BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

GOVERNADO PEZÃO QUER QUE SERVIDORES E MILITARES PAGUEM PELO "ROMBO"

Prezados leitores, como temos publicado desde o início da crise econômica os governos federal e estadual querem cobrir o rombo do cofres do Rio de Janeiro com o dinheiro dos servidores, militares (policiais e bombeiros), inativos (aposentados) e pensionistas.
É claro que os protesto irão continuar contra essa ideia absurda.
Os governos Temer e Pezão devem buscar uma saída que não penalize mais ainda os que já pagam todas as contas. 


governador Pezão e presidente Temer

"Jornal O Dia 
Rombo de R$ 18,3 bi deve cair na conta de inativos 
Citados, Cabral e Pezão, têm que explicar problema no Rioprevidência 
10/02/2017 09:00:00 - ATUALIZADA ÀS 10/02/2017 10:09:32
ADRIANA CRUZ
Rio - Operações recheadas de irregularidades para captar recursos nos bancos do Brasil e Caixa Econômica Federal, além do mercado financeiro dos Estados Unidos, deixaram o saldo de R$ 18,3 bilhões de dívida para o Fundo Único de Previdência Social do Estado do Rio de Janeiro (Rioprevidência). O pagamento, previsto para até 2020, tem como garantia royalties do petróleo, maior fonte de renda da autarquia para garantir a folha de 236 mil aposentados e pensionistas. 
Se hoje os beneficiários sofrem com os atrasos salariais, o relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE) alerta sobre a bancarrota no futuro do fundo. A quebradeira foi identificada por uma auditoria nas contas de 2015 do governo. São apontados como responsáveis o ex-governador Sérgio Cabral; o governador Luiz Fernando Pezão; o ex-diretor-presidente e atual secretário estadual de Fazenda, Gustavo Barbosa, e Reges Moisés dos Santos, hoje à frente do fundo. Ontem, a Corte decidiu que eles têm que dar explicações no prazo de 30 dias (Fonte)". 

Juntos Somos Fortes!

Um comentário:

  1. MAS,ESSA SACANAGEM,JÁ VEM DE MUITO TEMPO E NINGUÉM VIU NADA.
    CADÊ A JUSTIÇA,O MPE,O TCU,O STF QUE SÃO ÓRGÃO INÚTEIS E DE GRANDE DESNECESSIDADE.
    POR FALAR EM JUSTIÇA,ISSO EXISTE AQUI NESSA BOSTA DE PAÍS E NESSA BOSTA DE ESTADO.
    SÃO PODERES DESAVERGONHADOS QUE,ENVERGONHAM OS HOMENS DE BEM.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.