Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

ELEIÇÕES: FAVORECIMENTO AO GOVERNADOR DO AMAZONAS E DO RIO DE JANEIRO



Prezados leitores, no Amazonas o TRE afastou o comandante geral e subcomandante da Polícia Militar em função de favorecerem o atual governador na campanha eleitoral.
Os candidatos poderão ficar inelegíveis.
A imagem que ilustra esse artigo seria de mensagens encaminhadas pelo WS convocando Bombeiros Militares do Rio de Janeiro para uma reunião com o governador Pezão, no dia 19 de setembro de 2014.
Será que estamos diante de uma situação idêntica a vivenciada no Amazonas?
Leiam a matéria: 

"SITE G1 
21/09/2014 12h42 - Atualizado em 21/09/2014 13h37
Decisão do TRE afasta comandante e sub da Polícia Militar do Amazonas
Órgão acatou pedido da PRE-AM neste sábado (20), em Manaus.
Investigação judicial foi movida após suspeitas de abuso de poder político.
Jamile Alves
Do G1 AM
O vice-presidente e corregedor do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), desembargador João Mauro Bessa, acatou o pedido da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) e afastou liminarmente, neste sábado (20), o comandante geral da Polícia Militar, coronel Eliézio Almeida da Silva e o subcomandante, coronel Aroldo Ribeiro. saiba mais 
A medida cautelar foi solicitada pela PRE-AM, na quarta-feira (17), após investigações do órgão apontarem uma suposta ação da Polícia Militar com o propósito de favorecer o atual governador e o candidato a vice pela mesma chapa, Henrique Oliveira, além do candidato a deputado estadual pelo PV, Platiny Soares (Leia mais)".

Juntos Somos Fortes!

7 comentários:

  1. Alexandre, The Great22 de setembro de 2014 14:35

    No AM não existe uma quadrilha instalada no poder. Eis a diferença!

    ResponderExcluir
  2. Não sei não... Parece que foi criada uma estrutura no RJ para blindar pinóquio. Nos últimos dois anos toda sorte de denúncias caíram sobre a cabeça do governador, mas nunca chegaram a lugar algum.Será que é porque esta estrutura tem representantes da globo e até de altos órgãos que teriam o poder para desmascará-lo? O político mais rejeitado em toda a história do RJ soube lotear o estado. O que ocorreu no Amazonas parece ser idêntico ao que está ocorrendo no RJ, mas dificilmente teremos uma autoridade com isenção para dar um basta nos esquemas. É como se diz na gíria: TÁ TUDO DOMINADO. O guardanapo está concorrendo às eleições para governador do estado sem sequer aparecer, pois está claro que o ghost, "o outro lado da vida/saiam do meu trem", não tem expressão alguma para assumir o cargo de maneira independente. Na prática, estamos prestes a ter o primeiro político a governar o estado por três vezes consecutivas... Será que o RJ vai aguentar mais quatro anos de Cabral, Wilson Carlos, Régis Fichtner, Júlio Lopes, Sérgio Cortes, Sadala e Cavendish? Parafraseando a globo, VOCÊ DECIDE. VOCÊ ESCOLHE O FINAL! Abaixo à reeleição!!!

    ResponderExcluir
  3. FORA CABRAL E TODA A ADMINISTRAÇÃO ATUAL, INCLUSIVE DA PM E BM!!!

    ResponderExcluir
  4. Tem que ver isso aí direitinho. Só quem está na mamata faria uma coisa dessas. O comandante geral dos bombeiros não é o dono do corpo de bombeiros, muito menos dos militares da corporação nem do direito a livre escolha de candidatos. Usar a estrutura militar para obrigar militares a ouvirem o discurso do candidato da preferência do comandante é algo muito grave em uma democracia, talvez seja algo criminoso. ALÔ TRE, AJMERJ, SOCORRO !

    ResponderExcluir
  5. Tá lá no extra online: "POLICIAL DIZ QUE ESTADO-MAIOR DA PM DO RIO RECEBIA 15 MIL MENSAIS DE CADA BATALHÃO".
    Fonte: http://extra.globo.com/casos-de-policia/policial-diz-que-estado-maior-da-pm-recebia-15-mil-mensais-de-cada-batalhao-14015915.html

    ResponderExcluir
  6. NO AMAZONAS TEMOS PESSOAS HONRADAS, AQUI NO RIO NAO DA EM NADA, OU MELHOR DA TUDO EM PIZZA. CADE O TRE? CADE O TRE?

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.