BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

sexta-feira, 1 de julho de 2016

CRISE NA SEGURANÇA PÚBLICA - REUNIÃO DE CORONÉIS - MOBILIZAÇÃO CONTINUADA



Prezados leitores, nós comunicamos nesse espaço democrático que Coronéis PM estavam realizando reuniões para tratar da gravíssima crise instalada na segurança pública do Rio de Janeiro, incluindo o fato do governo não estar cumprindo o seu dever de pagar os salários, proventos e pensões dos Policiais Militares (ativos e inativos) e das pensionistas.
Diante do desespero próprio de quem não vislumbra como irá sustentar sua família, alguns leitores se apressaram em cobrar alguns aspectos, como a inclusão dos Praças nas referidas reuniões.
Após duas reuniões e algumas decisões, temos a obrigação de prestar alguns esclarecimentos.
Nós que participamos dos movimentos dos Coronéis Barbonos e dos 40 da Evaristo, portanto, que estamos na luta continuada contra os malfeitos dos governos Cabral-Pezão e Pezãoo-Dornelles desde 2007, consideramos que não estamos vivendo uma exceção, ou seja, que a partir de algum momento tudo voltará ao normal e voltaremos a receber no início de cada mês de forma regular. 
Nossa avaliação é que estamos diante do início de uma situação que tem a tendência de se agravar e que não existe qualquer perspectiva de volta à normalidade no tocante aos salários.
Se estivermos certos (torcemos para estarmos errados) temos que criar uma mobilização que crie raízes nas instituições militares para o estabelecimento de um estado de mobilização continuada.
Em apertada síntese, não podemos nos desmobilizar nunca mais.
Isso não é nada fácil.
Basta lembrarmos os exemplos dos movimentos dos Barbonos e dos Evaristos, que duraram poucos anos, sofrendo uma série de represálias.
Outro exemplo são as excelentes mobilizações promovidas pelos Bombeiros Militares, as que têm apresentado maior duração, mas que ainda não são contínuas, sofrendo interrupções também sendo alvos de represálias governamentais.
Os Coronéis BM, por exemplo, só nesse momento resolveram se incorporar à luta e eles fizeram muita falta aos Barbonos e aos Evaristos, isso em 2007 e 2008 e aos Praças do CBMERJ, isso em 2011 e 2012.
Diante do quadro atual de extrema gravidade que envolve o sustento de nossas famílias e as dificuldades existentes para promover a indispensável união, fator primordial para que possamos construir uma mobilização contínua, temos dado um passo de cada vez.
Não queremos movimentos espasmódicos a cada problema que surgir, temos que compreender que não podemos mais abrir mão de nos unirmos para fortalecermos as nossas instituições de modo que nem o atual governo, nem os futuros, ousem novamente nos deixar sem nossos salários, proventos e pensões.
Não queremos que a tropa seja enganada com os pagamentos de maio e de junho, que surgem como solução imediata para o problema.
Não queremos ficar sem os pagamentos após as Olimpíadas.
Queremos que seja garantida a regularidade dos nossos pagamentos, nem mais, nem menos.
Vamos à luta!

Juntos Somos Fortes!

4 comentários:

  1. 01/07/2016 15h06 - Atualizado em 01/07/2016 16h06
    TV alemã que está no Rio para cobrir Olimpíada tem contêineres roubados
    Caso foi registrado nesta sexta-feira (1º) na DRFC.
    Dois contêineres roubados teriam sido avaliados em R$ 1,3 milhão.

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente, coronel, quem está na ativa se vende muito facilmente aos tiranos. Não querem o respeito de uma mobilização contínua, mas querem gratificação, promoção, comando, cargo em outros órgãos, enquanto outros querem escala, RAS, metas, Aptran e padrinhos. Estive em algumas reuniões na Camerino e naquela passeata até a rua do Cabral, no passado, e estarei novamente se houver união e vontade de oficiais e praças. MAS SERÁ QUE NOSSOS PPMM CONSEGUIRÃO VENCER O DESEJO DE "SE DAR BEM"? Jamais esquecerei que o respeito poderia ter chegado há anos se o nosso TRAIDOR (nem vou citar o nome) de estrelas amarelas não tivesse o olho maior do que a barriga e sentado na cadeira. Cabral já teria sido vencido e talvez não teríamos essa coisa chamada Pezao nem essa múmia chamada Dornelles... Beltrame? Este estaria bebendo o seu precioso chimarrão ao lado dos conterrâneos, pois a farsa UPP teria sido, provavelmente, barrada em um parecer de Coronéis de verdade, e não aplaudida por irresponsáveis que sabiam tanto quanto nós que seria uma expansão da criminalidade por todo o asfalto. Mesmo assim, caíram de joelhos para ver o próprio pirão. Pense nisso e blindem-se contra os oportunistas baratos.

    JUNTOS SOMOS FORTES OUTRA VEZ.
    Sgt Foxtrot.

    ResponderExcluir
  3. Será uma verdadeira GUERRA. E não será limpa. Já vimos que o Judiciário está acumpliciado, portanto esqueçam a justiça. É o império da barbárie.

    ResponderExcluir
  4. Com todo respeito Cel. Paul, penso que os senhores Coronéis é que são os responsáveis pelas mazelas que a corporação está passando e diga-se de passagem, há muito tempo vem ocorrendo! As arbitrariedades que o Governador Cabral fez naquela época, não teve nenhum Cel. ou General do EB (IGPM), que manifestou sua posição em contrário aquelas prisões arbitrárias e muito menos, agiu de forma jurídica pela CF em dar fim aquela tirania imposta contra a Corporação. Estamos sofrendo com os reflexos da "Democracia pós regime Militar", e com essa mudança, tivemos uma "Injeção" de ideias desconexas em prol de um regime extravagante e irresponsável e pior ainda, de Esquerda revolucionária, como se observa os dias atuais. Não concordo que movimentos façam sugerir algo para a classe Militar atualmente, como no passado foi na "Revolta da Chibata" ou "Tenentismo", até porque, nos dias atuais, imaginem o que fariam com os envolvidos. Mas, concordo com plena convicção, que só mudamos algo neste cenário, através do voto consciente e com ingresso de companheiros nas bancadas Políticas deste país, que só assim, teremos representatividade em nossas causas. Cel. volto a dizer a todos, que "Temos que ter um Cel. PM Sec. de Polícia Militar e quem sabe Sec. de Seg. Publica, até porque, precisamos de Combatente nesta área. Precisamos de Policial Militar com garra e determinação, agindo de acordo com os DH, mas, como fazem muito bem em seus gabinetes, socando a mesa diante a um Praça, que o façam da mesma forma, aos fora da Lei e importunadores dos Direitos Individuais dos Cidadões. Finalizo respeitando o direito de pensamento de cada um, é claro, suas ideias e posições, mas, no aspecto geral, espero que a consciência de voto, não se deixe enganar por ofertas descabidas e mentirosas. "Peço a Deus que reforce a cada PM, BM, PC, PF, com seus anjos e estes os blindem com seus escudos e os torne invulneráveis ao criminosos e malfeitores, que Assim seja"!

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.