BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

terça-feira, 31 de maio de 2016

RIO: GOVERNO ESTÁ EMPURRANDO COM A BARRIGA OS MILITARES E O FUNCIONALISMO



Prezados leitores, a expressão "empurrar com a barriga" significa enrolar, postergar, adiar, entre outros significados com essa conotação de não resolver.
Salvo melhor juízo, o governo Pezão-Dornelles está fazendo isso com relação aos pagamentos dos Policiais Militares, Bombeiros Militares e funcionários públicos.
O governo empurrará com a barriga até o fim dos jogos olímpicos pagando com atraso os ativos, os inativos e as pensionistas.
Sabe que agindo assim refreará o ânimo da quase totalidade de suas vítimas e os mais exaltados não conseguirão organizar grandes protestos.
Após as Olimpíadas a situação se agravará, anotem.
Quem viver, verá.

Juntos Somos Fortes!

segunda-feira, 30 de maio de 2016

A SAÍDA DO BRASIL É O AEROPORTO ?



Prezados leitores, ao longo da vida não aceitamos a possibilidade contida na frase atribuída ao compositor Tom Jobim, tanto que não desistimos da lutar para melhorar no nosso país, sofrendo uma série de represálias em razão de tal postura, como explicitamos em inúmeros artigos publicados nos nossos blogs.
Não comentaremos os atos que realizamos e/ou participamos, nem as represálias, mas consideramos útil para a compreensão que em alguns desses momentos estivemos isolados e em outros acompanhados de um boneco, o "excluído fardado".
Protestar sozinho é algo desconfortável, não só pela sensação de vulnerabilidade, mas pela possibilidade dos passantes considerarem que éramos apenas mais um maluco que perambulava pelas ruas do Rio de Janeiro a dizer tolices, o que inviabiliza a credibilidade.
Por outro lado, a solidão nos permite ter tempo para reflexão.
Avaliar erros e acertos.
Identificar os resultados positivos e negativos.
Reavaliar o nosso procedimento.
A solidão tem seu valor, aprendemos isso nas ruas.
Hoje, enquanto os próximos livros ainda estão na fase do planejamento, temos dedicado o tempo livre para cuidarmos da saúde, curtirmos a família e para refletirmos sobre a situação atual do país.
Salvo melhor juízo, nesse momento histórico, no primeiro momento o questionamento que serve de título merece um "sim" como resposta.
Por maiores que sejam os nossos esforços, não conseguimos descobrir outra saída, considerando o grau de degradação moral que alcançou significativa parcela da população brasileira.
A vontade de levar vantagem em tudo parece ter se generalizado.
Como salvar um país onde a população só quer "se dar bem?"
Impossível.
Entra governo, sai governo, nada muda.
Logo uma gravação destrói o novo, nesse país cleptocrata.
O único processo de mudança para a realidade atual está atrelado à educação pública de boa qualidade, algo que não interessa aos que dominam o Brasil.
Nós estamos sem opção.
E, mesmo que interessasse, o processo demandaria décadas para promover uma mudança no modo de pensar dos brasileiros.
Mudar através do voto é impossível.
Só no cenário federal o Poder Legislativo tem 81 Senadores e 513 Deputados Federais, como depurar esse conjunto por meio do voto?
Como descobrir quem é quem entre esses quase 600 parlamentares?
Nós ficaremos aguardando que a Polícia Federal investigue e prenda todos os cleptocratas para não votarmos mais neles?
Décadas teremos que esperar, mais uma vez.
Isso só para limpar o legislativo federal.
Imaginem para limpar os três poderes? 
Séculos, talvez.
O aeroporto parece ser a única saída, mas não é.
Basta pesquisarmos na Constituição Federal que acharemos alternativas para pronto emprego.
Enquanto isso, nós continuaremos lutando por um país melhor.

Juntos Somos Fortes!

domingo, 29 de maio de 2016

O COMPLETO FRACASSO DO PMDB NO RIO DE JANEIRO E NO BRASIL



Prezados leitores, o PMDB fracassou por completo no Rio de Janeiro, isso é verdade.
Sérgio Cabral e Eduardo Paes são os principais responsáveis pela tragédia que vivenciamos.
Não podemos esquecer que o PMDB também fracassou no Brasil sendo o principal apoiador dos governos Lula e Dilma, ambos do PT.
A seguir publicamos artigo do vereador Paulo Pinheiro, extraído do jornal O Globo, lamentando que o autor tenha defendido o Secretário de Segurança Beltrame, o isentando de responsabilidade:

"O PMDB errou 
Partido fracassou na gestão do Rio de Janeiro 
por Paulo Pinheiro 26/05/2016 0:00 / Atualizado 26/05/2016 8:24 
Desde 2003 o PMDB dá as cartas na política do Rio de Janeiro, mas foi a partir do governo de Sérgio Cabral que o partido afirmou ter inaugurado uma governança moderna, com métodos empresariais e orientada por consultorias de ponta. Impulsionado pelos ganhos da indústria do petróleo, Cabral propôs um projeto audacioso de desenvolvimento do estado. O governador caiu nas graças do então presidente Lula, e jorraram recursos para o Rio. Todos os ventos sopraram a favor. Adversário em 2006, Eduardo Paes tornou-se parceiro, ganhou a prefeitura da capital e, junto com Lula e Cabral, criou o slogan “Somos um Rio”. 
O PMDB da era Garotinho/Rosinha deu lugar aos “anos dourados” da dupla Cabral/Paes, que esbanjava bom humor diante dos bilhões de reais que passaram a administrar em obras de prioridade duvidosa. A área da segurança, sob o comando do secretário Beltrame, recebeu as Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), que renderam ao governador Cabral a sua reeleição. Na saúde, a ordem foi privatizar a gestão. Criaram-se Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) 24h, além de serviços de excelência como o Rio Imagem e o Instituto do Cérebro. 
O Rio foi escolhido para sediar as Olimpíadas, e Paes também foi reeleito. Mas, pouco tempo depois, Cabral tornou-se protagonista do primeiro grande escândalo envolvendo governos e empreiteiras. Era o início do fim dos “anos dourados”. Os ganhos com o petróleo caíram, e a administração estadual entrou em crise, a ponto de, recentemente, o próprio presidente do PMDB regional, Jorge Picciani, dizer que o Rio está sem comando. 
Segundo pesquisas, a rejeição ao governo estadual supera 80% e, na capital, os desperdícios olímpicos — somados à péssima qualidade das obras executadas — renderam ao prefeito 65% de rejeição. Tais índices devem envergonhar a cúpula nacional do partido, assim como envergonham todos nós os alertas feitos pela Organização Mundial da Saúde (OMS) aos turistas e atletas que virão ao Rio em agosto. A entidade recomendou distância das regiões mais pobres e sem saneamento básico, atenção com os mosquitos e cuidado com as águas poluídas da Baía da Guanabara. E o que diria a OMS se soubesse da alta taxa de incidência da tuberculose em algumas comunidades? 
Por falta de condições adequadas oferecidas ao secretário Beltrame e aos seus policiais, os índices de criminalidade voltaram a crescer. Na saúde, permanecem as intermináveis filas nos nossos hospitais, faltam leitos nas UTIs, e o funcionamento das UPAs foi reduzido. As obras de drenagem da Praça da Bandeira falharam na primeira chuva. As péssimas condições oferecidas aos professores e alunos da rede estadual os fizeram ocupar as escolas, na tentativa de salvá-las. Uma ciclovia recém-inaugurada, que custou R$ 43 milhões, desabou, matando pessoas. O governo deu calote nos aposentados e atrasa os salários dos demais servidores. A Baía de continua poluída. Os fatos não deixam margem a dúvidas: o “modo PMDB de governar” fracassou no Rio e, se é verdade que aprendemos muito com os erros, o PMDB os tem de sobra. Nunca na história do Rio se errou tanto. Nunca tantas oportunidades foram desperdiçadas. 
Paulo Pinheiro é vereador no Rio (PSOL) 

Juntos Somos Fortes!

sábado, 28 de maio de 2016

O EX-PRESIDENTE LULA ERA O CHEFE DA QUADRILHA ?



