BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

domingo, 12 de outubro de 2014

O FIM DA DEMOCRACIA REPRESENTATIVA NO BRASIL



Prezados leitores, uma nova eleição ocorre no Brasil e fica cada vez mais comprovado o que temos escrito ao longo de anos nesse espaço: a democracia representativa está chegando ao fim no Brasil.
O que surgirá no seu lugar não sabemos, mas uma nova forma de governo terá que surgir.
Nós temos ousado e apresentado como principal motivo para tal declínio a incapacidade dos eleitores de deter a cleptocracia existente no Brasil através do voto, o que desmoraliza todo o sistema político.
O que impede o nosso povo de mudar esse quadro passa, salvo melhor juízo, pela produção incessante dos nossos milhões de analfabetos funcionais, inteiramente incapazes de interpretar a realidade que os rodeia.
Diante dessa realidade os eleitores brasileiros estão se distribuindo em três grandes grupos:
1) Os que não votam por desacreditarem de todos os políticos.
2) Os que votam sem ter a capacidade de interpretar a realidade nacional e as propostas dos candidatos.
3) Os que votam segundo seus interesses pessoais, objetivando manter ou conseguir vantagens.
Antes da conclusão, citamos um conceito de democracia representativa:
"Democracia representativa:  situação político-administrativa em que o povo governa através de representantes seus, periodicamente eleitos.
(Do grego demokratía, «governo popular», pelo latim democratĭa-, «idem») (Fonte)".
Para concluir sobre o fim da democracia representativa solicitamos que acessem o site do Tribunal Superior Eleitoral (Link) e cliquem no mapa do Brasil (amarelo) situado no lado esquerdo inferior, o que promoverá a abertura de uma tabela com os resultados das eleições no território brasileiro.
Eleitorado total: 142.822.046 eleitores(100,00%).
Abstenções (nem compareceram para votar): 27.698.475 eleitores (19,39%).
Votos em branco: 4.420.489 eleitores (3,84%).
Votos nulos: 6.678.592 (5,80%).
A soma das abstenções, dos votos anulados e dos votos em branco é de 38.797.556 (29,03% do eleitoral do total).
Quase a terça parte dos eleitores não votou em nenhum dos candidatos.
O número é superior ao número dos eleitores que votaram no segundo colocado.
A primeira colocada teve 43.267.668 votos, portanto, um total de 30,29% do total do eleitorado (o site coloca o percentual apenas considerando os votos válidos 41,59%).
Prezados leitores, 100% menos 30,29% resulta na seguinte verdade:
- 69,71% dos eleitores, quase 70%, não votaram na Presidente Dilma.
Obviamente, reprovam o seu governo, mas também não acreditam que os outros candidatos podem fazer melhor, caso contrário, os elegeriam.
O Brasil tem sido governado por políticos que não representam a vontade da maioria da população.
No Rio de Janeiro, por exemplo, o número de abstenções, votos anulados e votos em branco foi superior ao número de votos obtidos pelo primeiro colocado, um completo absurdo democrático.
A imprensa não divulga esses dados, prefere trabalhar com os votos válidos , maquiando a realidade.
A democracia representativa no Brasil está chegando ao final.
O que virá em seu lugar nós não sabemos, mas algo surgirá, mais cedo ou mais tarde.

Juntos Somos Fortes!

12 comentários:

  1. Cel na PMERJ não há democracia nem respeito a constituição, ela de fato é nossa de oficiais mandamos e desmandamos nela forte abraço e que se perpetue esse regime

    ResponderExcluir
  2. Qual foi a finalidade das manifestações ? o povo carioca elegeu o filho do Cabral para federal esses black não sei o que onde estão??? A PMERJ que tem que acabar? Ao meu entendimento o regulamento deve ser humanizado somente tirando a soberania dos oficiais e criando trabalho de fato aos mesmos

    ResponderExcluir
  3. Toda rep3 mínimo um oficial
    Toda PaTaMo fat etc um oficial
    PM é só po e RP o resto é para fins pessoais
    Sem estudar três anos tenho essa visão será que é pq estudei cinco fora de uma instituição que se diz militar?

    ResponderExcluir
  4. Sinceramente a PM não tem profissionais é amadora até na atividade fim se fosse séria estaríamos melhor com votos qualificados

    ResponderExcluir
  5. Oficial é cargo de chefia apenas nada mais porém se acham deuses e se pelam dos paisanos e demais repartições será que é a consciência que só servem para oprimir praças???? Nem postura tem para debater civilizadamente com procuradores, juízes, promotores preferem entubar e descontar praças nem a polícia civil é assim

    ResponderExcluir
  6. Opinião posto máximo para PM capitão para que tanto coronel onerar ainda mais a folha do estado??? Cada cel tem no mínimo dois motoristas e uma vtr combustível full

    ResponderExcluir
  7. PM não tem direito de criticar ninguém enquanto tiver essa estrutura

    ResponderExcluir
  8. FIZ CAMPANHA PARA O CANDIDATO NULO E VOU CONTINUAR FAZENDO. QUEM SABE ASSIM UM DIA TEREMOS 90% DE NULOS, BRANCOS E ABSTENÇÕES E ESTE STF E FFAA TOMEM ALGUMA ATITUDE. NO CENÁRIO INTERNACIONAL AS AUTORIDADES NACIONAIS IRIAM TOMAR UMA COÇA.

    ResponderExcluir
  9. Inacreditável, o mesmo povo que foi às ruas tocar fo@#$%-se, que acampou na porta do apartamento do cabral, que xingou a dilma no estádio de futebol, elegeu o filho do Picciani, do cabral, do garotinho, do bornier e outros herdeiros desta forma falida de fazer política, e ainda é bem provável que eleja o pezão e reeleja a dilma. O Brasileiro tem mais é que s f@#$%¨!!!

    ResponderExcluir
  10. Fim do voto obrigatório e fim da reeleição, já! Talvez , desta forma, os comprados do assistencialismo populista devam ir à praia e desistam de votar, deixando a parada eleitoral para quem se importa com política e consegue enxergar o poder do voto. Enquanto isso não acontecer, eu não voto em ninguém e deixo a eleição por conta dos beneficiários das bolsas-lula da vida. O curral eleitoral do PT é antidemocrático, pois é cercado com cédulas de reais dos nossos impostos sob o pretexto de reduzir a miséria, quando, na verdade, eternizam a miséria para colher votos deste cercado.
    Povo analfabeto, doente, inseguro, morto de fome e burro, pois é escravo do assistencialismo populista!!! Parece até PM, escravo de gratificação e condição, como diz o sgt foxtrot.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.