BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

OS PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS DO IN DUBIO PRO REO E DA INOCÊNCIA



Prezados leitores, transcrevemos a seguir um artigo escrito por um leitor do blog que prefere não ser identificado:

"Dentro de um Estado democrático de direito, temos uma constituição que deve ser seguida e sempre servir de amparo para a justiça. Assim, temos algumas premissas que devem ser minimante respeitadas. Como os princípios CONSTITUCIONAIS DO IN DUBIO PRO REO E DA INOCÊNCIA, que discorre sobre aquele dito supremo que todos(as) são inocentes até que se prove o contrário... TODOS E TODAS!! Até que se PROVE o contrário!! Isso é um direito de qualquer humano. Seria... se não rasgassem a constituição todos os dias e cada vez mais.
Tiremos como exemplo o fatídico “Caso Amarildo”, essa semana será lançado um filme de FICÇÃO sobre o referido caso, onde é atribuída a responsabilidade aos policiais militares que estão sendo ACUSADOS pelo tal fato. Agora eu te pergunto, será que o diretor, produtor, ator, patrocinadores, etc.. que fizeram o filme tem conhecimento sobre o processo?? Ou será que eles pegaram relatos só de algumas pessoas... algumas pessoas específicas... Porque qualquer pessoa que conhece VERDADEIRAMENTE o processo, sabe que NÃO HÁ PROVAS de que houve um crime e NÃO HÁ PROVAS sobre a autoria do suposto crime. Se, mesmo sem provas, realizam um filme com uma versão fantasiosa, cadê o direito de ampla defesa dos réus?! O processo está sendo julgado ainda, não há condenados. Qual será o real intuito da divulgação deste filme?
Como fazer um filme que induzirá a opinião pública para a condenação de tais acusados e, ainda mais sério, levar para as telas cenas de torturas que ninguém viu e que ninguém sabe se REALMENTE aconteceram? Onde está o DIREITO DE DEFESA dos réus, dos seus familiares, dos seus dependentes? 
Porque os produtores deste filme não quiseram escutar os PMs e seus familiares? Será que eles estão querendo manipular algo? Será que a índole inabalável de todos os réus, dentro da corporação, será mostrada?
PARE DE SER MANIPULADO!
PENSAR NÃO DÓI!"

Juntos Somos Fortes!

Um comentário:

  1. JÁ OUVI DE REPORTER QUE O QUE VENDE É A MENTIRA POR QUE SE FOR FALADO A VEDADE O POVO LEIGO NÃO IRÁ ENTENDER.
    É MOLE ??

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.