Prezados leitores, transcrevemos artigo  do blog do Aluízio Amorim sobre reportagem da revista Veja que trata da delação de Pedro Corrêa:

"Sexta-feira, maio 27, 2016 
REPORTAGEM-BOMBA DE 'VEJA' REVELA EXPLOSIVA DELAÇÃO DE PEDRO CORRÊA COM RELATO CONTUDENTE QUE ENVOLVE LULA NO PETROLÃO 
A reportagem-bomba da revista Veja que chega às bancas nesta sexta-feira em virtude do feriadão, traz com exclusividade o conteúdo da delação premiada do ex-deputado Pedro Corrêa, do PP. Veja teve acesso aos 72 anexos da delação onde é reproduzido o diálogo em que Lula deu a ordem para montar o petrolão, como ficou conhecida a roubalheira que devastou a Petrobras e o Brasil. 
Ao mesmo tempo, em reportagem correlata, a revista revela a existência de um complô para travar as investigações da Operação Lava Jato que seria operado, segundo a publicação, por líderes do PMDB. Transcrevo abaixo um aperitivo da reportagem-bomba mas são necessárias algumas observações que julgo pertinentes. O texto de Veja parece relativizar os fatos quando afirma que a folha corrida de Pedro Correa contabiliza 40 anos de corrupção, desde o regime militar em diante, passando por todos os governos. 
Entretanto, cabe um detalhe importante que esse texto de Veja não inclui, que é o fato de que a corrupção e a roubalheira que vêm sendo apuradas pela Lava Jato não se limitaram apenas ao enriquecimento ilícito dos envolvidos. O objetivo político atendia a um esquema de sorte a conferir a permanência do PT no poder indefinidamente. De quebra, como se sabe, os frutos dessa roubalheira também tiveram ramificação internacional dentro do esquema do Foro de São Paulo, organização comunista fundada por Lula e Fidel Castro em 1990 e que tem como objetivo a comunização de todo os continente latino-americano e Caribe chegando até à América Central. Isto tem de ser levado em consideração, tanto é que o mensalão provou que o objetivo do PT era obter o apoio total do Congresso Nacional com a aprovação de todos os projetos dos governos petistas, inclusive um que emasculava o Poder Legislativo com a criação dos famigerados "conselhos populares" emulando os sovietes criados na ex-URSS. Na prática é aquilo que se conceitua como "centralismo democrático", ou seja a ditadura do partido disfarçada pelos tais conselhos. O troço foi para o vinagre quando os políticos sentiram o cheiro de carne queimada.
Esta é a leitura correta e verdadeira dos acontecimentos. Há a corrupção tendo em vista tão somente o enriquecimento ilícito. No caso presente, o fulcro da roubalheira tem um viés político muito claro que vai além da corrupção que comumente acontece em todos os países. É isto que tem de ser levado em consideração em qualquer análise que se faça, ou seja, o "objetivo político" dessa verdadeira destruição do Brasil e da liberdade dos brasileiros. Estava em curso sem a menor dúvida um golpe - aí sim - que transformaria o Brasil num lixão como Cuba e Venezuela. Em todas as ditaduras comunistas as coisas evoluíram assim. Nesses países comunistas vigora a eterna escassez de alimentos, principalmente. Após a debacle econômica e a inflação acelerada desaparece a classe média. Nivela-se tudo por baixo e sobra apenas uma casta que pode tudo e que se constitui no núcleo do poder. 
Portanto, Pedro Correia pode levar a sua história de sacanagens pelo caminho da galhofa, pode querer relativizar tudo e até mesmo fazer piada. Mas tal comportamento é vedado no que concerne ao jornalismo, como é também aos agentes públicos. 
Esta é a minha visão de todos esses fatos. Esta é a minha maneira de exercer o jornalismo e acredito que também reflete o que deseja praticamente a totalidade do povo brasileiro e os estimados leitores deste blog. Transcrevo o resumo da reportagem de Veja a seguir: 
UM RELATO ESTARRECEDOR
Entre todos os corruptos presos na Operação Lava-Jato, o ex-deputado Pedro Corrêa é de longe o que mais aproveitou o tempo ocioso para fazer amigos atrás das grades. Político à moda antiga, expoente de uma família rica e tradicional do Nordeste, Corrêa é conhecido pelo jeito bonachão. Conseguiu o impressionante feito de arrancar gargalhadas do sempre sisudo juiz Sergio Moro quando, em uma audiência, se disse um especialista na arte de comprar votos. Falou de maneira tão espontânea que ninguém resistiu. Confessar crimes é algo que o ex-deputado vem fazendo desde que começou a negociar um acordo de delação premiada com a Justiça, há quase um ano. Corrêa foi o primeiro político a se apresentar ao Ministério Público para contar o que sabe em troca de redução de pena. Durante esse tempo, ele prestou centenas de depoimentos. Deu detalhes da primeira vez que embolsou propina por contratos no extinto Inamps, na década de 70, até ser preso e condenado a vinte anos e sete meses de cadeia por envolvimento no petrolão, em 2015. Corrêa admitiu ter recebido dinheiro desviado de quase vinte órgãos do governo. De bancos a ministérios, de estatais a agências reguladoras - um inventário de quase quarenta anos de corrupção.
VEJA teve acesso aos 72 anexos de sua delação, que resultam num calhamaço de 132 páginas. Ali está resumido o relato do médico pernambucano que usou a política para construir fama e fortuna. Com sete mandatos de deputado federal, Corrêa detalha esquemas de corrupção que remontam aos governos militares, à breve gestão de Fernando Collor, passando por Fernando Henrique Cardoso, até chegar ao nirvana - a era petista. Ele aponta como beneficiários de propina senadores, deputados, governadores, ex-governadores, ministros e ex-ministros dos mais variados partidos e até integrantes do Tribunal de Contas da União.
Além de novos personagens, Corrêa revela os métodos. Conta como era discutida a partilha de cargos no governo do ex-­presidente Lula e, com a mesma simplicidade com que confessa ter comprado votos, narra episódios, conversas e combinações sobre pagamentos de propina dentro do Palácio do Planalto. O ex-presidente Lula, segundo ele, gerenciou pessoalmente o esquema de corrupção da Petrobras - da indicação dos diretores corruptos da estatal à divisão do dinheiro desviado entre os políticos e os partidos. Corrêa descreve situações em que Lula tratou com os caciques do PP sobre a farra nos contratos da Diretoria de Abastecimento da Petrobras, comandada por Paulo Roberto Costa, o Paulinho (Leia todo artigo)."

