Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

quinta-feira, 30 de julho de 2015

LIVRO LANÇADO NO RIO SUSCITA POLÊMICA NO BRASILEIRÃO 2013

Prezados leitores, o Jornal do Brasil venceu a "Operação Abafa" sobre o livro "O escândalo do Brasileirão 2013 - Como o Flamengo foi salvo do rebaixamento":



"Jornal do Brasil
Esportes
Hoje às 09h52 
Livro lançado no Rio suscita polêmica no Brasileirão de 2013 
Obra reúne postagens feitas pelas redes sociais sobre o campeonato, envolvendo o Fla x Flu 
Polêmico, assim o autor do livro "O Escândalo do Brasileirão 2013 - Como o Flamengo foi salvo do rebaixamento", Paulo Ricardo Paúl, classifica a sua obra. O livro reúne uma série de postagens pelas redes sociais sobre o campeonato de futebol, feitas em uma mobilização para defender o Fluminense e seus torcedores, que na época estavam sendo hostilizados. 
Paúl explica que, após a eclosão do escândalo do Brasileirão naquele ano, no dia 10 de dezembro, foi iniciada uma rede "do bem" nas redes sociais, liderada por ele, com o intuito de apoiar o Fluminense. Torcedores de vários clubes, segundo o autor, entraram na mobilização, inclusive rubro-negros. 
"Logo no início, nós constatamos um favorecimento ao Flamengo e comunicamos o fato formalmente ao Ministério Público de São Paulo e do Rio de Janeiro, além da Procuradoria da República no Rio (correção: ao MPF-RJ), a Polícia Federal e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF)", conta Paúl. Segundo ele, a mobilização continuou com uma série de discussões e de declarações do promotor de Justiça Roberto Senise, encarregado pelo ICP, de jornalistas esportivos e até de humoristas. A polêmica ganhou espaço nas televisões, rádios, jornais, revistas e nas redes sociais (Leia a íntegra). 

Nós agradecemos ao Jornal do Brasil. 

Juntos Somos Fortes!

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Coronel, o tal humorista citado, Felipe Andreoli, é jornalista formado. Nem todos os integrantes do CQC vieram do stand-up comedy, como o Danilo Gentili e o Rafinha Bastos. A maioria é de atores, jornalistas e até músicos.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.