Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

quarta-feira, 14 de junho de 2017

RIO - A POLÍCIA MILITAR E OS POLICIAIS MILITARES PEDEM SOCORRO



Prezados leitores, os Policiais Militares ativos, inativos e as pensionistas estão pedindo socorro.
A falta do pagamento do 13o salário e os atrasos contínuos no recebimento dos salários, proventos e pensões estão causando sérias dificuldades financeiras a todos, um problema que se agrava cada vez mais com o pagamento atrasado das contas mensais.
Não podemos esquecer que no aspecto financeiro os ativos também não estão recebendo a atualização salarial decorrente das suas promoções.
Além dos problemas financeiros, ativos, inativos e pensionistas sofrem quando precisam de atendimento na rede de saúde da instituição.
A instituição sofre em todos os seus setores com a falta de dinheiro para a adequada gestão.
Sem dinheiro não existe como a logística funcionar.
A parte mais visível da crise para a população são as viaturas que não estão sendo manutenidas adequadamente.
Viaturas sem vidro, com amassados na lataria e com problemas em faróis e lanternas. 
Se nada for feito pelo governo estadual poderemos a ter de volta as "sucatas ambulantes", mas a solução não pode passar pelos contratos superfaturados que foram celebrados no passado recente e que resultaram em ação contra integrantes do governo Cabral-Pezão.
A Polícia Militar e os Policiais Militares pedem socorro para que possam continuar servindo e protegendo a população fluminense.

Juntos Somos Fortes!

2 comentários:

  1. Quem pede socorro são os INATIVOS REFORMADOS,E AS PENSIONISTA Coronel Paúl, porque os Ativos sempre dão o seu jeito,e acham que nunca serão INATIVOS,ou até mesmo deixarão PENSIONISTA,e se submetem a ir pra rua com sucatas ambulantes, e com armamento velho e sem munição e coletes balístico.

    JUNTOS SOMOS FORTES.

    ResponderExcluir
  2. As Policias vão ter que abrir mão do prazer de ser "autoridade" que o Estado lhes confere ( já que o prazer do bom ganhos e mordomias não existe) e devem logo se unir ao povo brasileiro , nesse momento crucial da Nação, numa União Nacional Patriótica. Ou serão descartados pelo Estado e pelo povo. Torço pela polícia de todo o Brasil que pensem como cidadãos e não como braços do estado. Isso é uma estupidez e não tem nais sentido. O Estado virou nosso predador

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.