BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

BELTRAME SE FOI, MAS DEIXOU DUQUE DE CAXIAS "PACIFICADO"



Prezados leitores, a tal "pacificação", após quase dez anos, ficou só na intenção.

"Site G1
Dez pessoas são baleadas em tiroteio em Duque de Caxias
Grupo de homens armados tentava roubar carga da Souza Cruz quando começou tiroteio; vítimas foram para hospitais da região
24/11/2016 16h20 Atualizado há 12 horas
Dez pessoas - entre elas três policiais e um suspeito - foram baleadas durante uma tentativa de assalto a um caminhão de carga da Souza Cruz em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, na tarde desta quinta-feira (24). O assalto ocorreu em frente ao mercado Prezunic em Saracuruna (Leiam mais)".

Juntos Somos Fortes!

2 comentários:

  1. Veja a transcrição das gravações:

    Prisão

    Fani: Tá todo mundo preocupado com o Sérgio em Bangu, né?

    Ricardo: É, mas eu tava falando com mamãe. Não vão mandar ele para lá, né? O cara não é maluco. Se mandar ele pra lá, vão mandar para uma cela especial, separada de tudo, porque o advogado bota.

    ***

    Fani: Laviola ligou pra Célia cinco e meia dizendo que precisava falar com o governador, e que era muito urgente. Célia bateu no quarto e disse que Laviola precisava falar com ele muito urgente. O Sergio já sabia, né?

    Ricardo: Já...

    Fani: Ele se virou e disse pra Célia que a polícia iria bater a qualquer momento.

    Ricardo: Polícia bateu e foram chegando pedindo o telefone da Célia, e pedindo os telefones de todos da casa.

    Pedro

    Pedro: Se investigarem pra c., pode chegar em mim, né?

    Ricardo: Por que, pô?

    Pedro: Por causa da casa de Miguel.

    Ricardo: Não, foi dinheiro vivo, Pedro. Não teve nenhuma transação do Sergio Cabral pra gente.

    Provas

    R: Mas ele sabia o que que ele tava fazendo. Esse que é o problema. Né?

    Fani: É... Acabei de falar agora com a Adriana. Mas eles estavam esperando semana que vem.

    Ricardo: Quem, o Rodrigo?

    Fani: É. Lembra que falei que o Rodrigo tava na casa dele semana passada? Ele falou: Fui levar uns negócios que ele pediu, mas depois mandou que levasse de volta, que não era pra ficar nada lá.

    Ricardo: Isso é bom. Sinal de que não devem ter achado nada.

    ResponderExcluir
  2. Como e quando a sociedade fluminense irá ter um bom aparato policial-militar com o salário de fome que os Policiais Militares recebem? Um Policial Militar, a nível de Soldado iniciante, tinha que ter um salário líquido de, no mínimo, R$ 5.000,00 (cinco mil reais) mensais.

    O salário mínimo necessário para suprir as necessidades vitais básicas, ou seja, as despesas de um trabalhador e sua família com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte e lazer, conforme determina o Inciso IV do Artigo 7º da Carta Magna, é de R$ 4.016,27 (quatro mil, dezesseis reais e vinte e sete centavos), segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE).

    O Governo do Estado do Rio de Janeiro paga muito mal. Se pagasse bem, a PMERJ poderia exigir o Nível Superior completo para Soldado e o Bacharelado em Direito para Oficial.

    Para reverter o quadro de desmotivação dos Policiais Militares (o ânimo para trabalhar é zero), será preciso melhorar as escalas, proporcionando o descanso necessário para melhorar a qualidade de vida dos profissionais.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.