar o que aconteceu naquele encontro (ocorrido pelo menos 20 dias antes do caso Flalusagate, segundo o procurador), como se fosse uma cartomante vidente ou uma pitonisa, mas se esquecer de noticiar que o jogador André Santos jogou em condições irregulares contra o Cruzeiro.

    No dia anterior à partida, os sites do Extra, Globo, Lance e UOL informaram que André Santos não poderia jogar.

    No Maracanã havia uma centena de jornalistas. Tenho certeza de que pelo menos um deles percebeu que o jogador estava irregular.

    Teve até um internauta que escreveu na área de comentários do Lance e outros também postaram no Twitter.

    Mas "deu branco na imprensa” e nenhum jornalista escreveu nada sobre o assunto.

    Mas sobre o choppinho todo mundo quis escrever.

    Minha opinião é: o primeiro crime do caso Héverton ocorreu no meio do jogo Flamengo x Cruzeiro: omissão e ocultação da notícia por parte da imprensa esportiva da escalação irregular do jogador André Santos.

    A corrupção e o suborno aconteceram depois e foram conseqüência daquele primeiro crime.

    Outros vieram na seqüência, como desviar o foco do assunto “André Santos” e conduzir a opinião do público contra o Fluminense.

    ResponderExcluir
  10. O fluminense vai envergonhar muita gente nesse blog que defende a inocência tricolor. Vão se esconder no esgoto do futebol de onde nunca deveriam ter saído.

    ResponderExcluir
  11. João Paulo Munhoz11 de julho de 2015 18:38

    Boa noite, Coronel Paúl.

    Se não tivesse dado "branco" na imprensa esportiva, teria sido a maior BOMBA!!!!. O maior furo jornalístico esportivo da década, contar que o André Santos jogou irregular, pois isso mexeu com a tabela (flamengo poderia ficar com menos 4 pontos, como realmente ficou), dando a chance que outros times o ultrapassassem na classificação final do campeonato.

    Que domingo! Que última rodada eletrizante: as transmissões de rádio e TV naquela tarde anunciando que Vasco, Coritiba e Fluminense poderiam escapar da segundona, bastando vencerem os seus jogos.

    A audiência iria triplicar. Todos os programas esportivos iriam bombar debatendo se o flamengo poderia perder pontos mesmo ou não. Especialistas seriam chamados e todo mundo iria assistir TV, ouvir rádios, ler jornais e navegar na Internet.

    Obviamente, cientes desta informação, outros clubes tomariam cuidado para não cometerem o mesmo erro na escalação, incluindo a coitadinha da Portuguesa, que permaneceria na 1ª divisão, firme e forte, vendo de longe o circo pegar fogo.

    ResponderExcluir
  12. Samuel contra o Bahia13 de julho de 2015 02:16

    Coronel, imagine se ocorresse a seguinte situação:

    Jogo Fluminense x Cruzeiro no sábado à noite. O Fluzão, já classificado na série A, escala um jogador que os sites haviam anunciado no dia anterior que não poderia jogar por estar suspenso.

    Com essa escalação irregular, o flamengo poderá ganhar a vaga do Tricolor, se o clube da praia do Pinto vencer o seu último jogo no dia seguinte.

    Minha pergunta é, Coronel: se essa história realmente acontecesse, os jornais, rádios, TVs e sites soltariam a notícia bomba ou também "daria um branco" na imprensa esportiva brasileira?

    ResponderExcluir
  13. Paulinho aquele que defendeu o fluminense no caso da procuradoria.
    Quanto a 2013, só lembrando que as acusações quanto a suborno vêm de torcedorea tricolores quanto ao Flamengo, inclusive de seu presidente, contudo não imaginava que a seta iria pro seu lado também.
    O Bandeira tem grande dificuldade de contrtar jogador ao contrário do Celso Barros e do Peter, mas é excelente pra numa noite comprar dirigentes de outro clube.
    Pra mim, houve coincidência, mas se teve tramóia é provável que mais de um clube tenha participado.
    Se o André tava suspenso, porque foi escalado, desinteresse ou má fé?
    Deu na imprensa, porque os outros clubes e torcedores não observaram isso, todo mundo fala mas ninguém notou a notícia no momento. Se houve tramóia e provável que várias pessoas da portuguesa estavam envolvidas ja que era sabido da suspensão do Herverton.
    Portanto o fluminense e o flamengo deram uma sorte ou armaram juntos, essa última improvável mas não impossível, devido a sujeira do futebol. Eu não boto a mão no fogo pelos dirigentes rubro negros e vcs botam por CB e PS.?

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.