BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

SEGURANÇA: A CRISE NO GOVERNO PEZÃO SE AGRAVA



Prezados leitores, após o Ministério Público ter denunciado por improbidade administrativa e por superfaturamento de contratos, o secretário de segurança pública, o delegado de Polícia Federal Beltrame e ter promovido a prisão do Coronel Comandante das Unidades Especiais da Polícia Militar, o MP manifesta o interesse de investigar a evolução patrimonial do Comandante Geral da Polícia Militar.
A crise é cada vez maior na segurança pública.

"Jornal Extra
Casos de Polícia
23/09/14 14:44 Atualizado em 23/09/14 14:48
MP quer investigar evolução patrimonial do comandante-geral da Polícia Militar
O Ministério Público do Rio (MP-RJ) vai pedir que a Corregedoria Geral Unificada investigue a evolução patrimonial do coronel José Luís Castro Menezes, comandante-geral da Polícia Militar. A solicitação vem depois da divulgação do depoimento de um dos policiais presos pela operação Amigos SA, que obteve um acordo de delação premiada e foi solto após revelar que o Estado Maior da corporação recebia R$ 15 mil mensais de cada batalhão do estado. As informações foram veiculada pelo “RJTV”, da Rede Globo.
No depoimento prestado ao MP, o PM afirmou que o repasse de dinheiro foi citado em mais de uma ocasião, de maneira reservada, pelos majores Nilton João dos Prazeres Neto e Edson Alexandre Pinto de Góes, presos na mesma operação. Na ocasião, 24 policiais, sendo seis oficiais — todos lotados no 14º BPM (Bangu) no período investigado —, foram capturados sob a acusação de cobrar propina de moradores e comerciantes no bairro da Zona Oeste (Leia mais)".

Juntos Somos Fortes!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.