Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

A LUTA CONTRA A FLAPRESS


Prezados leitores, resolvemos divulgar nesse espaço que desde o início desse mês, colocamos no ar um espaço denominado "Em defesa da torcida do Flamengo" (Link).
O objetivo é conscientizar o torcedor do Flamengo sobre a real situação do clube no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil.
Um esforço para minimizar a ação deletéria da FLAPRESS que acaba por iludir os torcedores mais apaixonados, os quais acabam sendo traídos por tal sentimento e esquecem a razão.
O blog é objetivo, contém fatos, esses chatos e não as ilusões que a FLAPRESS gosta de empregar para manipular a opinião dos rubro-negros.
Nove artigos foram publicados.
Ao ler os artigos o flamenguista poderá enfrentar a tristeza se afastar dos sonhos, diante da realidade, mas pelo menos não viverá no mundo das ilusões, onde querem mantê-los.

Juntos Somos Fortes!

17 comentários:

  1. Coronel Paul, obrigado por dividir a sua superioridade intelectual conosco, os manipuláveis flamenguistas. Reconheço nossa incapacidade em resistir a doutrinação diária do Ministério da Verdade. Emocionante seu altruísmo. Muito obrigado, Coronel! Juntos somos fortes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A sua ironia serviu pelo menos para você mostrar que existe o manipulador.

      Excluir
    2. Coronel,

      O senhor é um homem inteligente. E como tal, sabe que, muitas vezes, a ironia é a melhor resposta à outra ironia.
      Sua "preocupação" com a torcida do Flamengo, dedicando um novo blog à ela, é ironia em estado bruto.
      No que diz respeito ao poder da dita Fla-Press, beira o surreal a insistência que a torcida anti-flamengo tem.
      Não gostar do clube, e até, eventualmente, odiá-lo em termos esportivos é normal. Mas é constrangedor ver comentários atribuindo todo tipo de proteção ao CRF. Do Papa a Barack Obama, passando pela NASA e pelos Illuminatis...

      Grato.

      Excluir
    3. Caro anônimo, penso que você comete um erro comum no mundo da nação: atacar a FLAPRESS não significa atacar o Flamengo. Ir contra a FLAPRESS nada mais é do que defender os torcedores da manipulação produzidapor ela. A FLAPRESS explora o próprio Flamengo e seus torcedores.
      No livro eu não acuso o Flamengo de nada, pois o Flamengo não manipula a FLAPRESS. Alguém pode culpar o Flamengo pelo silêncio da imprensa? Claro que não.
      Se você quiser defender a FLAPRESS, isso é um direito seu, mas não confunda o clube com aqueles que o exploram. Você estará sendo injusto com o Flamengo.

      Excluir
    4. Caro anônimo, penso que você comete um erro comum no mundo da nação: atacar a FLAPRESS não significa atacar o Flamengo. Ir contra a FLAPRESS nada mais é do que defender os torcedores da manipulação produzidapor ela. A FLAPRESS explora o próprio Flamengo e seus torcedores.
      No livro eu não acuso o Flamengo de nada, pois o Flamengo não manipula a FLAPRESS. Alguém pode culpar o Flamengo pelo silêncio da imprensa? Claro que não.
      Se você quiser defender a FLAPRESS, isso é um direito seu, mas não confunda o clube com aqueles que o exploram. Você estará sendo injusto com o Flamengo.

      Excluir
    5. Coronel,

      Permita-me voltar ao assunto "ironia". Dizer que atacar a dita FLAPRESS é uma defesa ao Flamengo é algo absolutamente irônico.
      Insinuar que a imprensa protege o CRF é desqualificar o clube e sua torcida. Isso sim muito injusto.
      Bajulações excessivas acontecem em se tratando do clube mais popular do Brasil. Mas a força das "pancadas" é inversamente proporcional quando a crise se instala pelos lados da Gávea. Ou uma quase crise... Parece não haver meio termo em se tratando de CRF. Céu ou inferno. A FLAPRESS tb sabe ser cruel com seu "protegido".
      Por fim, generalizar e insinuar que a torcida do Flamengo, como um todo, não tem poder de discernimento é muito pretensioso e quase arrogante, com todo respeito.
      O MUNDO EM QUE A NAÇÃO VIVE é o mesmo que todos vivem. Cada qual com o seu amor, por sua agremiação...

      Forte Abraço.

      Leandro.
      SRN

      Excluir
    6. Caro Leandro, não podemos esquecer que o futebol é uma atividade comercial, portanto, agradar as maiores torcidas é uma estratégia natural.
      A FLAPRESS não é a imprensa como um todo, obviamente.
      Concordo que tudo com reação ao Flamengo ganha uma dimensão gigante, tanto as vitórias, quanto as derrotas.
      Tanto concordo que no livro considero injustificável o fato dos sites não terem noticiado que André Santos jogou irregular, que o Flamengo seria punido e que corria o risco de ser rebaixado.
      Era o furo do campeonato e ninguém deu.
      Considerando suas próprias palavras, isso não tem explicação.
      O blog que criei obviamente tem um tom de sátira, mas contra a FLAPRESS, pois é inimaginável que alguém possa considerar que eu considere os flamenguistas como incapazes de interpretar a realidade.
      Tenho familiares e amigos que torcem pelo Flamengo, todos se destacam em suas atividades profissionais.
      Só discordo quando diz que a FLAPRESS é cruel contra seu protegido, pois isso nunca ocorre.
      A parte da imprensa que integra a FLAPRESS só vê o lado positivo do Flamengo, o negativo ela esconde.
      É, foi e será sempre assim.

