Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

sexta-feira, 31 de março de 2017

CASO ADRIANA ANCELMO: MINISTRA SOLICITA AO STF QUE PRESAS TENHAM TRATAMENTO IGUAL



Prezados leitores, uma atitude digna.
Ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois solicitou a única providência que pode recuperar o prestígio do Poder Judiciário, diante do tratamento diferenciado dado a Adriana Ancelmo.
Nós escrevemos sobre essa necessidade, ou seja, a extensão para todas ou a suspensão do benefício concedido a Adriana Ancelmo.

"Revista Isto É
Ministra pede ao STF mesmo tratamento dado a Adriana para outras mães detentas
Estadão Conteúdo
30.03.17 - 12h14
Em ofício encaminhado à presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, a ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, pede que seja estendido o benefício dado à ex-primeira-dama do Estado do Rio de Janeiro, Adriana Ancelmo, a todas brasileiras em situação semelhante. 
Luislinda escreveu que “como ministra do Estado dos Direitos Humanos e (…) principalmente, por ser cidadã brasileira” percebe que tem “o dever de recorrer a Vossa Excelência para que juntas adotem medidas legais urgentes” no sentido de que a decisão sobre Adriana, “mesmo ainda passível de recurso, seja aplicada extensivamente a todas as mulheres brasileiras que encontrem em situação análoga, sem qualquer distinção e no menor espaço de tempo possível”. O ofício foi encaminhado ao STF na última segunda-feira, 27 (Leiam mais)".

Juntos Somos Fortes!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.