Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

quarta-feira, 16 de março de 2016

UM MILAGRE MOSTROU QUE O POVO ESTÁ CONTRA O GOVERNO



Prezados leitores, em fase de convalescênça após uma cirurgia, seremos breves apesar da gravidade do quadro político no Brasil..
Nas redes sociais o dia 13 de março está sendo tratado como um dia histórico, o que é um fato, porém, salvo melhor juízo, o que vivenciamos naquele domingo foi um verdadeiro milagre.
Nem o mais otimista esperava que mais de cinco milhões de brasileiros ocupassem as ruas das principais cidades do país para cobrar a saída do governo do PT-PMDB.
Um povo apartado dos valores da cidadania, situação construída por governos que ignoraram a educação pública, conseguiu mostrar de forma clara a sua insatisfação com o governo.
Isso foi um milagre.
O gigante abriu um olho pelo menos.
A dimensão do ato foi mais que suficiente para provocar a renúncia dos atuais governantes do PT e do PMDB, mas eles continuam em suas confortáveis cadeiras.
Por quê?
Simples, eles só pensam neles, o país e o povo não importam.
A presidente deixou claro que não renunciará e na tentativa desesperada de continuar no poder ela está disposta a tudo, ninguém duvida.
O ex-presidente Lula também demonstrou que fará qualquer coisa para que o poder não saia de suas mãos e dos seus aliados.
Os seus aliados também estão prontos para tudo.
Dilma, Lula e aliados não entenderam o recado das ruas.
O milagre ocorrido no dia 13 dividiu o país, mas não da forma que eles sempre pregaram.
O nós e eles.
Os ricos e os pobres.
O governo e a oposição.
Os governistas e os golpistas.
Os vencedores e os derrotados.
Nada disso, o Brasil está dividido, mas de um lado estão o governo e seus aliados e do outro lado o povo.
O povo não quer mais os governantes que insistem em permanecer.
Basta olharmos para a história para entendermos o que acontece quando o povo não quer o governo e os políticos querem a todo custo ficar no poder contra a vontade popular.
O povo deve ser respeitado e será respeitado, mais cedo ou mais tarde.
Urge que os atuais governantes renunciem e que sejam convocadas novas eleições sem a participação de nenhum político que esteja sendo investigado, essa deve ser a condição.
Nós preferimos essa solução, pois sem ela só restará ao povo brasileiro "convocar" as Forças Armadas para defesa dos interesses nacionais, os quais estão sendo ignorados, como comprovam os milhões de brasileiros que estão sem meios de prover o sustento de suas famílias.

Juntos Somos Fortes!

Um comentário:

  1. Belo post, Coronel! Que o senhor volte com força total. Um abraço e muita saúde.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.