BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

POLÍCIA MILITAR - PROMOÇÕES - CRÍTICAS E SUGESTÕES



Prezados leitores, a seguir transcrevemos um comentário anônimo contendo ideias para a ascensão profissional e críticas ao atual estágio corporativo:

"Anônimo
11 de novembro de 2014 20:16
Coronel Paul, acredito que não há mais espaço para promoções de natureza normativa pura, ou seja, promovidos por tempo de serviço em virtude de lei. A bem da verdade nem meritocracia cega, na qual o policial faz um concurso e, depois se aprovado é submetido ao curso no qual aprende-se nada. Essa é a verdade. Sou SGT de curso e o pouco que aprendi, foi por interesse pessoal. A PM não tem estrutura para qualificar seus profissionais e ainda que tivesse não é o bastante para formar um policial apto as exigências sociais. Não é mais cabível que um profissional de segurança não tenha uma formação acadêmica. Deveríamos criar uma estrutura diferenciada para quem se especializar. Claro que para tanto é necessário criar um sistema intermitente, ou seja, só alcança determinados postos se possuir um currículo. Desta feita, não será apto a graduação de SGT se não possuir uma graduação em direito ou administração por exemplo. Paga-se uma bolsa ou ajuda de custo para CB e SD que ingressar na faculdade, mas não haverá promoção à SGT se não possuir nível superior. Assim o PM deixa de ocupar o substrato da segurança pública, o policial passa a ser cidadão novamente, capaz de trocar tiros e também palavras, capaz de apreciar um fato e saber se esta diante de um fato típico, um mero injusto, se ele próprio é agente passivo. Para não ser esculachado em DP, como já ocorreu diversas vezes. Não é mais possível conceber profissionais sem capacidade interpretativa, dando azo a Amarildos e etc.. achando que oficial cmt de cia é imune ao sistema repressivo do Estado. Tem que interpretar, saber fazer a leitura, buscar a essência das propostas, tem que ter capacidade decisória. Talvez com mais tempo de estudo e com um pouco mais à perder o PM passe a comportar-se como profissional e tenha legitimidade para exigir da sociedade tratamento condigno. ESSA PM QUE ESTA AÍ CORONEL NÃO TEM SOLUÇÃO, NÃO É TROPA É UM AMONTOADO. QUEM MANDA NÃO É O CORONEL E QUEM OBEDECE NÃO É O SOLDADO. MANDA QUEM LEVA O ARREGO E OBEDECE QUEM TEM JUÍZO".

Juntos Somos Fortes!

4 comentários:

  1. O culpado é o finado Juscelino Kubitschek que tirou a capital federal do Rio de Janeiro e levou para Brasília. Não fosse isso, estaríamos todos ganhando aquele salário federal, do soldado ao coronel, e a exigência de escolaridade seria nível superior.

    ResponderExcluir
  2. Gente esse sargento de curso já era bacharel ou algo desse tipo quando se tornou sargento? Conta-se nos dedos os sargentos de curso nessa PMERJ que são de fato bons, assim como os QOAs que existem. Esquecem que um dia pertenceram a tropa e hoje faz o papel de testa de ferro do comando desrespeitando a tropa, para mim deveria ser oficial o bacharel com concurso interno, enquanto não há respeito aos praças, de sd a sub são tratados da mesma forma para que exigir nível superior ? Dignidade já com escalas descentes não cito nem remuneração o descanso para iniciar um processo de mudança, o pronasce aqui do RJ ia pagar R$1.200,00 face as olimpíadas cade? algum artista inventou que com essa verba poderia aumentar o efetivo nas ruas quem trabalhar ganha senão, enquanto fizerem isso com o policial para que qualificação????? Essa profissão é estigmatizada os que ainda tem um pouco de dignidade são os oficiais pelo tradicionalismo do militarismo por enquanto .

    ResponderExcluir
  3. Penso que a dignidade de cada policial que atua na rua é algo de atitude unica e exclusivamente individual! Pois nós temos advogados, magistrados e até políticos que com seu livre arbítrio mete os pés pelas mãos, com muito menos sabedoria do quanto pesa o seu conhecimento! Quanto ao ser sargento, não é de competência da graduação, pois os elementos de execução são cabos e soldados! Os oficiais, seria caso de extinção na PMERJ em alguns Postos! A policia deveria ter apenas até Capitão! Para que Coronel? Para que subtenentes? São cargos na policia sem função! Deveria ser de soldado a capitão, eliminando o cargo de subtenentes, major, tenente coronel e coronel, pois não há necessidade disso para a sociedade e para a função policial militar!

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.