BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

CRISE REABRE O DEBATE SOBRE A DESMILITARIZAÇÃO DAS POLÍCIA MILITARES

Prezados leitores, o eterno debate continua sem que ninguém apresente o PRODUTO FINAL da desmilitarização e da unificação (ou não) das polícias estaduais.




"Jornal O Dia
Crise na PM reabre debate sobre a desmilitarização 
De um lado, defensores do modelo tradicional, regido hoje, de polícia de controle. Do outro, os que lutam por uma polícia mais cidadã 
12/02/2017 06:00:00
FRANCISCO EDSON ALVES
Rio - O calor do polêmico movimento da Polícia Militar do Rio de Janeiro e do Espírito Santo por melhoria salarial e condições mais adequadas de trabalho, que deixou a população dos dois estados com os nervos à flor da pele nos últimos dias, reacende a antiga discussão sobre a desmilitarização da corporação. O assunto divide opiniões e é motivo de debates exacerbados em todo o território nacional, especialmente nas redes sociais e no Congresso Nacional, onde tramitam duas Propostas de Emenda à Constituição (PEC 102 e PEC 430) sobre o tema. De um lado, os defensores ferrenhos do militarismo, como o coronel militar da reserva, Paulo César Lopes, conhecido como linha dura, pelas punições severas que impunha a policiais corruptos ou que transgrediam disciplinas internas (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!

3 comentários:

  1. Só estão esquecendo de consultar a população, não?

    ResponderExcluir
  2. Também sou contra a desmilitarização das PMs. Todavia, acho que seus regulamentos disciplinares deveriam ser revisto e atualizados de acordo com as necessidades atuais. Paulo César Lopes é um fanfarrão frustrado que nunca passou de um reles comandante de batalhão convencional. Nunca passou perto de ser escolhido comandante geral, a despeito de, na época em que ainda estava na ativa, a Globo fazer propaganda para que ele fosse o escolhido. Talvez seja este o motivo de tanto ódio para com seus subordinados. É decrepto, ditador e gostava de abusar de um poder que, como o de seus pares de ideologia e patente, só tinha da porta do batalhão pra dentro e para com seus comandados. Enfim, para melhorar a polícia militar, não precisa desmilitarizar. Basta preparar melhor o profissional que vai atuar nas ruas e também os que vão comandar, basta melhorar a infraestrutura da instituição, investir em melhor condições de trabalho, salários, valorizar o policial, tanto a sociedade, que é a principal cliente do serviço policial militar, como os oficiais que comandam cias e batalhões, sobretudo os oficiais coronéis. Atualizar o arcaico RDPM é de suma importância pra isto. É preciso expurgar a corrupção da instituição, algo difícil, tendo em vista que a cultura de se corromper não é algo inerente às polícias militares, mas sim do povo brasileiro. Ninguém vira corrupto, tão pouco aprende como ser, dentro da polícia militar. É preciso, para isto, uma corregedoria que não seja seletiva e só prenda pra baixo, como ocorre hoje em dia na instituição.
    Contra a desmilitarização, sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Afinal, vc é contra ou a favor da desmilitarização? Eis aí um outro problema de toda a sociedade: as pessoas querem escrever uma coisa e escrevem outra jurando que disseram o que, inicialmente, desejavam. A mesma coisa ocorre durante a leitura de textos.

      Excluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.