BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

quarta-feira, 13 de julho de 2016

FROTA DA POLÍCIA MILITAR PODE ENTRAR EM COLAPSO

Prezados leitores, anos atrás, ainda no governo Sérgio Cabral, nós avisamos que a terceirização da manutenção da frota da PMERJ era um grande erro, sobretudo em função dos preços exorbitantes.
Nós denunciamos os contratos ao Ministério Público e hoje existe um processo em andamento de improbidade administrativa e superfaturamento de contratos.
O erro crescia em gravidade em face da ordem do Secretário de Segurança para acabar com as oficinas existentes nas Organizações Policiais Militares.
Isso era fácil de prever que ocasionaria o caos, a partir do momento que os contratos não fossem renovados, como já aconteceu, ficando centenas de viaturas sem manutenção, pois não mais existiam as oficinas na PMERJ.
Parece que o problema irá se repetir.
Nós torcemos para que o Comando Geral consiga vencer os obstáculos decorrentes dos erros da Secretaria de Segurança Pública.


Juntos Somos Fortes!

Um comentário:

  1. Em um momento que a palavra crise é pronunciada a todo instante, que a PM está tão sucateada quanto qualquer outro órgão estatal, por que comandantes, subcomandante, chefes, subchefe, diretores e vice-diretores ainda estão se servindo de carros não caracterizados para fazer o trajeto casa x trabalho x casa? Em muitas unidaded está faltando viatura para cumprir missão, mas deuses não se tocam nem são denunciados por improbidade amnistrativa. É uma questão de honestidade realocar essas viaturas para o serviço. Os "agraciados" que se desloquem de meios próprios. O estado não suporta mais tanto gasto desnecessário para alimentar o ego de sinhozinhos e capitães-do-Mato. BASTA.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.