Juntos Somos Fortes!

JORNAL "VERDADE SEJA BEM-VINDA ! - 003 - RIO NÃO PODE REALIZAR AS OLIMPÍADAS

Prezados leitores, mais uma vez, comentamos o fato de que o Rio de Janeiro não reúne condições para a realização dos jogos olímpicos 2016.




Juntos Somos Fortes!

sexta-feira, 27 de maio de 2016

O BRASIL ACABOU! RENAN CHAMOU JANOT DE MAU CARÁTER



Prezados leitores, o país acabou.
Respeitando todas as opiniões contrárias, desde que fundamentadas, não existe mais o Brasil como país, considerando que as instituições democráticas estão seriamente comprometidas.
O Poder Legislativo é o maior exemplo da degradação e nos seus três níveis.
Todo dia escândalos diversificados atingem Senadores, Deputados Federais, Deputados Estaduais e Vereadores.
O mais comum é o desvio do dinheiro público em esquemas que envolvem obras e serviços públicos com o recebimento de propinas maquiadas de diferentes maneiras.
Como separar o joio do trigo no Legislativo?
Apenas no âmbito federal temos 81 Senadores e 513 Deputados Federais.
Como acompanhar e fiscalizar o universo de Senadores e de Deputados Federais?
São 594 parlamentares.
É óbvio que precisamos diminuir drasticamente esse número de modo a permitir o controle de suas atividades e para isso precisamos mudar a Constituição Federal.
O problema é que pela via democrática só alteramos a Constituição Federal com votos dos Senadores e dos Deputados Federais, o que torna a alteração impossível.
O povo brasileiro está diante de um grande dilema: como mudar o Brasil, começando pelo Legislativo apodrecido, se para fazê-lo precisamos dos votos de quem não quer mudar?
Como diminuir o número de bandidos se são os bandidos que determinam o número de integrantes da quadrilha?
Enquanto o povo fica inerte, aguardando as Olimpíadas e festejando a tocha olímpica, o Presidente do Congresso chama o Procurador Geral da República de mau caráter (Link).
O país acabou, mas nós continuaremos lutando para que ele renasça, como temos feito nas ruas e nas redes sociais desde 2008.

Juntos Somos Fortes!

quarta-feira, 25 de maio de 2016

O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013 - NOSSO CONTATO COM O GAECO DO MP DE SP



Prezados leitores, conforme compromisso firmado em artigo anterior, hoje, às 14:20 horas, fizemos contato com a secretaria do GAECO do Ministério Público de São Paulo (telefone 11-31199903) no intuito de viabilizarmos nosso comparecimento ao órgão para obter informações sobre o ICP número 14.161/2014.
O atendimento foi excelente.
Explicamos que o objetivo do contato era viabilizar o nosso acesso aos autos, evitando gastos desnecessários, o que ocorreria se tivéssemos que ficar dias em São Paulo.
Fomos orientados no sentido de enviar um novo e-mail com maiores detalhes sobre a nossa solicitação para avaliação do ilustríssimo Promotor de Justiça Nathan Glina, o que fizemos logo após o término da ligação telefônica.
Em consequência, estamos aguardando a resposta do GAECO.

Juntos Somos Fortes!

terça-feira, 24 de maio de 2016

OS ENTREVEROS JURÍDICOS DA ATIVIDADE POLICIAL MILITAR



Prezados leitores, transcrevemos artigo publicado no "Blog do Poliglota": 

"Os entreveros jurídicos da atividade Policial Militar 
Por Poliglota - 21 de maio de 2016 
A atividade policial militar é revestida dos mais complexos desafios jurídicos, pois muito embora formalmente não fazer parte das carreiras jurídicas, na atuação diária, o policial militar da linha de frente de combate ao crime, é o primeiro aplicador da lei em seus aspectos práticos. 
Quando, em situações das mais adversas e conturbada, tem que tomar decisões de implicações jurídicas imediata na vida do cidadão e de sua própria. Neste contexto, não há profissão que se assemelha à atividade policial militar. 
Trata-se do desempenho de um ofício em cujas circunstancias laborais tem-se de percorrer a tênue linha divisória da legalidade e ilegalidade, do moral e imoral, do bom senso e da prevaricação, do justo e injusto, do certo e errado. 
Trilhar por tal caminho constitui uma das mais arriscada das tarefas humanas, pois um pender para o lado, obrigatoriamente incorrerá em desvio de conduta, quando poderá custar a vida, a farda, a liberdade ou perda da paz.
Não é sem razão que ainda nos bancos de academias se pregava que ser policial militar é um sacerdócio. 
A sociedade espera desse profissional a mais escorreita conduta. Aliás, para ser policial militar, não basta um controle emocional e vida pregressa exemplar além do cidadão mediano, pois exige-se ainda, que ele seja conhecedor, interprete e aplicador das mais elementares das normas jurídica a mais complexa, independentemente das circunstancias em que se encontra. Não lhe é permitido consultar a lei, a doutrina e a mais recente jurisprudência. A decisão tem que ser tomada ali mesmo e não pode ferir nenhuma dessas fontes do direito. Não há perdão da sociedade ao policial militar que erra em seu julgamento, quer por falta de conhecimento da norma, quer pelo seu juízo de valor equivocado. 
O juiz, o promotor, o delegado tem a seu favor a formação jurídica e o conforto de seus gabinetes para decidir, e ainda assim, não são poucos os casos em que erram, quando tem suas decisões reformadas, todavia, quase sempre sem implicações para suas carreiras e cargos. 
Já o conforto do escritório do policial militar dependerá da ocorrência, dos envolvidos, do clima, dos ânimos e em especial do exíguo tempo para decidir. Sendo que todos esses fatores, quase sempre lhe são desfavoráveis.
Decidir se atira, onde atirar, invadir ou não invadir, algemar ou não algemar, prender ou não prender, autuar ou não autuar e qual infração infringida. Qualquer uma dessas opções, em uma poltrona, no ar-condicionado e ainda a disposição todo um acervo bibliotecário para consulta nem sempre é tarefa simples, agora tire tudo isso e decida no escritório do policial militar.
E nesse ambiente hostil a decisão tem que ser tomada e acertada, pois a sua omissão ou ação errada poderá configurar crime, aliás, vidas podem ser eifadas, direitos podem ser lesionados, e caso isso aconteça o delegado, o promotor e o juiz dirá a esse herói: “você cometeu abuso de autoridade”, “não aplicou a lei corretamente”, “a jurisprudência firmada nos tribunais pátrios não entende assim” e “por isso será condenado a perda da função e da liberdade”; por sua vez a sociedade dirá “tu és bandido”, “não merece vestir essa farda”, “tens que ser preso!" (Fonte).
SAMUEL SILVA LIRA, 3º Sargento da Polícia Militar de Roraima."

Juntos Somos Fortes!

JORNAL "VERDADE, SEJA BEM-VINDA ! - 002 - O BRASILEIRÃO 2013 NÃO ACABOU

Prezados leitores, o campeonato brasileiro de futebol de 2013 não acabou, a classificação final, inclusive a definição dos rebaixados, poderá ser alterada conforme os resultados das investigações do GAECO do Ministério Público de São Paulo.





