Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

RIO: CORONÉIS PM INATIVOS QUEREM VOLTAR PARA O SERVIÇO ATIVO




Prezados leitores, transcrevemos parte do artigo publicado no Jornal O Dia por Adriana Cruz.

"PUBLICADO EM 19.10.2016 - 12:01 
Posse de Wolney incentiva coronéis 
‘Tropa do Pijama’, que foi cedo para a reserva, quer voltar à ativa, assim como o novo comandante da PM 
“Estou pronto para atender a qualquer chamado. Tenho competência e saúde”, afirma o coronel Rogério Seabra, de 49 anos, mas que foi para reserva remunerada em março do ano passado, e passou a integrar a chamada ‘tropa de pijama’. O oficial faz parte do grupo de 20 coronéis que como a Coluna Justiça e Cidadania publicou ontem argumentam que foram para casa mais cedo porque o ex-secretário de Segurança José Mariano Beltrame, com a política de oxigenação, reduziu de seis para quatro anos o tempo para o oficial ocupar o último posto. 
Eles sustentam que a medida só onerou os cofres públicos e que a política de renovação dos quadros saiu pela culatra. O próprio governador licenciado Luiz Fernando Pezão alardeia que são 600 coronéis com salários de até R$ 24 mil. “Mandar os oficiais com pouca idade embora foi uma política que começou com o ex-governador Sérgio Cabral”, critica Rogério Seara. 
Quinze dos 20 oficiais insatisfeitos com a aposentadoria forçada assinaram um documento voluntário para retorno à corporação. São eles: Jorge Ricardo da Silva; Carlos de Souza Alves; Valdir Cataldo Terra, Márcio da Costa Lima; Rogério Seabra; Carlos Magno Ribeiro Cabral; Arlei Balbino dos Santos; Alexandre Ribeiro Rocha; Alexandre Augusto Vidal de Almeida; Jairo Azevedo Germano; Sérgio Luís Mendes Afonso; Advanil Klein Class; Carlos Henrique Moraes, Eraldo Almeida Rodrigues e Sebastião José de Alcântara Neto. Mas em nota a assessoria de imprensa da Polícia Militar alega que ‘até o momento não há nenhum acordo sobre este retorno’. Para ter oficiais na reserva de volta à corporação é necessário que haja convocação para o serviço ativo, como aconteceu com o novo comandante da PM Wolney Dias, anunciado ontem pelo secretário de Segurança Pública, Roberto Sá. Para atender o chamado, Dias foi obrigado a retirar o pijama (Fonte)". 

Salvo melhor juízo, o Oficial da Reserva Remunerada não é obrigado a atender a convocação.

Juntos Somos Fortes!

7 comentários:

  1. isso aconteceu com o cel.carlos magno Cerqueira, na reserva por vontade do governo do Pdt, desqualificando os ativos.

    ResponderExcluir
  2. Sou tem BM MOTIVEI O DEPUTADO FLAVIO BOLSONARO E ELE FEZ EM 2013 UMA INDICAÇÃO LEGISLATIVA SIMPLE PARA REVERSÃO VOLUNTÁRIA AO SERVIÇO ATIVO DO BM 1427/2013 E ESTA NO EXECUTIVO E PODE SER USADA. TENHO O PLOJETO QUE ESTA COM O VMT GRRSL DO CBMERJ.
    TenBm RR Reynoso Silva

    ResponderExcluir
  3. sentiram falta do ar condicionado,motoristas, não conseguiram se integrar no meio civil, descobriram que lá dentro dá para ficar até noventa anos, tem gente disputando para puxar saco e como tem, sejam bem vindo!!

    ResponderExcluir
  4. Engraçado. Realmente chega a ser hilário. Se alguém puder, me responda. Por que os subtenentes, que, pela lógica, são tão finais de carreira quanto os aludidos coroneis, não têm esse desejo de retornar à ativa?
    Será que os oficiais do último posto são mais apaixonados pela carreira do que as praças da última graduação? Que pouca vergonha...

    ResponderExcluir
  5. As mordomia e o ganho extra fazem qualquer um querer voltar à ativa.
    A melhor profissão do planeta e Cel PM!!

    ResponderExcluir
  6. Nunca fizeram nada pela tropa, só atrapalharam, incluindo o dono desse blog, agora pretendem continuar atrapalhando a vida das praças, uma vergonha... A PM precisa de líderes, não desses comandantes...

    ResponderExcluir
  7. Eles tem que permanecer na reserva este coroneis antigos com ideias antepassadas nao podem mais voltar a comandar. A Policia esta de cara nova pensamento moderno, o tempo do chicote ja ficou para trás, temos muitos coroneis na ativa com ideias brilhantes e o mais importante possuidores de cursos universitários. Estes antepassados que nem sequer se graduaram em nada apenas sabem colocar policial na guarda de capacete e fuzil para apresentação de armas. Falei

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.