BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

terça-feira, 18 de novembro de 2014

UPPs: AVISAMOS QUE JOGARIAM A CULPA TODA NA POLÍCIA MILITAR

Prezados leitores, nós avisamos que jogariam a culpa pelo fracasso das UPPs na Polícia Militar.

(Jornal Publimetro - RJ)


Juntos Somos Fortes!

3 comentários:

  1. De certa forma o Xico tem razão. Porém, faltou a ele destacar que jamais haverá pacificação alguma (só no nome do projeto do Cabral e nas notícias da Globo) enquanto se imaginar que ela será fruto do trabalho de qualquer polícia.
    Pacificar uma dessas comunidades onde crianças cresceram tendo o modus operandi marginal como referência para subir na vida (além dos Mcs, pagodeiros e jogadores de futebol da mídia com seus tênis, cordões e mulheres "modelos?") depende muito mais de oportunidades que eduquem, que forneçam saúde, bem estar, lazer, cultura e emprego, do que ações policialescas "hollywoodianas" que somente servem à mídia e à promoção pessoal de aventureiros que logo adiante se lançarão em disputas eleitorais almejando maior proximidade com os cofres públicos.
    Quem acredita que meia-duzia de jovens policiais (oficias e praças) irá conseguir restabelecer a paz em locais que mais parecem estados independentes da união?
    A propósito, quem deveria COMBATER o narcotráfico é a polícia ostensiva (Militar) ou a as polícias judiciárias (Civil e Federal)? A PM, né? O efetivo é maior e também menos exigente ao seguir ideologias minuciosamente elaboradas (basta oferecer um cargo com nome bacana ou uma gratificação)...
    Pois é, a culpa sempre será da PM... uma instituição que ninguém ousa defender e que se contenta com uma massagem no ego.
    Sgt Foxtrot

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Escreveu, escreveu e disse pouco. Isso que vc fala todo mundo já está careca de saber.

      Excluir
  2. É mesmo? Todo mundo tá careca de saber? Por que o jornalista não incluiu no seu texto? Acho que quem não está dizendo cosa com coisa é você, pois o comentário das 15:44 disse exatamente o que é..

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.