Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

sábado, 22 de agosto de 2015

O MISTÉRIO NA INTERPELAÇÃO DO AUTOR DO LIVRO "O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013"


Prezados leitores, ninguém pode negar a grandeza da torcida do Flamengo, representada por milhões de brasileiros, assim como, não pode negar as conquistas do clube da Gávea.
O soma desses fatores resulta na força da marca "Flamengo".
A marca que tem seu valor facilmente demonstrado no contrato das cotas para transmissão dos jogos pela Rede Globo.
Proteger a marca é um dever dos que dirigem o clube, ninguém pode questionar.
Usando a expressão de um leitor rubro-negro tudo no Flamengo alcança uma dimensão muito grande, algo como estar entre o céu e o inferno, dependendo do momento.
Uns dizem que o Flamengo é o clube mais amado do Brasil, outros que é o mais odiado, pois embora a denominada nação seja enorme, o número de "não flamenguistas" é muito maior.
Os próprios flamenguistas solidificaram essa ideia de todos contra o Flamengo, quando criaram a denominação de "torcida arco íris",
Diante desse quadro, historicamente, artigos elogiando o Flamengo concorrem com um número similar de artigos fazendo pesadas críticas.
Imagens enaltecendo o Flamengo também concorrem com imagens ofendendo o Flamengo.
O número de artigos e de imagens com amor e ódio são semelhantes e quase incontáveis, isso só nas redes sociais.
Como fizemos ao longo do livro aconselhamos a que os leitores pesquisem e tirem suas conclusões.
Ficam as perguntas:

Por que os dirigentes do Flamengo resolveram interpelar judicialmente exatamente o autor do livro "O escândalo do Brasileirão 2013 - Como o Flamengo foi salvo do rebaixamento"?

Será que ao longo dos anos os dirigentes do Flamengo interpelaram judicialmente todos que escreveram artigos ou criaram imagens contra o Flamengo?

Se a resposta for sim, devem existir milhões de interpelações judiciais feitas pelos dirigentes do Flamengo no Poder Judiciário.

Se a resposta for não ou o número de interpelações for pequeno, o fato de nos interpelar deve ter uma razão especial.

Não custa lembrar que a imprensa não divulgou  o lançamento do livro e também não divulgou que o Flamengo está nos interpelando judicialmente.

Devem ter esquecido...

Juntos Somos Fortes!

11 comentários:

  1. Algo muito estranho nessa atitude... afinal o que temem? O que o autor do livro teria a dizer que já não escreveu?

    ResponderExcluir
  2. É sério isso!? O senhor está sendo interpelado judicialmente? Se afirmativa for sim, será o fim do mundo. O livro apenas relata as coincidências dos fatos, que foram publicadas na imprensa. Lamentável!

    ResponderExcluir
  3. É que, assim como no caso flamelusa, deu "um branco" na imprensa esportiva, Coronel.

    ResponderExcluir
  4. Ué meu Deus do céu É direito de todos que se sentem injustiçados procurarem seus meios de defesa o fluminense não está processando o Ilídio Lico por se sentir acusado injustamente? Então o senhor achou que falaria o que queria e como bem entendia sem ter que arcar com as consequências? Mas como o senhor diz que está tudo bem pautado não tem nada a temer certo? Acho que o Flamengo pensa como eu, que o senhor quer fazer dinheiro com o nome do clube pois o senhor está vendendo um livro lembra? As outras ocasiões em que usam o nome do flamengo não tem como objetivo o lucro, pode até ser que o senhor também não, mas isso o senhor explica na frente do capa preta e lá o senhor vai ter que dizer com todas as letras qual foi seu intuito com esse livro e nada de deixar subentendido, o senhor sempre acusou o flamengo de modo subjetivo,kkkkk agora chame o Mario Bitencourt pra te defender afinal o senhor estava defendendo o fluminense. Kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como se ganha dinheiro com um livro divulgado de forma quase amadora, sem editora, com um único ponto de venda em local físico (a outra maneira é pelo e-mail do próprio autor)? Isso fora o fato de que o mesmo é vendido a preço de custo.

      Como o senhor explica isso, caro amigo anônimo?

      Excluir
  5. É muito simples de entender, se alguem conta uma mentira sobre mim eu finjo que não escuto, mas se alguem conta uma mentira sobre mim e ganha dinheiro com isso aí a coisa muda de figura, é mais ou menos como no lance do caso Botafogo vs porta dos fundos, todo mundo sacaneou o Botafogo até crítica na imprensa teve, mas qd começou a ter dinheiro entrando na conta de quem fez a brincadeira deu no que deu, é só reparar que não é só o senhor que defende essa ideia tem o aqipossa tem outro blog que também não lembro o nome e até mesmo o senhor que está desde 2013 nessa empreitada, mas a partir do momento que o senhor está lucrando com isso a coisa muda de patamar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiquei sabendo que o Coronel PR Paúl está multimilionário graças ao lançamento desse livro.

      Coronel, por favor, não aprove mais esses comentários! Bani-los não tornará o seu espaço antidemocrático.

      Excluir
  6. Assim como fui contra a interpelação do botafogo contra o Porta dos Fundos, contra a prisão do Paulinho sou também contra a interpelação do flamengo contra o senhor também ao contrário de alguns que comemoram a prisão do Paulinho que com certeza devem está a favor dessa interpelação, porém sabemos que a coerência quando o assunto é Flamengo não existe. Um blogue que deve ser interpelado pelo flamengo é o tal de aqipossa, pois esse dissimina o ódio contra clubes e torcedores do Flamengo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estimula o ódio? Você já ouviu falar no "Urublog", meu caro? Eu me refiro, é claro, ao escritor original daquele blog (que atualmente trabalha para o CRF) e não ao seu suplente.

      Excluir
    2. Fui vítima por ter opinião contrária, nesse blog. Se disfarça de isento mas na realidade estimula o ódio enganando com teorias desconexas. Mas quem gosta de se iludir continue apoiando esse tal de aqiposssa, que nao teve a capacidade de noticiar em primeira mão o erro do Flamengo em 2013. Nem pra isso serve.

      Excluir
  7. Coronel Paúl, não entendo o motivo pelo qual estão processando o Sr.

    Seu livro só mostra notícias sobre o caso flamenguesa que saíram antes na imprensa. Tem links de sites esportivos, fotos de páginas de jornais, inclusive atas de julgamentos.

    Está certo que o Sr. as ordenou para um bom entendimento e também citou as notícias que deixaram de sair na operação abafa.

    Como o Sr. pode ser processado por isso? Por que o flamengo não processa também os jornais e sites que publicaram todas aquelas notícias, tanto as boas, quanto as más sobre o clube. Eles não lucraram com isso?

    É o seu caso, Coronel. Além de somente ter repetido o que a imprensa escreveu, o Sr. usou essas notícias da mesma forma que a mídia usa.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.