Juntos Somos Fortes!

O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013 - A LUTA PELA BUSCA DA VERDADE



Prezados leitores, transcrevemos comentário encaminhado sobre o nosso artigo no qual informamos que iremos até o Ministério Público de São Paulo para obtermos informações sobre os resultados do ICP. 

"Parabéns, Cel. Paúl! 
Olha que ilustre coincidência...logo depois do Dr. Roberto Senise apensar a minha representação ao inquérito civil, ele foi destituído do posto. 
"PROMOTORIA DE JUSTIÇA DO CONSUMIDOR 
Rua Riachuelo, 115 – 1º andar – sala 130 São Paulo/SP – CEP 01007-904 
Tel.: 11-3119-9068/9069 
____________________________________________________________ 
São Paulo, 16 de novembro de 2015. 
Ofício PJC n.º 2734/2015 
Ref.: SIS nº 43.739.10405/15 (Apensada ao inquérito civil nº 14.161.1/14) – 5º PJ (favor mencionar estas referências) 
Ilustríssimo Senhor: 
Por ordem do Exmo. Sr. Dr. ROBERTO SENISE LISBOA, DD. 5º PROMOTOR DE JUSTIÇA DO CONSUMIDOR, INFORMO que a Representação nº MP 43.739.10405/15, formulada por Vossa Senhoria a respeito das irregularidades no Campeonato Brasileiro de 2013, foi apensada ao inquérito civil nº MP 14.161.1/14, que tramita nesta Promotoria de Justiça do Consumidor de São Paulo, dada a identidade de objeto. INFORMO, ainda, que o inquérito encontra-se em pleno andamento, e está à disposição para consulta na Secretaria da Promotoria do Consumidor (endereço acima). 
Ao ensejo, valho-me para apresentar protestos de respeito e consideração. 
Fernanda Marassi Oficial de Promotoria 
fernandamarassi@mpsp.mp.br 

Ilustríssimo Senhor 
ROGÉRIO EIRAS BARBIERI 
Rogerio_barbieri@yahoo.com.br " 

Juntos Somos Fortes!

segunda-feira, 23 de maio de 2016

JORNAL "VERDADE, SEJA BEM-VINDA !" - 001 - O PÉSSIMO INÍCIO DE TEMER

Prezados leitores, iniciamos uma nova série de vídeos: Verdade, seja bem-vinda!
No primeiro programa tratamos do péssimo início do governo Michel Temer.




Juntos Somos Fortes!

OPINIÕES SOBRE A DESMILITARIZAÇÃO DAS PMs E A UNIFICAÇÃO DAS POLÍCIAS

Prezados leitores, publicamos dois vídeos contendo opiniões sobre a desmilitarização das Polícias Militares e a unificação das polícias, temas recorrentes no discurso para alteração do sistema policial.









Juntos Somos Fortes!

domingo, 22 de maio de 2016

O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013 - A RESPOSTA DO MINISTÉRIO PÚBLICO



Prezados leitores, como comentamos em artigos anteriores, iremos até São Paulo para consultar os autos do Inquérito Civil Público (ICP) instaurado para apurar a perda de pontos da Portuguesa no Brasileirão 2013, o qual teve como encarregado no primeiro momento o promotor Roberto Senise Lisboa.
No intuito de cumprir tal objetivo encaminhamos e-mail para o GAECO, onde as investigações relacionadas com o ICP estão sendo desenvolvidas, tendo recebido a resposta constante no e-mail que ilustra esse artigo.
Nós faremos contato telefônico com a secretaria do GAECO para obter maiores esclarecimentos e evitar uma viagem improdutiva.
Nossa intenção é viajar ainda nesse mês para consultar os autos e obter cópia.
Desistir não faz parte de nossa história de vida.

Juntos Somos Fortes!

GOVERNO MICHEL TEMER COMEÇOU MUITO MAL



Prezados leitores, curto e grosso, o governo Michel Temer começou muito mal.
Os erros grosseiros estão no noticiário, começando pela nomeação de investigados para o cargo de ministros.
A verdade salta aos olhos: o Brasil é o país dos corruptos!
Logo, um governo não pode ter investigados em sua composição, o risco é enorme e desnecessário.
Nós que lutamos para afastar Dilma Rousseff e seu partido do poder, estamos começando a ficar com uma sensação de frustração.
Vamos nos manter mobilizados e torcer para que ocorram mudanças positivas no governo interino, caso contrário, Dilma e o PT voltarão.

Juntos Somos Fortes!

sábado, 21 de maio de 2016

COMENTÁRIOS SOBRE O FLAMENGO SER CAMPEÃO BRASILEIRO DE 2016

Prezados leitores, publicamos vídeo que circula na internet contendo comentários sobre a possibilidade do Flamengo ser campeão brasileiro de 2016.


video



Juntos Somos Fortes!

sexta-feira, 20 de maio de 2016

NOSSA RESPOSTA AO SECRETÁRIO: "CORPO MOLE, SR BELTRAME?"

Prezados leitores, a nossa resposta ao Secretário de Segurança Pública Beltrame com relação a mais uma de suas infelizes falas sobre a Polícia Militar e os Policiais Militares é a seguinte imagem:





Juntos Somos Fortes!

quinta-feira, 19 de maio de 2016

EXCELENTE VÍDEO SOBRE "SE BEBER, NÃO DIRIJA"

Prezados leitores, publicamos um excelente vídeo sobre o tema "se beber, não dirija.
Sugerimos a divulgação nas redes sociais.


video


Juntos Somos Fortes!

quarta-feira, 18 de maio de 2016

DOEM PARA MÉDICOS SEM FRONTEIRAS

Prezados leitores, mais uma vez, indicamos para doações
humanitárias a organização Médico Sem Fronteiras.
Acessem o site e conheçam o trabalho: www.msf.org.br
"Quem precisa não pode esperar!"






Juntos Somos Fortes!




terça-feira, 17 de maio de 2016

GOVERNADOR PEZÃO E EX-GOVERNADOR SÉRGIO CABRAL À BEIRA DO ABISMO



Prezados leitores, a "blindagem" aos governos do PMDB no Rio de Janeiro parece estar sendo destruída aos poucos e as investigações sobre os governos Cabral-Pezão e Pezão-Dornelles dão sinais que irão prosseguir.
Nós integramos o grupo de cidadãos que fez denúncias contra esses governos e que espera que seja feita uma devassa nas contas públicas.

"Revista Época 
Associação de auditores vai à Justiça contra parecer que aprovou contas de Cabral
Técnicos do Tribunal de Contas do Estado recomendaram reprovação por causa de dívida não contabilizada de R$ 1 bilhão
HUDSON CORRÊA
06/08/2015 - 18h37 - Atualizado 06/08/2015 19h41 
A Associação Nacional dos Auditores de Controle Externo (ANTC) anunciou que vai questionar na Justiça o parecer favorável à aprovação das contas, relativas a 2014, do ex-governador Sérgio Cabral e do atual governador, Luiz Fernando Pezão, ambos do PMDB. Reportagem de ÉPOCA, publicada na sexta-feira (31), revelou que uma dívida de R$ 1 bilhão deixou de ser contabilizada em 2014. Pezão assumiu o governo em abril do ano passado e se reelegeu. Inicialmente, a equipe de 20 auditores do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ) recomendou a reprovação das contas, em parecer de 600 páginas, entendendo que houve desrespeito à Lei de Responsabilidade Fiscal. A recomendação foi modificada pelo secretário-geral de Controle Externo, Carlos Roberto Leal, em um relatório de 60 páginas. No plenário do TCE, os sete conselheiros aprovaram o parecer de Leal. Agora as contas do governo estadual irão à votação na Assembleia Legislativa, que voltou de recesso e analisará o processo (Leiam mais)." 

