BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

quarta-feira, 7 de junho de 2017

GRAVE DENÚNCIA CONTRA EX-CHEFE DA CASA CIVIL DE SÉRGIO CABRAL

Prezados leitores, aliados do ex-governador Sérgio Cabral continuam sendo denunciados.



"Site G1
Operador de Cabral diz que levava remessas de R$ 100 mil para Régis Fichtner dentro do Palácio 
Ex-secretário da Casa Civil foi citado em depoimento de Luiz Carlos Bezerra aos procuradores da Lava Jato. Em nota, a defesa de Fichtner diz que a acusação é 'leviana e mentirosa'. 
Por GloboNews 
06/06/2017 19h29 Atualizado há 5 minutos 
Mais um ex-secretário de estado foi citado em depoimento como receptor do dinheiro do esquema criminoso que, segundo o Ministério Público Federal (MPF), era chefiado pelo ex-governador Sérgio Cabral. Luiz Carlos Bezerra, apontado como um dos operadores financeiros do grupo, disse aos procuradores da Lava Jato que deu dinheiro para o advogado Régis Fichtner, ex-chefe da Casa Civil. 
Segundo o depoimento, os valores de cada remessa seriam de R$ 100 mil, entregues dentro do Palácio Guanabara e também dentro do escritório de advogacia de Fichtner. O operador disse que os valores forem levados em espécie por "quatro ou cinco vezes", de meados de 2013 até abril de 2014 – "salvo engano", disse (Leiam mais e assistam a reportagem)". 

Juntos Somos Fortes!

3 comentários:

  1. Esse é mais um dos bandidos perigosos da quadrilha do serginho. Mafioso, escroque, tem mais que se fuder

    ResponderExcluir
  2. Excepcional trabalho, cel Paúl , nessa sua ação contínua visando trazer à tona, as falhas erros e o crime oculto A cada dia vem à tona um novo susto na sequencia desse pesadelo. Precisamos interromper esse sono e acordar de vez

    ResponderExcluir
  3. Essa proteção que ele recebe,talvez possa estar relacionada com a corrupção de alguns membros do poder Judiciário.
    De repente o cara falou:"Se NÃO ME BLINDAREM<EU CAGUETO GERAL"

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.