Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

O CORAÇÃO, O FUTEBOL E A CIDADANIA



Prezados leitores, recebemos o seguinte comentário anônimo:

Comentário:
Kkkk. Calma, coronel, o futebol brasileiro com um todo não merece tanto esforço do nosso músculo miocárdio. É só distração. Jogadores e dirigentes estão milionários e não guardam tanta paixão pelos clubes que lhes pagam salário".

Nós agradecemos o comentário,  a preocupação contida nele e a oportunidade de prestarmos um esclarecimento aos nossos leitores, sobretudo aos que começaram a visitar o blog após os nossos textos sobre futebol.
Integramos uma parte do povo brasileiro que não só fica indignado com as ilegalidades que são praticadas em todos os setores da vida no Brasil, mas que faz da indignação uma motivação para apresentar denúncias contra todas que chegam ao nosso conhecimento.
Basta uma pesquisa junto ao Ministério Público do Rio de Janeiro para conhecer a quantidade de denúncias que fizemos nos últimos anos, todas elas assinadas, nunca usamos o anonimato.
Caro comentarista, a nossa luta pelo esclarecimento dos fatos que ocorreram na última rodada do Brasileirão 2013, começou movida pela paixão clubística, tendo em vista que o Fluminense estava sendo destroçado pela imprensa de forma injusta, mas logo passou a ser uma luta como tantas outras que nos engajamos nesses quase dez anos de blogueiro. 
A mudança de motivo ocorreu logo que identificamos a possibilidade de prática criminosa, diante dos indícios que foram reunidos.
Hoje a luta pela reabertura das investigações pelo Ministério Público de São Paulo não guarda qualquer relação com a paixão esportiva, ela é um exercício de cidadania que todos deveriam fazer.
É certo que existem indícios de crime(s) e a única solução é esgotar todas as linhas de investigação, isso para confirmar ou para descartar de vez a possibilidade da ocorrência de crime(s).
O fato de estarmos lutando pela primeira vez na área esportiva, nada mais é do que a continuidade da nossa forma de exercermos cidadania.
O nosso coração vai aguentar.
Não desistiremos.

Juntos Somos Fortes!

Um comentário:

  1. Além de tudo dito no texto, muitas famílias vivem do futebol e clubes são como empresas, com funcionários e tudo mais. Futebol é apenas um jogo para nós, torcedores, mas é um negócio como qualquer outro. Casos de corrupção no futebol devem ser encarados como casos da mesma natureza nas empresas e na política, já que prejudicam terceiros como nos demais.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.