Juntos Somos Fortes!

segunda-feira, 16 de maio de 2016

O BRASIL PRECISA DE ...

Prezados leitores, a sabedoria popular.



Juntos Somos Fortes!

O QUE ACONTECEU COM A IMPRENSA ESPORTIVA NA NOITE DO DIA 7 DE DEZEMBRO DE 2013?



Prezados leitores, um grande mistério continua sem ser esclarecido no futebol brasileiro.
O que aconteceu com a imprensa esportiva que cobre o futebol brasileiro no intervalo entre o início do jogo Flamengo e Cruzeiro, realizado na noite do dia 7 de dezembro de 2013 (sábado) e o início dos jogos que foram realizados no dia 8 de dezembro de 2003 (domingo), isso pelo última rodada do Brasileirão 2013?
O que determinou o silêncio sobre a escalação irregular do jogador André Santos pelo Flamengo?
A verdade precisa aparecer.
A responsabilidade recai sobre o Ministério Público de São Paulo, onde tramita um Inquérito Civil Público.
Os interessados em obter a resposta podem encaminhar e-mail para o GAECO do Ministério Público (Link):

gaeco.saopaulo@mpsp.mp.br

Nós encaminhamos novo e-mail nesse final de semana.

Juntos Somos Fortes!

REUNIÃO: BOMBEIROS E POLICIAIS MILITARES CONTINUAM MOBILIZADOS

Prezados leitores, a mobilização dos Bombeiros e Policiais Militares terá sequência na reunião que será realizada na próxima terça-feira, às 19:00 horas, na Associação dos Oficiais Bombeiros.



Divulguem e participem.

Juntos Somos Fortes!

domingo, 15 de maio de 2016

O BRASILEIRÃO 2016 COMEÇOU E O BRASILEIRÃO 2013 NÃO TERMINOU




Prezados leitores, o Brasileirão 2016 começou ontem, mas o Brasileirão 2013 ainda não acabou, coisas do Brasil.
A definição da classificação final do Brasileirão 2013, sobretudo no tocante aos clubes rebaixados, ainda depende dos resultados alcançados pelo Ministério Público de São Paulo (MPSP), onde desde 2014 tramita um Inquérito Civil Público (ICP).
Em dezembro completaremos 3 anos da última rodada do Brasileirão 2013, na qual foram escalados 2 jogadores irregularmente, um pelo Flamengo no sábado e outro no domingo pela Portuguesa.
A escalação pelo Flamengo foi fruto de um erro administrativo.
A escalação pela Portuguesa foi também resultado de erros ou foi uma fraude.
Se praticaram uma fraude, qual será a punição a ser imposta aos fraudadores?
Nós tentaremos obter uma cópia do ICP em São Paulo e estamos nos preparativos para cumprirmos tal objetivo, em virtude do MPSP não ter dado publicidade das investigações até a presente data.
O Brasileirão 2013 vai acabar.

Juntos Somos Fortes!


sábado, 14 de maio de 2016

A VOLTA DE DILMA E DO PT



Prezados leitores, o placar favorável de 55 votos a favor da instauração do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), o que determinou o seu afastamento por até 180 dias, contra os 22 votos contrários, parece uma vitória acachapante, uma certeza de que Dilma será definitivamente afastada da presidência.
A verdade não é essa, muito pelo contrário.
Apesar da enorme diferença de votos (55 contra 22), devemos avivar na memória de cada leitor que o afastamento definitivo só ocorrerá com 54 votos (2/3 do número de Senadores).
A verdade é que  bastam que 2 Senadores mudem seu voto, o que não é tarefa difícil, para que Dilma e o PT retorne para o governo.
Ao longo do processo de impeachment, o temporário governo Michel Temer não pode errar, precisa ficar visível a todos que o Brasil melhorou muito sem a Dilma e sem o PT.
Não é tarefa fácil, não só pelas enormes dificuldades para reverter a crise econômica, mas também considerando que o Estado está aparelhado por petistas/simpatizantes (sabotadores) e que alguns movimentos sociais permanecerão por algum tempo tentando inflamar as ruas.
Salvo melhor juízo, o governo começou com um erro de projeto, ao nomear investigados para ocupar ministérios, um tiro no pé.
A situação piorou quando se falou na possibilidade da volta da CPMF, algo que a atual base aliada afirmava que não passaria pelo Congresso, quando a iniciativa foi do PT.
Logo nas primeiras horas o governo Temer atuou contra a sua própria credibilidade, o que é péssimo.
Nos resta torcer para que acertem o rumo, revejam algumas nomeações e a volúpia pelo aumento de impostos, algo que é visto como a única saída para a  salvação do Brasil, apesar de sacrificar o povo.
Caso não tenha o devido cuidado o governo Michel Temer será o principal responsável pela volta de Dilma e do PT.
Eles só precisam de 2 votos.

Juntos Somos Fortes!

VAMOS DESVENDAR AS ENTRANHAS DA POLÍTICA NO RIO DE JANEIRO

Prezados leitores, na edição de ontem o Jornal Nacional noticiou que o ex-governador Sérgio Cabral foi acusado de receber propinas, isso em delações premiadas.
É imprescindível que a população do Rio de Janeiro entre na luta para desvendar as entranhas da política no estado, sobretudo os Policiais Militares, os Bombeiros Militares e os funcionários públicos (ativos, inativos e pensionistas), que tanto estão sofrendo com o atraso constante nos pagamentos.
Assistam o vídeo do vereador Marcio Garcia (Major RR do Corpo de Bombeiros) onde convoca a todos nós para participarmos (1 minuto).


video



Juntos Somos Fortes! 

sexta-feira, 13 de maio de 2016

207o ANIVERSÁRIO DE CRIAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR

Prezados leitores, hoje comemoramos o aniversário da gloriosa Polícia Militar.



