BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

terça-feira, 26 de julho de 2016

RIO 2016, OS JOGOS OLÍMPICOS DA INCERTEZA



Prezados leitores, a marca dos jogos olímpicos do Rio de Janeiro é a incerteza.
A única certeza que temos é que os governantes brasileiros não deveriam ter colocado a candidatura do Brasil para sediar os jogos, algo que não fez qualquer sentido diante da realidade nacional.
Um erro de projeto, como nós denunciamos participando dos atos públicos que se realizaram nas ruas do Rio de Janeiro contra os jogos, quando a cidade ainda era apenas candidata.
Os governantes insistiram no erro e a cidade foi eleita, isso para festa de grande parcela dos políticos e dos empresários.
O povo, a massa, por sua vez, justificou a sua exclusão da educação de boa qualidade e entrou na festa.
Hoje os jogos do Rio de Janeiro tem a incerteza como marca registrada.
As obras foram superfaturadas?
As obras foram realizadas com a qualidade necessária para permitir a realização das inúmeras modalidades?
A Cidade Olímpica não foi, como as reclamações comprovam. 
O transporte público funcionará?
Em caso de urgência médica, os atletas, os turistas e os jornalistas nacionais e estrangeiros receberão o atendimento necessário ou permanecerão como a população carioca que fica em macas nos corredores hospitalares aguardando?
A violência do Rio de Janeiro será controlada de modo a garantir a segurança de atletas, turistas e jornalistas nacionais e estrangeiros em toda cidade do Rio de Janeiro?
O governo brasileiro conseguirá evitar uma provável ação de grupos terroristas?
Qual será o gasto total de dinheiro público com a mobilização de milhares de integrantes das Forças Armadas, Polícia Federal e Força Nacional de Segurança?
A incerteza é geral.
Só nos resta acreditar que Deus é brasileiro e que os jogos olímpicos do Rio de Janeiro transcorram dentro da normalidade.
Amém!

Juntos Somos Fortes!

Um comentário:

  1. DEUS não tem nada a ver com isso, portanto estamos entregues à própria sorte.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.