Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

sábado, 28 de abril de 2018

GRAVÍSSIMO! HORA DE APURAR RESPONSABILIDADES SOBRE O FRACASSO DAS UPPs

Livros sobre segurança pública no governo Cabral

"Jornal Extra
27/04/18 13:00 Atualizado em 27/04/18 14:52 
'Ninguém fecha UPP porque quer', diz Jungmann (Fonte)" 

O anúncio do início do desmanche do fracasso projeto das UPPs ainda povoa as manchetes jornalísticas, levando o ministro responsável pela segurança pública e os interventores a serem alvos de questionamentos.
Toda essa repercussão não faz qualquer sentido considerando o projeto ser um "NATIMORTO", como cansei de PROVAR nos diversos artigos que publiquei no blog e no livro "UPP - Uma farsa eleitoral".
No afã de criar fatos jornalísticos a imprensa não está "atirando" nos alvos certos.
Basta parar e pensar para concluir que quem deveria ser questionado sobre o fracasso e a extinção homeopática que se inicia das UPPs são o ex-secretário de segurança pública Beltrame e os ex-integrantes do comando da PMERJ (comandantes gerais e chefes do estado maior geral) que participaram da operacionalização desse desastre nestes dez anos.
Eles sim devem explicações à população fluminense pelo caos que transformaram a segurança pública, mas não estão sendo incomodados, nem os que atuam em ONGs e similares e, habitualmente, concedem entrevistas sobre os dilemas da segurança pública.
Os que fizeram o péssimo "prato feito", fedorento, sem sabor e que causou indigestão em todos nós,  criticam a comida que eles mesmos fizeram, como se a "lavagem" se tivesse sido feita por outros.
Isso é um completo absurdo!
A imprensa está sem rumo no tema e com o foco erra, simples assim.
O projeto sempre teve erros grosseiros, perceptíveis de longe e a olho nu.
Eu destaquei quase todos (são tantos que posso ter esquecido alguns), a começar pela falta de planejamento, erro que soldados novatos não cometeriam.
Logo ficou claro com a insistência na ampliação de algo tão ruim que o objetivo nunca foi realmente pacificar qualquer comunidade, mas conseguir votos para a turma do Cabral.
É hora de apurar responsabilidades dentro da PMERJ.
Policiais Militares foram feridos.
Policiais Militares foram assassinados.
Famílias enlutadas para sempre.
Policiais Militares foram mal formados.
Policiais Militares irão para as ruas agora sem qualquer experiência de policiamento ostensivo.
Bilhões de dinheiro público (nosso dinheiro) foram gastos.
Isso tem que ser apurado e os responsáveis precisam explicar os erros e, se for o caso, ressarcir os cofres públicos.
Salvo melhor juízo, cabe ao Ministério Público (MP-RJ) determinar a apuração para investigar a responsabilidade ou não do ex-secretário de segurança pública e de todos os ex-integrantes do comando geral da PMERJ.
Se a investigação não for instaurada pelo MP-RJ talvez a saída seja uma Ação Civil Pública, vamos aguardar.

7 comentários:

  1. Antes: opirtuno e excelente texto! E aí?! e agora?! Como fica, mais uma vez, o alto preço desse erro do Estado, sempre inerte pelo descaso e omissão ou com iniciativas incnsequentes por tirar vantagens como corrupto.! Qual dos agentes do governo do Estado do RJ será responsabilizado por este erro das UPPs.

    ResponderExcluir
  2. Polícia nunca é benvinda na favela. Que saiam mesmo. Polícia para quem precisa, quem hostiliza e abomina que fique sem.

    ResponderExcluir
  3. Prezado Coronel Paul, presto-lhe minha continência e o aplaudo de pé por mais um brilhante, coerente e oportuno texto.

    Naquele texto "Polícia massacrada e adoecida", meu comentário tendia à essa direção, mas não fui competente o bastante para, além de criticar e amaldiçoar os culpados (e exaltar os poucos bravos), clamar por uma investigação.

    Parabéns!
    Urra!
    Sgt Foxtrot

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é um IRMÃO DE LUTAS!
      Juntos Somos Fortes!

      Excluir
    2. Nelson HERRERA Ribeiro, Cel PM Ref, advogado e professor29 de abril de 2018 10:13

      E eu, na minha modéstia de pobre velho diabético, PARABENIZO a ambos.
      Permaneçam no corajoso desiderato em defesa da nossa briosa PMERJ!
      Meus caros Cel PAÚL e "Sgt Foxtrot", ajam sempre como verdadeiros policiais!

      Excluir
    3. Caríssimo Coronel Herrera, obrigado!
      JSF.
      Eu também sofro com a diabete. O importante contra ela é não descuidar da vigilância.

      Saúde!
      Sgt Foxtrot

      Excluir
  4. Vejo ministro do STF, desembargadores, juízes, promotores, senadores,deputados federais, deputados estaduais, prefeitos, vereadores, juristas, advogados revoltados com o estrago que o crime organizado está fazendo contra o Brasil, onde os três poderes estão desorganizados entre si, mas armônico contra o povo.
    Porém se estes: ministro do STF, desembargadores, juízes, promotores, senadores,deputados federais, deputados estaduais, prefeitos, vereadores, juristas, advogados revoltados não estão encontrando um caminho constitucional para por a casa em ordem, o que que um praça da Polícia Militar com um revolver “made in china” vai fazer para servir e proteger a sociedade, se os policiais que estão nas ruas, também são vítimas deste crime organizado, que se instalou no cerne da Nação?

    O Brasil só tem uma saída democrática: Faxina geral e irrestrita nos três poderes e paredão para os traidores da Pátria.
    Estes canalhas têm que ser jogados no lixo, juntos com as leis que os protegem e incinerados.

    Tô errado? Adote um corrupto.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.