Juntos Somos Fortes!

quinta-feira, 12 de maio de 2016

O MARTÍRIO DO TENENTE PM ALBERTO MENDES



Prezados leitores, transcrevemos texto que circula na internet sobre a execução do Ten PMESP Alberto Nunes por comunistas:

"O MARTÍRIO DO TENENTE PM ALBERTO MENDES
Ninguem fala, ninguém lembra... Nós, sim!!!!!! 
HOJE (10), no DIA DAS MÃES de 1970, há 46 anos, a Sra. Angelina tragicamente perdia um de seus dois filhos, o Tenente PM ALBERTO MENDES JÚNIOR, carinhosamente chamado de “PORTUGUÊS”, com 23 anos, pertencente ao Batalhão TOBIAS DE AGUIAR (ROTA). Seu pai, Sr. Alberto, e seu irmão, Sr. Adauto, fizeram parte dessa triste trilogia. No dia 10 de maio o Tenente PM MENDES JÚNIOR também ficaria noivo... 
No dia 08 de maio de 1970 o Tenente PM MENDES JÚNIOR e sua tropa (25 praças) caíram em uma cilada comandada por CARLOS LAMARCA, capitão desertor do Exército Brasileiro, membro do grupo guerrilheiro VPR – VANGUARDA POPULAR REVOLUCIONÁRIA, de ideologia comunista, NO VALE DA RIBEIRA, no sul do Estado de São Paulo, área de matas densas. 
Com grande número de feridos, a tropa da Polícia Militar já não tinha mais condição de prosseguir no combate. Superada a resistência, os guerrilheiros parlamentaram, permitindo o socorro dos feridos, desde que os demais policiais militares permanecessem como prisioneiros. Neste momento, o Tenente PM MENDES JÚNIOR adiantou-se e, oferecendo-se pelos seus homens, conseguiu a liberação de todo o efetivo capturado, permanecendo como único prisioneiro. 
Graças ao oferecimento heroico do Tenente PM MENDES JÚNIOR todos os policiais militares foram liberados e conduzidos ao hospital de Registro, o que salvou várias vidas.
Todavia, como as tropas legalistas cercavam o VPR naquela localidade, decidiram executar nosso herói.
Seus algozes: LAMARCA, YOSHITANE FUGIMORE e DIÓGENES SOBROSA DE SOUZA. 
Dois dias após sua prisão (10 de maio) foi covardemente executado a golpes de coronha de fuzil na cabeça pelos guerrilheiros. Seu corpo foi abandonado desfigurado na floresta, região de Registro, no sul do Estado. Só foi encontrado em 09 de setembro daquele ano, através de longas buscas levadas a efeito por indicações de um dos terroristas preso.
Foi velado na sede do Batalhão "TOBIAS DE AGUIAR" (ROTA), seguindo seu enterro para o Cemitério do Araçá, com grande concentração de pessoas acompanhando sua despedida.
Por seu nobre ato foi promovido, após sua morte, ao posto de CAPITÃO PM!
A guerrilha na região foi sufocada e extinta. 
Seu sacrifício não foi em vão!
Conforme imagem, na sede da ROTA há um Memorial ao nosso Herói.
Detalhe, muitos daqueles guerrilheiros se tornaram políticos..., dos quais alguns condenados no Mensalão e envolvidos na Lava Jato, ainda em trâmite. 
Capitão PMESP Sérgio Marques"

Juntos Somos Fortes!

GOVERNO PEZÃO-DORNELLES: A FARRA DOS CARGOS COMISSIONADOS



Prezados leitores, os militares estaduais e o funcionalismo público do estado do Rio de Janeiro têm sofrido com atrasos no pagamento dos salários, dos proventos e das pensões.
A proliferação dos denominados "cargos comissionados" é uma das razões para a crise.
Eles se multiplicaram no Rio de Janeiro (e no Brasil) para agraciar apoiadores políticos.
É hora de valorizar o servidor público de carreira e por um fim nessa vergonha.

"JOTA-UOL 
Dominadas por cargos de confiança, secretarias do RJ são alvo de ações do MP 
Publicado 27 de Março, 2015 
Por Luciano Bottini Filho 
São Paulo 
Com mais chefes e comissionados do que funcionários de carreira, secretarias estaduais do Rio de Janeiro tornaram-se uma espécie de cabide de empregos, onde ser efetivo ou um subordinado comum é quase uma exceção. O Ministério Público ajuizou neste ano ações contra o Estado do RJ após apurar casos como a Secretaria de Estado de Trabalho e Renda (Setrab), em que para 140 indicados existem 18 efetivos. 
A estrutura organizacional de algumas secretarias chamou a atenção dos promotores que passaram a investigar o excesso de cargos por indicação. Para o MP, muitos mandam, mas poucos são encarregados de executar tarefas. Na metade do quadro da Setrab, dos 27 chefes de serviço, nenhum possui subordinado. O mesmo ocorre com três dos seis superintendentes, sete dos dez coordenadores, três dos quatro assessores-chefe e nove dentre 11 diretores de divisão. 
Outra secretaria do RJ, a de Estado de Governo (Segov), não tem nenhum servidor próprio. São 620 ocupantes de cargos de comissão, dentre os quais apenas 10 são funcionários concursados, cedidos de outros órgãos. Em planilha encaminhada pela Segov, verifica-se que, em 2006, o total de comissionados era 233. No atual governo, esse número triplicou. 
A Promotoria do RJ pediu explicações aos responsáveis pela Segov para entender o que cada um fazia exatamente na pasta e a necessidade de tantas nomeações. A resposta não satisfez. 
“Foi possível constatar que, em sua maioria, os funcionários ouvidos não desempenham função de direção, chefia ou assessoramento”, disse a promotora Glaucia Maria da Costa Santana. A situação demonstraria que “o governo do Estado do Rio de Janeiro vem se utilizando abusivamente da livre nomeação de empregados para o exercício de funções de confiança como forma de ingresso nos quadros da Administração Pública”. 
As ações objetivam que o Estado do RJ realize concursos para regularizar seus quadros. Ainda exigem a declaração de nulidade de todas as nomeações feitas até então. 
“Ao se admitir a prática da contratação de terceirizados ou da nomeação de ocupantes para cargos em comissão fora dos estritos limites permitidos pela Constituição, possibilita-se que os vínculos com o Poder Público deixem de se pautar pelos critérios objetivos de mérito, aferidos através do concurso público”, disse o promotor Vinicius Leal Cavalleiro. Segundo ele, a liberação das vagas nas secretaria passa a “trilhar pelo pantanoso terreno dos interesses pessoais ou dos apadrinhamentos políticos” 
Sobre a Segov, a Procuradoria do Estado informou que “a Pasta tem por finalidade precípua a articulação política entre os Poderes e do Estado com os demais municípios fluminenses, bem como de colaboração com as demais Secretarias de Estado para melhoria na qualidade do atendimento ao cidadão”. Por isso, o setor precisaria de mais flexibilidade nas contratações para atingir a cooperação entre instituições. 
O órgão tem como carro-chefe programas especiais, como a Operação Lei Seca, de blitze no trânsito, Operação Lapa Segura, para reduzir a criminalidade no Rio Antigo e a Operação Barreira Fiscal, que combate a sonegação de impostos. De acordo com o governo, caso a Justiça determinasse a dispensa dos comissionados, esses projetos ficariam comprometidos. 
A Procuradoria de Estado também contestou a ação contra as contratações na Setrab. O órgão já foi vinculado a outras notícias de terceirização indevida, como a contratação de 400 pessoas sem concurso público por meio de um instituto. Segundo o Estado, não houve qualquer irregularidade na pasta, e o governo agiu dentro do seu poder de decisão. 
“Talvez, isoladamente considerada, a estrutura da secretaria, para o serviço em questão, não seja a ideal, mas foi a possível, diante da gama de investimentos que estão sendo feitas no setor, além de depender da configuração de determinadas condições por parte dos órgãos envolvidos”, observou o procurador Rena Miguel Saad (Fonte)." 

Juntos Somos Fortes!

quarta-feira, 11 de maio de 2016

DOIS TIPOS DE DEMOCRACIA

Prezados leitores, dois tipos de democracia.





