BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

sexta-feira, 31 de março de 2017

RIO - POLICIAIS MILITARES MATAM E MORREM



Prezados leitores, as ações são condenáveis, não existe justificativa, isso é fato.
Além de criticar, temos que refletir sobre como o extermínio de Policiais Militares pode estar interferindo nesse tipo de atitude.

"1) Jornal Extra
30/03/17 19:41 Atualizado em 30/03/17 20:33
Vídeo mostra PMs executando dois jovens em frente à escola onde adolescente foi baleada 
Carolina Heringer e Marcos Nunes 
Um vídeo que circula no WhatsApp mostra dois policiais militares executando dois homens que estão deitados no chão em frente à Escola Municipal Daniel Piza, em Fazenda Botafogo, na Zona Norte do Rio. A 2ª Delegacia de Polícia Militar Judiciária(DPJM) está investigando o caso e tenta identificar os policiais. Nesta quinta-feira, o 41º BPM (Irajá) fez uma operação na localidade. Uma adolescente foi baleada dentro da escola municipal e não resistiu (Leiam mais e assistam o vídeo)". 

2) Jornal Extra
30/03/17 14:26 Atualizado em 30/03/17 17:37 
Policial é morto em tentativa de assalto em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio 
Um policial militar reformado foi morto numa tentativa de assalto a uma loja de departamentos no Boulevard Vinte e Oito de Setembro, em Vila Isabel, na tarde desta quinta-feira. Segundo informações da polícia, três homens entraram na loja e anunciaram o assalto.
Segundo relatos de testemunhas, o subtenente reformado Almir Tadeu Alves de Oliveira, de 58 anos, era cliente da loja e estava na fila do caixa. Os bandidos teriam percebido a arma na cintura de Almir e atiraram contra ele. O policial foi baleado pelos criminosos e morreu no local. Os homens fugiram com a arma da vítima, que morava perto da loja (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!

6 comentários:

  1. Vão ser presos (já estão), condenados e excluídos. Isto é fato. Primeiro por que "erraram". Segundo, por que a mídia televisiva e os tabloides, a despeito da "aprovação da sociedade", já os condenou. E terceiro, por que são praças. Fato.

    ResponderExcluir
  2. As ações são condenáveis?
    Não há justificativa?
    Sei... Só quem sabe o que é levar tiros de fuzil em uma guerra diária (ignorada por canalhas vendilhões), em um Estado sem governo, cuja instituicao PM foi abandonada até por seus "oficiais", são Praças. Praça é um imbecilizado que, se tivesse único neurônio, sairia das ruas e deixaria os inteligentes politicamente corretos se virarem sozinhos na luta contra esses animais que atuam pelo tráfico. ASSUMAM QUE O RJ PRECISA DE UMA INTERVENÇÃO FEDERAL URGENTEMENTE. Assumam de uma vez que as polícias desse Estado são meramente figurativas e já não promovem nem mesmo a própria segurança. Para mim, condenável e injustificável é termos uma guerra "in off" e autoridades públicas se omitirem ao fazer o jogo de políticos. São coniventes com homicídios e corrupção para ganhar cargos, promoções e gratificações.

    Sabe por que ainda estamos sofrendo no RJ? Porque canalhas, patifes, corruptos, subservientes, irresponsáveis não têm a coragem de exigir uma solução por parte do governo federal, que seria obrigado a cumprir a CF. Continuaremos matando e morrendo para que estratégias políticas (de poder) não sejam atrapalhadas por uma intervenção nesse maldito Rio de Janeiro. Por isso, nossos conterrâneos (policiais, inocentes e bandidos) continuarão sendo mortos nessa guerra. Culpar os dois policiais militares é transferir uma responsabilidade do Estado Brasileiro à pessoa física que cada um dos policiais envolvidos é.

    Continue fazendo o discurso politicamente correto enquanto a sua vez de ser vítima dessa guerra não chega, mas durma e acorde sabendo que pessoas assim também apertam os gatilhos ou morrerm e mancham as ruas do Estado
    com sangue, pois não têm a coragem, como homens, de exigir resposta adequada.