      Excluir
  2. Samuel contra o Bahia21 de agosto de 2015 16:04

    Coronel, um bom lugar pra fazer pesquisas pro seu novo livro é esse link:

    http://estaehapodrehistoriadoflamengo.blogspot.com.br/2013_05_01_archive.html

    Tem vários vídeos e artigos que mostram que os cambalachos urubus começaram bem antes do Flalusagate.

    ResponderExcluir
  3. O engraçado é que aparentemente só o Flamengo é sujo os outros limpos. Tudo que contam dos outros é mentira mas se é contra o flamengo não tem nem defesa é culpado e ponto.
    O senhor pode nos informar como foi o campeonato de 2002, porque o Bangu reclama até hoje? Procuro e não encontro. Será que a flapress falhou?
    Por coincidência do destino toda vez que o flu vai cair tem algo que ocorreu e o salvo. O senhor acredita em coincidência?
    Foi o presidente do flamengo qur abriu champanhe na frente de todos.?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não me acompanha, caso contrário, não teria qualquer dúvida de que não vejo o futebol com os olhos que imagina. Tenho recomendado a leitura do livro "O lado sujo do futebol". Livro que não deixa dúvidas como as coisas funcionam. O Brasil é o país onde os mocinhos são raros, eis a verdade.

      Excluir
  4. Coronel Paul, o começo do site do link que o Samuel indicou acima mostra a forte ligação que existe entre a Globo e o flamengo há muito tempo.

    Essa relação deve ter sido bastante útil no caso flamenguesa e a operação Abafa que aconteceu em seguida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pena que novos artigos não tenham sido postados.

      Excluir
    2. Boa tarde, Coronel Paúl,

      Consegui localizar o texto inteiro da matéria da "fundação" do flamengo pela Globo:

      Quem conta é o rubro-negro Mário de Almeida.

      http://www.canalbotafogo.com/forum/topico.php?eu-achava-que-era-teoria-da-conspiracao

      Excluir
    3. Excelente!
      Bom tema para um livro.
      O antes e o depois da FAF.
      Um abraço

      Excluir
    4. Caros Coronel e Itajara,

      Não se esqueçam de mencionar todo o processo de formação daquele time. Uma máquina de jogar futebol, produzida em casa. E sem Rede Globo...
      E, por favor, falem também que a nova "fundação", se deu em um clube que já era uma paixão nacional consolidada, com a maior torcida do país.
      Grato,
      Leandro.

      Excluir
  5. E o corinthians? Ele é diferente do flamengo? E aí? Tem timaopress? E no Barcelona ou Real Madrid?
    O mundopress tem que ser lembrado também.
    Não se esqueça do fluzinhopress também.

    ResponderExcluir
  6. Mais uma da Flapress:
    Nem mesmo a oscilação do futebol carioca foi suficiente para abalar as vendas de camisas dos clubes. Um levantamento divulgado pela loja Centauro apontou que Flamengo, Botafogo e Vasco foram, nesta ordem, as três camisas mais vendidas do Brasil no mês de agosto.

    O Rubro-Negro, que lançou uniforme novo em maio, manteve com folga a primeira colocação na lista de vendagem, com 30,6% do mercado. Já a equipe da Estrela Solitária, que nesta sexta-feira divulgou seu novo uniforme, alcançou a segunda colocação, com 9,6% do mercado. Em seguida, está o Vasco, que lançou uniformes novos em julho, com 8,9% das vendas de camisas.

    Os clubes paulistas aparecem na somente a partir da quarta colocação. O Corinthians conseguiu uma vendagem de 8,5%, seguido do São Paulo, que teve 8,2% do mercado destinado a camisa nestas lojas.

    Os dados, que estão à disposição no site promovido pela Centauro (http://rankingdascamisas.centauro.com.br/), ainda mostram quem completa a lista das dez camisas mais vendidas do país em agosto. Atualmente, a classificação traz Atlético-MG, Palmeiras, Cruzeiro, Fluminense e Sport.



    O torcedor também pode ter acesso aos números de vendagem por estado graças ao site, que é promovido pela Content House. Aos olhos do diretor de marketing da Centauro, Artur Silva, a página ajudará a trazer uma “disputa sadia” nas redes sociais:

    – O futebol é a modalidade que mais mexe com a emoção do brasileiro e, já que a Centauro também é apaixonada por esportes, queremos levar a disputa dos campos para as redes sociais. Nosso conteúdo para essa disputa serão os dados que integram nossos resultados do e-commerce e lojas físicas de todo o Brasil.

    Já Rafaella Lotto, diretora de planejamento da Content House, aponta que a curiosidade será uma forma de conseguir uma nova interação com o torcedor:

    – O objetivo com esse projeto é transformar em conteúdo o que até então era apenas um dado de vendas. Com certeza, essa é uma curiosidade que todo torcedor tem e que nós trouxemos dos relatórios para as redes sociais. Estamos ansiosos pra acompanhar e participar dessa conversa”.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.