Juntos Somos Fortes!

POR QUE O IMPEACHMENT DO GOVERNADOR DORNELLES NÃO COMEÇA?



Prezados leitores, hoje deve ser aprovado o início do processo de cassação do mandato da presidente Dilma.
A imprensa dá como certo.
Enquanto isso aqui no Rio de Janeiro, o governador em exercício, Francisco Dornelles, cometeu crime de responsabilidade, mas nenhuma medida foi adotada na ALERJ para que ele passe pelo caminho que está experimentando a presidente Dilma.
Os Policiais Militares, os Bombeiros Militares e os funcionários públicos devem cobrar do presidente da ALERJ as providências que o caso exige.
Tal providência é fundamental para a reversão da gravíssima crise econômica e política que os governos Sérgio Cabral-Pezão e Pezão-Dornelles produziram no Rio de Janeiro.
Retirar, democraticamente, Dornelles e Pezão, convocando nossas eleições para o Palácio Guanabara, surge como a única alternativa contra as crises.

Juntos Somos Fortes!

SUCESSO! BOMBEIROS E POLICIAIS MILITARES PROTESTARAM DOANDO SANGUE



Prezados leitores, Bombeiros Militares, Policiais Militares e funcionários públicos protestaram contra o governo Pezão-Dornelles doando sangue no Hemorio.
A Record foi um dos órgãos de imprensa que cobriu o evento (Leiam e assistam a reportagem).

Juntos Somos Fortes!

terça-feira, 10 de maio de 2016

SÉRGIO CABRAL TERIA EXIGIDO 5% NAS OBRAS DO MARACANÃ



Prezados leitores, os maus políticos irão cair um por um.

Sérgio Cabral, a sua hora está chegando. 




"Revista Época 
Cabral exigiu 5% de propina nas obras do Maracanã, dizem delatores
Em delação premiada, ex-executivos afirmam que ex-governador exigiu o pagamento de “contribuição” para Andrade Gutierrez entrar no consórcio e a permanência da Delta no grupo
SAMANTHA LIMA, COM HUDSON CORREA E DANIEL HAIDAR
10/05/2016 - 18h01 - Atualizado 10/05/2016 18h01
Desde que deixou o cargo de governador do Rio, há pouco mais de dois anos, Sérgio Cabral tornou-se um político recluso. Suas aparições públicas são raras e nada se sabe sobre como passa seus dias. Na época em que começou seu processo de submersão, a súbita discrição era justificada, por ele, pela necessidade de deixar que seu então vice, Luiz Fernando Pezão, se projetasse como candidato à sucessão. Mas havia outros motivos para a saída de cena. Com alto índice de rejeição – dois em cada cinco fluminenses achavam seu governo ruim ou péssimo --Cabral tentava preservar o que sobrara de sua imagem, desgastada por acusações como de gastos excessivos nas obras da Copa, uso particular do helicóptero oficial e favorecimento a empresários, em especial Fernando Cavendish, ex-dono da Construtora Delta. Um conjunto de fotos e vídeos de uma viagem oficial a Paris, em 2011, no qual Cabral aparecia, junto com secretários e com Cavendish, ampliou a rejeição ao governador. Uma das fotos, a mais célebre, mostra Cavendish e parte da equipe do governador posando nas ruas de Paris com guardanapos na cabeça (Fonte)." 

Juntos Somos Fortes!

segunda-feira, 9 de maio de 2016

TENENTE CORONEL DO CORPO DE BOMBEIROS PEGAVA "EMPRÉSTIMO" COM SUBORDINADOS



Prezados leitores, a "Lei de Gérson" está entranhada em todos os lugares.

"Jornal O Dia
Justiça e Cidadania
Adriana Cruz
PUBLICADO EM 07.05.2016 - 23:40
Tenente-coronel do extinto Grupo de Prevenção e Estádios pedia empréstimos a subordinados e não pagava 
‘Tirei dinheiro do meu sustento para dar ao oficial. Sonhei muito com essa farda, para agora ser humilhado como homem e chefe de família por causa da pressão da hierarquia”. A revelação é de um dos militares que caiu no conto do tenente-coronel Carlos Marcelo Corrêa de Mello Silva, do Corpo de Bombeiros. 
Segundo depoimentos, em 2009, quando estava à frente do comando do extinto Grupo de Prevenção e Estádios (Gpreve), no Maracanã, Corrêa usava a boca de ferro — como é chamado o auto-falante do quartel — para convocar ao seu gabinete os subordinados. O chamado provocava calafrios em praças e oficiais porque, a portas fechadas, Corrêa anunciava que precisava muito de ajuda financeira. O oficial seria um especialista em contar histórias tristes envolvendo até mesmo a própria mãe, já idosa, e aproveitava-se da alta patente para pressionar a tropa a emprestar-lhe algum dinheiro. E não era qualquer trocado. Corrêa contaria ainda com a ajuda de funcionários do Banco BMG para saber a margem de crédito consignado dos militares na instituição. 
O arsenal de informações e o poder da hierarquia intimavam os bombeiros a pegar empréstimos de R$ 5 mil a R$ 10 mil no BMG. O dinheiro parava depois na conta de Corrêa. Ele prometia pagar as prestações, mas não honrava a palavra, e o prejuízo — que chegou até a R$ 20 mil em alguns casos — ficava com os subordinados. 
Seis militares tiveram coragem de denunciar o caso à Corregedoria do Corpo de Bombeiros. Corrêa foi denunciado pelo Ministério Público que atua junto à Auditoria da Justiça pelo crime de estelionato. A pena varia de dois a sete anos de prisão. O MP quer ainda que o oficial seja obrigado a devolver R$ 51.296,03 aos militares. 
Em setembro, a juíza da Auditoria da Justiça Militar, Ana Paula Monte Figueiredo Pena Barros, determinou que Corrêa fosse afastado da função. À época, ele estava lotado na Escola Superior de Comando de Bombeiro Militar. No entanto, no Boletim Interno de 25 de abril, ele foi lotado no Departamento Geral de Defesa Civil. A lotação gerou reação. Agora o MP quer saber se o mesmo tratamento costuma ser dispensado a outros réus em processos. 
Em nota, o Corpo de Bombeiros informou que instaurou Inquérito Policial Militar contra o tenente-coronel e resultou em processo na Justiça. Alegou que a atual lotação do oficial cumpre a decisão judicial porque ele está afastado da atividade operacional ou administrativa. 
Sobre a denúncia de envolvimento de funcionários no esquema, o banco BMG alega que segue a legislação dos contratos de empréstimos (Leia mais)." 

Vergonha! 

Juntos Somos Fortes!

BOMBEIROS E POLICIAIS MILITARES DOARÃO SANGUE AMANHÃ



Prezados leitores, amanhã, Bombeiros Militares e Policiais Militares (ativos e inativos), pensionistas e familiares doarão sangue para a população do Rio de Janeiro.
Divulguem!

Juntos Somos Fortes!

MEXAM-SE ! VAMOS MUDAR O PAÍS SEDE DAS OLIMPÍADAS 2016



Prezados leitores,  todos e todas precisam se mobilizar para que a sede das Olimpíadas 2016 seja transferida pelo COI para outro país.
É um escárnio contra o povo brasileiro que passa por tantas carências a realização dos jogos olímpicos.
Mexam-se!

