BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

JORNALISTAS COMEÇAM A PEDIR DESCULPAS AO FLUMINENSE



Prezados leitores, uma parte significativa da imprensa esportiva fez graves acusações contra o Fluminense quando a Portuguesa salvou o Flamengo do rebaixamento no Brasileirão 2013.
As acusações careciam de qualquer fundamentação, mas elas atingiram em cheio o clube a torcida.
Naquele momento, iniciou-se uma grande mobilização nas redes sociais que contou com a participação do nosso espaço democrático, a qual acabou demonstrando que o grande beneficiário de tudo que ocorreu com a Portuguesa foi o Flamengo e não o Fluminense.
Os fatos, esses chatos!
Apesar dessa verdade cristalina até a presente data lemos e ouvimos na imprensa que o clube salvo foi o Fluminense.
Os jornalistas que insistem nessa tecla ofendem a inteligência mediana de quem os lê ou ouve, tendo em vista que basta uma consulta à classificação oficial do Brasileirão 2013 para comprovar que o Flamengo foi salvo.
Ultimamente, alguns jornalistas têm se desculpado com o Fluminense, como publicamos recentemente, só que eles não estão fazendo isso como devem, eles precisam usar o veículo (televisão, rádio, redes sociais, etc) onde difamaram o Fluminense e consumindo idêntico tempo.
Eis o pedido de desculpas feito de modo correto.
Por derradeiro, aproveitamos para aconselhar aos integrantes da imprensa que ainda não se desculparam que o façam com a devida brevidade, pois a cada dia ficará mais claro que não foi o Fluminense o beneficiado.

Juntos Somos Fortes!

2 comentários:

  1. Acho que eles estão com medo de serem processados pelo Clube e pelos torcedores, por difamação e calúnia...

    ResponderExcluir
  2. Será que, caso não tivesse sido demitido da ESPN, o Trajano teria pedido desculpas ao Fluminense FC e à sua torcida?

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.