Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

PEZÃO NÃO FAZ ECONOMIA E QUER QUE FUNCIONÁRIOS E MILITARES PAGUEM A CONTA

Prezados leitores, o governo Pezão não tem feito a parte dele para gerar economia para o estado do Rio de Janeiro.
Pior, continua insistindo que os funcionários e os policiais paguem a conta.




"Jornal Extra
13/02/17 04:30 Atualizado em 13/02/17 07:16 
Estado só cortou 7% dos cargos comissionados desde dezembro de 2015 
Rafael Galdo - O Globo Tamanho do texto A A A RIO - Mesmo com o pires na mão para tentar contornar a crise, o governo estadual não fez o dever de casa. Uma das principais medidas de austeridade anunciadas, o corte de 30% dos cargos comissionados que incham a máquina pública, nem chegou perto da meta. De dezembro de 2015, quando os problemas de caixa começaram a se tornar mais graves, ao mesmo mês do ano passado, a redução de cargos comissionados na administração direta foi de cerca de 7%. Em números absolutos, o total de pessoas contratadas nessa modalidade passou de 5.597 para 5.203. E esse é apenas um exemplo (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!

Um comentário:

  1. É brincadeira! Não corta secretaria, não corta cargos comissionados, e principalmente, não rever a isenção fiscal de empresas amigas, contudo, quer que a gente pague a conta.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.