Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

BRASILEIRÃO 2013, APENAS MAIS UM ESCÂNDALO NO BRASIL?


Prezados leitores, o país atravessa uma grave crise econômica e política,isso é de domínio público.
Nós consideramos que o problema é fruto de uma crise muito maior: a degradação ética e moral que significativa parte da população exibe.
Uma gente que busca levar vantagem (indevida) em tudo e que parece estar em todos os lugares da vida brasileira.
Por sua vez a também significativa parcela da população que não vive sob a égide da denominada "Lei de Gerson"sofre as consequências terríveis desse cenário, onde os escândalos surgem a cada dia, cada um maior que o anterior.
Tal quadro é tão grave que faz com que nós, os que estamos cobrando a elucidação do escândalo do Brasileirão 2013, pareçamos preocupados com um mal menor, ou seja, uma possível combinação no mundo do futebol.
O que tal arranjo significa, por exemplo, diante dos milhões de desempregados?
Sem dúvida, quase nada.
Temos problemas muito mais sérios para serem resolvidos do que descobrir se o Promotor Roberto Senise Lisboa estava certo quando declarou para a imprensa que existiam robustos indícios de que alguém da Portuguesa tinha levado vantagem para escalar irregularmente o jogador Heverton, isso no dia 8 de dezembro de 2013.
A escalação irregular salvou o Flamengo do rebaixamento, como comprova a classificação oficial do campeonato, mas isso não significa quase nada diante dos fatos apurados na Operação Lava-Jato, todos nós devemos concordar.
Se os referidos indícios forem provados, se conseguirmos provar quem levou e quem ofereceu tal vantagem, qual a mudança que isso provocaria nesse cenário apocalíptico que vivenciamos?
Nenhuma, concordamos, mas pelo menos seria mais um escândalo esclarecido para servir de exemplo.
Basta de escândalos abafados ou mal explicados no mundo do futebol.
O escândalo do Brasileirão 2013, caso seja comprovado nas investigações do MP de São Paulo, será uma gota de água no oceano de escândalos que cobre quase todo o território nacional, isso é verdade.
Apesar dessa realidade e respeitando a opinião de alguns leitores que consideram que devíamos voltar a tratar de temas de maior relevância, esclarecemos que nós continuaremos lutando para que tudo seja esclarecido sobre os fatos estranhos que ocorreram na última rodada do Brasileirão 2013, inclusive a amnésia coletiva que atingiu a imprensa esportiva brasileira.
Gostem ou não gostem.
Doa a quem doer.
Nós queremos pouco, só queremos a verdade.
Temos convicção que o MP de São Paulo reúne todas as condições para alcançá-la e dar a necessária publicidade, mas lembramos que o tempo é um adversário terrível, um inimigo da justiça.
Não podemos esquecer que os fatos aconteceram no Brasileirão 2013, o Brasileirão 2014 já foi concluído e o Brasileirão 2015 passou da metade.

Juntos Somos Fortes!

Um comentário:

  1. Cel Paúl: a verdade não é "pouco" nos dias atuais, ela é algo quase intangível nessa sociedade de mentirosos e ladrões em que se transformou A MAIORIA (infelizmente) do povo brasileiro (jornalistas incluídos, pois eles não são do Reino Unido, nem da Dinamarca ou do Japão).

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.