BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

quinta-feira, 1 de junho de 2017

GOVERNADOR PEZÃO SEGUE PREJUDICANDO MILITARES E SERVIDORES

governador Pezão e presidente Temer

Prezados leitores, o governador Pezão não desiste de fazer com que os militares (policial e bombeiro) e os servidores públicos paguem pelo rombo nas contas do estado do Rio de Janeiro produzido pelos governos Sérgio Cabral-Pezão.
Adiar promoções e não pagar os salários correspondentes após a efetivação delas é a nova tática de Pezão para prejudicar militares e servidores.

"Jornal Extra
01/06/17 05:00 
Estado do Rio restringe autorizações para promoções e progressões de servidores 
Nelson Lima Neto 
O governo do Estado vai oficializar, a partir dos vencimentos de maio, o bloqueio sobre a concessão de promoções, progressões e enquadramentos de carreiras entre os funcionários do Estado. A partir de agora, a elevação natural dos vencimentos só será concedida com o encaminhamento de arquivo de dados a ser gerado pelo órgão de origem do servidor, além da exigência de parecer favorável aprovado pela Procuradoria Geral do Estado. 
A Secretaria de Fazenda e Planejamento já encaminhou a outras pastas e entes do Estado, ofício notificando a mudança. O EXTRA teve acesso a um desses documentos. Em nota, a Secretaria infirmou que medida está sendo adotada em função das limitações geradas pela Lei de Responsabilidade Fiscal, que exige o controle sobre o aumento dos vencimentos dos servidores. 
Entre os funcionários, a dúvida é se a aplicação da regra será efetiva para todas as categorias e classes de servidores. Praças do Corpo de Bombeiros contaram que aguardam suas promoções desde outubro de 2016. Alguns estão perdendo cerca de R$ 400, por mês. Em nota, a corporação afirmou que “os dados estão sendo complementados para envio ao Plenejamento”. 
— Enquanto isso, oficiais foram promovidos. Estamos perdendo dinheiro — disse um praça que espera ser publicada sua patente como 1º tenente. 
O temor é o mesmo de agentes da Polícia Militar. Um grupo servidores teve sua promoção publicada no Boletim da corporação, em abril. Ela já tem validade sobre o vencimento de maio, mas a suspensão da elevação do salário pode colocar em dúvida o pagamento. 
Categorias da área da Fazenda, como analistas fazendários, de Planejamento, como executivos públicos, e da Educação também reclamam a falta da aplicação sobre enquadramentos (Fonte)". 

Juntos Somos Fortes!

Um comentário:

  1. Agora ele quer cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal ?
    Quando ele devia ter cumprido não cumpriu, prova disso que o TCE reprovou as contas do Governo,e que a ALERJ irá fazer o julgamento POLÍTICO,e com toda certeza será aprovado, tal como foi o estado de calamidade financeira, que foi prorrogado até 2018 Coronel Paúl!
    Uma vergonha,e o pior que o PEZÃO está sendo blindado pelos deputados.

    JUNTOS SOMOS FORTES.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.