BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013 - FALTOU INVESTIGAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DE SÃO PAULO

Alexandre Barros, presidente da Portuguesa

Prezados leitores, nós que tivemos acesso aos autos da investigação e tiramos cópia de parte deles, concordamos com as palavras do atual presidente da Portuguesa, Alexandre Barros: "Faltou o Ministério Público apurar. Isso é caso de polícia".
Nas declarações ele trás fatos novos sobre o caso.
Leiam a matéria e assistam a reportagem:

"BANDSPORT
terça-feira, 21 de fevereiro de 2017 - 13h57
Faltou apuração do MP, diz presidente da Lusa sobre Caso Héverton
Alexandre Barros, novo mandatário rubro-verde, falou sobre o caso que rebaixou a Portuguesa em 2013 
"Faltou o Ministério Público apurar. Isso é caso de polícia". Essa frase é do atual presidente da Portuguesa, Alexandre Barros, sobre o 'Caso Héverton', que rebaixou a Lusa para a Série B em 2013. 
O mandatário rubro-verde participou do Primeiro Tempo, do Bandsports, nesta terça-feira, e falou sobre o caso que levou o clube do Canindé para a segunda divisão do Brasileiro. Barros conta que o ex-meia da Lusa não foi ai seu julgamento. 
"Conversei com o Guto [Ferreira, técnico da Lusa na época] várias vezes. Ele disse que não foi informado do julgamento e nem da punição. O Héverton foi o único jogador que não foi no tribunal. Todos estiveram. Então, existem dúvidas", disse. 
Alexandre Barros ainda confidenciou que Héverton não estava relacionado para o jogo e só participou da partida após o pedido de um ex-companheiro de equipe. 
"O Héverton não estava na relação. O Souza [meia, ex-São Paulo] contundiu no treino e pediu para o Guto relacionar o Héverton, falou que precisava jogar para arrumar outro clube. Aí o Guto levou e aconteceu toda aquela tragédia", concluiu (Leiam mais e assistam a entrevista)". 

Juntos Somos Fortes!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.