    Há uma guerra em cada esquina e ambos os lados usando armas de guerra, mas somente o bandido possui uma retaguarda de idiotas instruídos, letrados e cagados de medo porque sabe não poder ir sequer à padaria da esquina.

    Quem atira e não acerta o oponente não será poupado. E mais: apenas os policiais militares cumprem as regras, pois os marginais fazem de tudo: esquartejam, incineram, torturam, barbarizam.

    Pegou em um fuzil?
    Trocou tiros?
    Encarou a polícia?
    Quer o quê?
    Quer o grau de civilidade dos engravatados e protegidos em gabinetes?

    Ora, quem está numa sala refrigerada, longe do cheiro de merda e de sangue que exala desses chiqueiros que são as favelas não é autoridade para falar sobre o que pode e não pode na luta pela sobrevivência ao envergar a farda da PMERJ. Não basta ter o direito de vestir uma farda da PMERJ para, verdadeiramente, saber o que significa ser um policial militar no RJ.

    Sgt Foxtrot

    ResponderExcluir
  3. Esta parceria, imprensa & comando da Polícia Militar impedirá que outros praças, venham praticar excuções de marginais em futuros confrontos, prestando desta forma um serviço relevanta a preservação da vida dos marginais. Principalmente com a punição severa e exemplar a estes dois praças, que cometeram estas execuções.

    Que tal uma parceria igual, imprensa & comando da Polícia Militar, para impedir o massacre dos praças da PM do Rio de Janeiro, prestando desta forma um serviço relevanta a preservação da vida dos praças. Principalmente com a punição severa e exemplar de todos os marginais, que estão massacrando os praças.

    ResponderExcluir
  4. Numa média assustadora, especialmente no Rio, chegando a 1PM morto a cada 2 dias, e com o escândalo das UPPs ; uma obra política social brincando com a Segurançado população e com a vida dos Policiais, estes foram deixados ilhados nessas unidades cercado por favelas abandonadas pelo Estado e sob domínio do crime organizado e sob uma Cultura do Crime! Na verdade o Governo do Estado abandonou as Polícias! E a Justiça bateu hipocritamente o martelo apoindo essa " obra de Segurança colapsada!Junta-se a isso a perseguição desavergonhada da Mídia.! e dos "defensores dos "direitos dos manos"" ! Juntando tudo isso; Nessa situação os políciais estão na verdade "sitiados" e "encurralados" , tanto pelos criminosos de facções, como pelo crime organizado político e como pela Mídia , OAB etc.! Enfim como não faz mais diferença , estão sendo empurrados a revidar à altura por defesa própria!

    ResponderExcluir
  5. Quantos deste policiais militares, que foram assassinados eram oficiais?

    Onde mais havia oficiais presentes, no local, onde os policiais militares morreram em conflito com os marginais ou nos velórios destes heróis?

    Onde há mais oficiais presentes, nas ruas comandando a tropa no policiamento ostensivo e na preservação da ordem pública ou nos gabinetes?

    Quem mais se beneficia com a eficiência dos oficiais, os praças e a sociedade ou os marginais?

    Quem mais tem motivos para agradecer as ações dos oficiais no combate ao crime e na presevação da ordem pública, a sociedade ou os marginais?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem razão. Mas nossos jurisconsultos defensores do modelo militar de polícia vão dizer que você é um invejoso que não teve competência para ganhar o título de "policial militar" que não polícia nada. É melhor se ocupar com a função da policia civil. Já passou da hora de todos, do recruta ao coronel, irem às ruas ajudar a conter a criminalidade. Chega de um monte de tenentes, capitães, majores, tenentes-coronéis e coronéis para rubricar papéis, pois até para carimbar os papéis é um praça quem faz. Tavez se os serviços na rua contassem com a magnânima eficiência das estrelas não veríamos tantos erros e mortes.

      Excluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.