Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

domingo, 16 de outubro de 2016

O FLA-FLU SERÁ ANULADO OU O BRASILEIRÃO 2016 CAIRÁ EM DESCRÉDITO

Prezados leitores, quem assistir o vídeo não terá nenhuma dúvida de que o Fla-Flu terá que ser anulado.





Juntos Somos Fortes!

11 comentários:

  1. Vocês não entendem de futebol ou estão de sacanagem.
    O jogador Cícero também disputa a bola e somente não toca por milímetros.
    O Henrique, impedido, faz o gol que é anulado.
    Tentam confundir o bandeira.
    Conseguem.
    Depois alguém alerta que Cícero interfere no lance e o próprio Henrique estava impedido.
    Isso é interferência externa?
    Somente se for dos deuses da justiça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Usando sua argumentação. Quem alertou que o Cícero interferiu no lance?

      Excluir
    2. O bandeira que se recuperou do abafa e da pressão dos jogadores do fluminense, que se fosse em um futebol sério teria uns três jogadores punidos, por não permitirem ao bandeira expor livremente sua visão ao juiz.
      O bandeira foi categórico ao dizer para o Henrique: eu dei impedimento!

      Excluir
  2. E desde quando alguma edição desse campeonato passou sem polêmica, o descrédito é a marca registrada da cbf em todas as edições, todo ano tem polêmica e geralmente envolvendo a arbitragem, mesmo se tivesse validado o gol continuaria em descrédito, pois iria ficar na mente de todo mundo o por que do trio paulista anular um gol acertadamente e logo depois validar erradamente, nessa altura do campeonato, todo mundo ia ficar com a pulga atrás da orelha, além da cbf proibir a venda de mandos de campo logo depois do Palmeiras se beneficiar, e antes que digam que o Flamengo se beneficiou contra o santos, vale lembrar que esse jogo estava vendido desde a edição do campeonato 2015, que o santos não cumpriu em 2015, tanto que tentou protelar mais uma vez, então não é esse fato que tirará o crédito do brasileirão, Este será apenas mais um pra se somar a tantos outros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tema é interferência externa. Parece que o Flamengo fez um desafio. Demorou, demorou e demorou. Até que o desafio foi aceito. Só que não existe desafio no futebol.

      Excluir
  3. Leitura labial mostra que inspetor avisou juiz de impedimento no Fla-Flu

    http://globoesporte.globo.com/programas/esporte-espetacular/noticia/2016/10/ee-leitura-labial-mostra-que-inspetor-avisou-juiz-de-impedimento-no-fla-flu.html

    ResponderExcluir
  4. Inspetor do jogo pro juiz: "A TV sabe. A TV sabe que não foi gol"

    http://globoesporte.globo.com/programas/esporte-espetacular/noticia/2016/10/ee-leitura-labial-mostra-que-inspetor-avisou-juiz-de-impedimento-no-fla-flu.html

    ResponderExcluir
  5. E daí.
    O juiz decidiu por livre convencimento.
    Ele não olhou a TV e nem foi compelido a decidir.
    Decidiu por si.
    Devem ter dito para ele também que a TV não detectou impedimento ou vocês acham que ninguém de fluminense fez isso.
    Bobinhos.

    ResponderExcluir
  6. Eu desisto de tentar defender o Flu... será mais uma vez massacrado como o time do tapetão... queimam a imagem do Clube, a torcida vai morrendo... eu desisto!!! Nem tudo que é legal é moral. O Flu deveria usar este exemplo para cobrar mudanças na FIFA e não para ir pro tapetão... vergonhoso.

    ResponderExcluir
  7. Muito bem colocado.
    Nem tudo que é legal é moral.
    Os tricolores querem se dar bem até na imoralidade.

    ResponderExcluir
  8. Imoralidade é se fingir de morto e não assumir que o primeiro gol do flamengo também houve impedimento, é muito mais escandaloso do que o do Henrique. Se a "TV" mostrou que foi impedimento no gol do FLUMINENSE, também mostrou o impedimento no primeiro gol do flamengo.
    Se vamos ser justos, então também tem que anular o primeiro gol do flamengo com base na mesma imagem da "TV". Mas um flamenguista jamais vai pensar assim pois o lema do clube de remo sempre é que "roubado é mais gostoso"...

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.