BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

sábado, 1 de agosto de 2015

LIVRO "O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013: SILÊNCIO DA IMPRENSA SOA COMO CONFISSÃO

Prezados leitores, a postura da imprensa esportiva do Rio de Janeiro sobre o livro "O escândalo do Brasileirão 2013 - Como o Flamengo foi salvo do rebaixamento", o produto da mobilização de torcedores do Fluminense e de outros clubes, soa como uma confissão.
Não devemos esquecer que tudo que ocorre com relação ao Flamengo é notícia.
Hoje temos um exemplo publicado no jornal O Dia:



"31/07/2015 21:34:41
Um amor maior que a distância do Brasil
Torcedor veio de Murici, em Alagoas, para acompanhar o treino (Link)."

Parabéns ao torcedor pelo carinho por seu clube.
Perguntamos:
Isso é um fato jornalístico?
A imprensa considera como tal considerando tratar-se de um fato positivo relacionado com o Flamengo.
Agradar a torcida do Flamengo é preciso.
Comercialmente, isso pode ser compreendido.
O que não compreendemos é um livro que trata do favorecimento do Flamengo no Brasileirão de 2013, fato que envolve Portuguesa, Vasco e Fluminense, não ser um fato jornalístico?
Aliás, comercialmente, isso também pode ser entendido.
Falar mal do Flamengo não é bom para os negócios.
No Rio de Janeiro, o Jornal do Brasil foi a exceção, publicando uma matéria sobre a obra.
Nós agradecemos ao Jornal do Brasil pela isenção.
A postura pró-Flamengo da imprensa do Rio de Janeiro é uma das explicações para os sete gols que o Brasil levou da Alemanha.
Imprensa sem isenção, não é imprensa livre.
Imprensa que não é livre, viola os valores éticos e morais do jornalismo.
Imprensa que tem lado, ofende aos valores democráticos.
O livro não tem interesse comercial, não gerará um centavo de lucro para o organizador, nem seria justo, tendo em vista que na verdade o livro foi escrito por centenas de mãos ao longo de um ano e meio de mobilização.
O que nós, torcedores do Fluminense e de outros clubes, queremos é que as investigações do Ministério Público de SP cheguem ao final e que os culpados sejam punidos.
A publicação do livro é mais um passo da luta pela verdade.
Se ela não aparecer logo, nós daremos outros passos, o que nunca acontecerá é a nossa desistência.
Desistir não faz parte do nosso rol de ações.
Os interessados em adquirir o livro escrevam para:
pauloricardopaul@gmail.com

Juntos Somos Fortes!

7 comentários:

  1. Então agora me diga qual livro o senhor viu alguém da imprensa divulgar? Eles não divulgam porque não fazem propaganda de graça pra ninguém, mas essa sua preocupação so mostra o que sempre suspeitei que o senhor quer ganhar dinheiro em cima do nome do flamengo a única emissora que divulga livros É a espn e mesmo assim livros do Trajano que é o dono fã emissora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você nunca ouviu ou leu a imprensa divulgando livros a culpa não é minha.
      A imprensa desportiva inclusive.
      Como anônimo eu não posso prestar contas a você sobre os custos e as receitas com relação ao livro, mas o dia que quiser existir (se identificar) podemos marcar um local e mostro uma prestação de contas para você.
      Não sou escritor, sou um narrador de fatos.
      Não ganho um centavo, aliás, tive prejuízo nos meus 3 livros anteriores (segurança pública), pois doei grande grande das tiragens.
      Eu não preciso do Flamengo para nada, muito menos para ganhar dinheiro.
      O que eu não posso fazer é deixar mais uma falcatrua do futebol ser esquecida.
      Leia o livro e avalie depois.
      Um abraço
      Paúl

      Excluir
    2. Já que não pode deixar a falcatrua esquecida então comece pelas Laranjeiras e pare de querer inocentar culpados.

      Excluir
    3. Leu o livro?
      Claro que não.
      Um abraço

      Excluir
  2. Típico de "mulambo" esse comentário. Deve ler só o Meia Hora.

    ResponderExcluir
  3. Paulo, você deveria ir no Jô, além de tricolor, ele adoraria levantar essa questão, estamos mandando emails para o programa com a sugestão, espero que dê certo, para colocar esta corja no lugar deles.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.