BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

"O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013" - ESPN OMITE A VERDADE E ATACA FLUMINENSE



Prezados leitores, dois anos se passaram do escândalo do Brasileirão 2013 e parte da imprensa persiste em omitir a verdade.
A ESPN publicou ontem o artigo "Dois anos depois, veja por onde andam personagens do 'caso Heverton' (Link)" e errou, culposa ou dolosamente (como saber?).
Eis o erro grosseiro:

(...)
"MÁRIO BITTENCOURT
 Foi o advogado que representou o Fluminense no STJD. O clube carioca, rebaixado no campo no Brasileiro de 2013, se apresentou como terceiro interessado na questão e acabou se salvando do rebaixamento. Bittencourt ganhou protagonismo no caso e, em maio de 2014, foi indicado pelo presidente Peter Siemsen para assumir como vice de futebol tricolor, cargo que ocupa até hoje."
(...)

Quem foi salvo do rebaixamento pela escalação do jogador Heverton foi o CLUBE DE REGATAS DO FLAMENGO, não existe mais qualquer dúvida.
Transitou em julgado, como dizem os juristas.
Logo após os fatos, dia 19 de dezembro de 2013, o advogado Michel Assef Filho, rubro-negro fanático, escreveu:

(...)
"Não fosse o descuido da Portuguesa... éramos nós na Série B" (Link)".
(...)

Recentemente, um candidato à presidência do clube de regatas falou isso com clareza cristalina em um debate entre os candidatos (Link).
Por que a ESPN escreveu que o salvo do rebaixamento foi o Fluminense?
Falta de informação?
Impossível.
Atacar o Fluminense e com isso defender o Flamengo?
Não temos como confirmar.
O certo é que foi um erro gigante, uma omissão da verdade.
No intuito de auxiliar a ESPN sugerimos que os seus funcionários leiam esse breve artigo e que consultem a classificação final do Brasileirão 2013 no site oficial da CBF (Link), assim aprenderão de uma vez por todas que a escalação de Heverton salvou o CLUBE DE REGATAS DO FLAMENGO do rebaixamento.

Juntos Somos Fortes!

8 comentários:

  1. No campo foi o fluminense sim que caiu. Nos tribunais foi o flamengo. que foi salvo. Vcs vão ficar doidos com isso hem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lamentável o seu desconhecimento dos fatos. O que fazer?

      Excluir
    2. No campo do jogo o fluminense foi rebaixado. Ai o flamengo escalou jogador irregular e Perdeu os pontos justamente e assim ajudou o Fluminense porém a Portuguesa ajudou o Flamengo e o salvou. Mas pra isso tudo acontecer houve julgamento no tapetao.So nao venham dizer que o flamengo é forte nos tribunais.
      O fluminense conseguiu ganhar os pontos do jogo de 1991 contra o botafogo mesmo o jogo sendo nas laranjeiras e com as duas torcidas brigando. Ninguém conseguiu essa proeza, só o rei do tapetao. Vc tem algo a flqr sobre isso acha que isso foi justo também.
      Fluminense agradeça o flamengo por não cair e flamengo agradeça a portuguesa por não cair. O resto é historia de torcedor querendo dolo mas não consegue provar e ficam no achismo.

      Excluir
    3. Agora não boto a mão no fogo por ninguém. Se for provado o dolo, que os envolvidos paguem por isso. Inclusive rebaixando os envolvidos.

      Excluir
    4. O Fluminense caiu em 2013 pelo REGULAMENTO e não EM CAMPO. Fato. Mas isso não muda o fato de que teve uma campanha pífia.

      Excluir
  2. O Fluminense venceu o seu último jogo; suspeitas de maracutaia de um certo jogo do São Paulo com um time do Sul. Eles não esperavam que o Flu vencesse o seu jogo com o Bahia e se descuidaram de certos detalhes. O jeito foi receber uma ajudinha da cúpula da Portuguesa. Simples assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda tem o caso do jogo vasco e atlético PR, muito estranho tudo aquilo, os mulambos tentam esconder, mas é óbvio demais! Porém eles tem a imprensa para ajudar.

      Excluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.