BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

quarta-feira, 7 de junho de 2017

VÍDEO - CENAS FORTES - A NECESSIDADE DA ATUAÇÃO DAS FORÇAS ARMADAS NO RIO DE JANEIRO

Prezados leitores, nós temos insistimos que deixou há muito tempo de ser questão que possa ser resolvida pela Polícia Militar, a tomada e a ocupação das partes do território nacional  (comunidades carentes dominadas pelo tráfico) que foram dominadas por grupos armados que usam armamento de guerra (superior ao das polícias), onde exercem o monopólio da força, da justiça, da tributação, entre outros.
O vídeo a seguir contém cenas fortes.
Ele circula nas redes sociais com a informação de ter sido filmado em uma dessas partes do território nacional.
Nele os traficantes exercem o monopólio da justiça e punem com extrema violência.
Eis apenas um exemplo do nosso discurso no sentido de que atualmente cabe às Forças Armadas a retomada e a ocupação de tais partes do território nacional, prendendo os grupos criminosos e apreendendo as armas.
Após a retomada e a ocupação, estado e município se mobilizariam para transformar tais comunidades em bairros urbanizados, permitindo assim a execução do policiamento ostensivo, o que hoje não pode ser feito.
Vale lembrar que dias atrás o próprio comando da Polícia Militar assumiu que não tem efetivo para policiar a cidade.
Nas fases de retomada e ocupação, o efetivo de Policiais Militares das UPPs seria deslocado para as ruas do Rio de Janeiro, suprindo essa carência, sem aumento de despesa.
Atingido esse estágio de reurbanização sairiam as Forças Armadas e assumiria a Polícia Militar.
Não conseguimos vislumbrar solução que não passe por essas fases.
Respeitamos todas as opiniões contrárias e solicitamos que sejam encaminhadas para publicação no blog.


video


Juntos Somos Fortes!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.