Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

quarta-feira, 22 de março de 2017

CUIDADO! TEMER EXCLUI SERVIDORES ESTADUAIS DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA

presidente Temer e ex-governador Sérgio Cabral


Prezados leitores, a exclusão dos servidores estaduais da reforma da previdência social não significa que não sofrerão os efeitos de uma reforma.
Ela apenas mudou de mãos.

"Site G1
Temer recua e exclui servidores estaduais da reforma da Previdência
Presidente fez anúncio no Planalto após reunião com lideranças partidárias do Congresso. 'Surgiu com grande força [na reunião] a ideia de que deveríamos obedecer a autonomia dos estados', disse.
Por Luciana Amaral, G1, Brasília
21/03/2017 20h02 Atualizado há 10 horas 
O presidente Michel Temer anunciou nesta terça-feira (21) que a reforma da Previdência atingirá somente servidores federais e trabalhadores do setor privado. Segundo ele, a reforma das previdências estaduais ficará a cargo dos governos dos estados.
Após reunião no Palácio do Planalto, ele fez o anúncio ao lado de ministros; do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ); dos líderes do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), e na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB); e de deputados, entre os quais Carlos Marun (PMDB-MS) e Arthur Maia (PPS), presidente e relator, respectivamente, da Comissão Especial da Reforma da Previdência.
A exclusão dos servidores estaduais foi a primeira concessão do governo em relação a mudanças na reforma da Previdência. Integrantes da equipe econômica do governo vêm defendendo a aprovação do projeto no Congresso sem alterações.
"Surgiu com grande força [na reunião] a ideia de que deveríamos obedecer a autonomia dos estados", disse Temer, após reunião com líderes partidários no Palácio do Planalto. "Reforma da Previdência é para os servidores federais", declarou (Leiam mais e assistam a reportagem)". 

Juntos Somos Fortes!

Um comentário:

  1. Isso é um ardil para desmobilizar as categorias !!
    Se não vejamos: Várias prerrogativas dos servidores - vamos abstrair os militares - estão na C.F.: Tempo de serviço, integralidade, paridade, idade mínima e outros. Como pode um governo estadual e municipal mudar isso sem mexer com a CONSTITUIÇÃO FEDERAL ???? Cada estado e município vai ter a previdência que quiser ??? Não vamos ter diretrizes comuns a todos ??? Meu DEUS esses políticos são muito ardilosos e tem gente achando isso uma vitória.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.