Juntos Somos Fortes!

domingo, 8 de maio de 2016

OLIMPÍADAS NO RIO, TÔ FORA !



Prezados leitores, beira à insanidade não trocar a sede das Olimpíadas 2016 para outro país.

Juntos Somos Fortes!

FELIZ "DIA DAS MÃES" !



Prezados leitores, feliz "Dia das Mães".
A fotografia foi extraída do site das UPPs (Link).

Juntos Somos Fortes!

sábado, 7 de maio de 2016

SÚPLICA DE UM HUMILDE E VELHO SOLDADO AO SENHOR DEUS DE TODOS OS EXÉRCITOS



Prezados leitores, transcrevemos mensagem que circula nas redes sociais. 

"Súplica de um humilde e velho Soldado ao Senhor Deus de Todos os Exércitos. 
Ó Senhor Deus de Todos os Exércitos, porque estamos passando por tanto sofrimento.
Quando pensamos que a situação se acalmaria, eis que o Senhor continua nos mandando cada vez mais momentos de clara injustiça e dor;
Quero deixar bem claro que Longinus, aquele que vibrou com sua lança , golpe mortal em seu Filho Jesus, dizem que era PM, mas não era. Era do Exército Romano. Não temos nada com isso.
Até contra os governantes egípcios, que quase acabaram com seu Povo, o Senhor lhes mandou as 10 pragas do Egito, enquanto contra nós, em rápida estatística, nos últimos tempos, poderíamos listar mais de 16 , a saber:
1. Venda e destruição de nossa saudosa Escola de Formação de Oficiais, da PM do antigo Estado do Rio de Janeiro ( Treme Terra), gênesis do combativo 12º Corpo de Voluntários da Pátria, da Guerra do Paraguai; 
2. Venda e destruição do segundo Batalhão de Policia mais antigo da América do Sul, nosso 2º BPM; 
3. Quase venda e destruição de nosso QG , bicentenário Quartel General dos Barbonos, o mais antigo QG de Policia da América do Sul; 
4. Destruição de mais de 40% do território de nossa Fazenda dos Afonsos, onde estão localizados nosso Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças ( Honrado 31 de Voluntários, da Guerra do Paraguai) e nossa Academia Dom João VI, nossos berços de heróis ; 
5. Quase extinção de nosso Colégio da Policia Militar, casa-mata de nossos órfãos; 
6. Extinção de nosso 1º Batalhão de Policia Militar, a UOp de Policia mais antiga da America do Sul; 
7. Extinção de nosso 13º BPM, justamente aquele que recebeu o nome honrado e histórico do Mártir da Independência de nossa Pátria, nosso Patrono, o Tiradentes; 
8. Extinção de nosso Laboratório Industrial Farmacêutico, notável Órgão de Apoio de Saúde, que fabricava remédios a preço de custo para a família Policial Militar; 
9. Descaracterização de nosso Batalhão de Policia Florestal, nosso amado BPFMA ; 
10. Descaracterização de nosso GAM, Grupamento Aeromarítimo Ten PM Antunes, fazendo-o perder sua principal característica de vanguarda de uma UOp constituída singularmente, para presente e futuro, capaz de patrulhar taticamente Terra, Mar e Ar, nossa pequena Força Armada; 
11. Extinção de nosso calendário de pagamento, nosso histórico e universal punhado de sal, transformando-nos em funcionários de 4ª categoria, em relação aos outros, que recebem antes de terminar o mês trabalhado; 
12. Aplicação de golpe mortal em nossos pilares básicos estruturais, ou seja a Hierarquia e a Disciplina. Valores pétreos na vida militar. Sim pois ao se pagar um Ten Cel, um Capitão, um Soldado da ativa e não se pagar um Cel , um Ten Cel, um Sargento da Reserva, quebra-se a Hierarquia, e com ela, a seu tempo, também se vai a Disciplina. Não somos Ex-PM, não somos Ex-Cel, Ex- Maj, Ex Sgt; 
13. Enfraquecimento gradual, em meios de pessoal, equipamentos e serviços, de nosso HPM/Nit, sustentáculo da família Treme Terra, que sempre cuidou com eficiência e eficácia da saúde de tão sofrida Tropa, desde 1935; 
14. Lançamento, ilegal, dos Inativos e Pensionistas da PM na vala comum do Rio-previdência , mesmo sabendo tratar-se de um órgão previdenciário falido e irremediavelmente destinado a extinção; 
15. Quase retorno à época da Escola Profissional ( EP), década de 20, ferindo substancialmente nossa APM D J VI, causando dolosamente entropia na formação de nossos futuros Oficiais, a ponto de criminosamente sabotarem concursos de admissão, tudo sob a falsa premissa não cientifica chamada pomposamente de " entrada única "; 
16. Redução do efetivo de todas as nossas Unidades Operacionais padrão (BPM ), em mais de 50%, ao não promover o cientifico recompletamento, retirando das mesmas seu potencial de combate e controle da criminalidade, ocasionando com isso o aumento absurdo dos índices criminais em todo território do Estado do Rio de Janeiro; 
Senhor, só aí, de uma tacada só, já listei , 16( desesseis) pragas institucionais. Mas muito mais, muito mais mesmo, desabaram sobre as nossas cabeças; 
Mas nem por isso a Corporação de Vidigal e Castrioto parou de trabalhar um minuto. Sequer cara feia fez. Continuou obrando seu trabalho diuturno, preservando a ordem pública, protegendo e servindo à sociedade de nosso Estado, morrendo e sendo mutilada em defesa das famílias fluminenses. 
Mas Senhor, abrir um Jornal ( O Dia, de 28/4/16), e ver nossa Tropa sendo instruída, naquilo que ela mais sabe fazer, por homens da CORE, da Policia Civil, é demais. Nosso BOPE é um dos melhores do mundo e aí ? Nosso COE é uma departamentalização de Policia de Combate moderna e operosa, e aí? E mesmo sabendo e orando para que ao final, tudo não tenha passado de um maldito equivoco, o primeiro pensamento castrense/ corporativista sadio, que vem a cabeça é : 
"Inacreditável, inexplicável, humilhante, ultrajante, traição institucional, quinta-colunismo, impossível de acreditar e aceitar, etc, etc. Atinge a todos, de 1809 a 2016). "Banana comendo o macaco", "Rabo abanando o cachorro". " Cada um no seu quadrado". Melhor decisão seria interromper imediatamente " UU ", e considerar como um grande mal-entendido. A persistir, que pelo menos a PM ministre em seus Quarteis, um Curso de Instrução e Presidência (CIP) de Inquéritos Policiais, aos Escrivães e Delegados de Policia Civil. Lamentável, extremamente lamentável." 
Mas, após a volta à calma, nos resta apelar mais uma vez para vossa suprema benevolência e sabedoria. Por favor Senhor, suplicamos, não nos mande mais essa PRAGA. Não destrua o brio, o sagrado espirito de corpo e a dignidade que ainda nos restaram. Amém."

Quem souber a autoria informe para que possamos dar o crédito 

Juntos Somos Fortes!

PS: o autor do texto é o Coronel PM Ref Wilton Soares Ribeiro, ex-Comandante Geral da PMERJ.