BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

POLÍCIA MILITAR: UMA GRAVE DENÚNCIA?



Prezados leitores, a seguir transcrevemos um comentário anônimo que sinaliza a gravidade da situação vivenciada na Polícia Militar:

"Anônimo
31 de outubro de 2014 11:11 
Quando aparece um praça honesto que não quer fazer a roda girar, um praça desonesto fala para oficial que "o cara não quer nada", "não quer trabalhar", "é problemático", e outras coisinhas mais... 
Sabe o que acontece com "o problemático"? 
Ele é transferido para serviços inexpressivos, ou para unidades onde vai sofrer, ou arrumam um jeito de enfiar o nome do cara em um IPM para enfraquecê-lo e deixá-lo sem condições de ter alguma credibilidade. 
Quem é PM sabe do que estou falando. 
Os oficiais não querem praça respeitável, mas querem capachos acéfalos que cegamente façam a parte suja, sem questionar, e agradeçam pela chance que estão tendo. Por isso, a PM está entregue a bandidos. 
Oficiais e Praças honestos não querem comandar nada nem combater nada, apenas deixar o tempo passar.
Pensem nisso".

Juntos Somos Fortes!

9 comentários:

  1. Pura verdade e nunca foi diferente hipócrita é o que diz que isso e de agora a PMERJ de fato é uma herança de oficial para oficial

    ResponderExcluir
  2. QUANDO ISSO FOI DIFERENTE?

    ResponderExcluir
  3. E pura verdade. Agora poucos tem coragem de ir contra o sistema. Por isso que eu votei no candidatos dos bombeiros, ele querem ganhar um dinheiro limpo, e os PM'S dinheiro sujo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ninguém precisa votar para ser honesto. Precisamos acabar com essa cultura maldita do uso da PM para ganhar vantagens. Já estamos vivendo a época de ficar trancado em casa porque as ruas estão lotadas de traficantes e o pouco de policiais que resta só está preocupado com o bico, ras, proeis, sacanagem ou abrigo. Está faltando coração nessa PM, porr@! Se todos os praças e oficiais que não suportam mais esta porcaria do jeito que está não fossem omissos, com medo de perder "a condição" ou de tomarem bico, não ia ter escravo de dentro, nem escravo de fora nem capitão-do-mato... Pelo contrário, todos seriam mais respeitados dentro e fora da polícia. Sou da escola do Sátiro: sem hipocrisia, mas também sem banditismo. Viu coisa errada? Prenda seja lá quem for o bandido: praça, oficial ou paisano. Quando é que vamos enxergar que é o nosso sangue e honra que estão jorrando para que canalhas, patifes e "sinhozinhos" fiquem ricos? Recuperem a moral da PMERJ e a honra dos PMs. Ou será que o CFAP e a APM pararam de formar "polícia" de verdade e só estão formando administradores, engenheiros, advogados, modelos e manequins?
      Sgt Foxtrot

      Excluir
  4. quando entrei já era assim 1972 , nunca mudou e jamais mudará,está no DNA. tinha punição geográfica ,tive colega do 10bpm, que foi parar no 2bpm .botafogo.

    ResponderExcluir
  5. isso é grave ? e o HPM/NIT? 14bpm? 8, e outros? roubo de pistolas no bp choque?

    ResponderExcluir
  6. Disse tudo meu camarada . Sempre foi assim. Só que hoje os oficiais estão com o olho maior ainda. As sextas feiras chegam ao ponto de sair 2 oficiais. Um dirigindo e outro no banco do patrulheiro numa o numa viatura de rp para o recolhe.

    ResponderExcluir
  7. Isso e um câncer instalado, na qual o sistema governo serve dele. Enfim, pegam 6 duzia de gato pingado só pra enganar trouxa. A PM E A MAIS CORRUPTA DO PAIS.

    ResponderExcluir
  8. Opinião!!
    Sr. Cel., se estas sórdidas denúncias forem mesmo verídicas, não estava na hora do Governador, convocar os Oficiais dignos da PMERJ, que estão na Res. Rem. ou mesmo Ref., para assumirem o Comando da Corporação e os seus respectivos Batalhões; bem como os Praças também dignos, que por aqui passaram. Bem, ao meu ver alguma coisa terá que ser feita, mas feita com a máxima brevidade, porque do jeito que está, não pode ficar. Em oportuno, deixo de citar nomes, para não ferir a ética. Porém, relacionaria inúmeros Oficiais e Praças íntegros, que já compuseram o efetivo da Corporação.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.