Comunique ao organizador qualquer conteúdo impróprio ou ofensivo

quinta-feira, 30 de março de 2017

RIO TEM MÉDIA DE UM PM MORTO A CADA DOIS DIAS

Prezados leitores,  o Rio de Janeiro vive uma tragédia.





"Jornal Extra
Publicado em 29/03/17 19:17 Atualizado em 29/03/17 19:23 
Rio tem média de um PM morto a cada dois dias em 2017 
O número de policiais militares mortos no Rio em 2017 chegou a 45 na tardes desta quarta-feira. A média é de um PM assassinado a cada dois dias no estado. Nesta quarta-feira, foram dois novos casos: o soldado Fernando Santos Andrade e Silva foi morto na abordagem a dois suspeitos no Recreio dos Bandeirante, na Zona Oeste do Rio, e o soldado Fábio de Oliveira Melo foi atingido por um tiro na cabeça e não resistiu.
Já na noite dessa terça-feira, em Magé, na Baixada Fluminense, o subtenente Antônio Gonçalo Santos Filho, de 54 anos, foi baleado após ter sido abordado por quatro homens num posto de gasolina enquanto abastecia seu carro. Dos 45 policiais mortos, pelo menos quinze tinham sinais de execução, ou seja, um terço do total.
Entre esses 15 PMs com mortes com sinais de execução, sete foram atingidos por diversos disparos, quatro tiveram seus corpos carbonizados, um foi encontrado morto dentro de um carro e três foram assassinados por grupos de criminosos dentro de casa (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!

Um comentário:

  1. As Polícia devem se unir , e transformar isso em uma dramatização internacional, visando comover e conquistar a população e mostrar o descaso criminoso e a corrupção com consequências graves, do governo Estado e tanto com as vidas humanas dos policiais, como com a Segurança da População! mais do que isso, abrir um processo processando o Estado , como instituição e individualmente , e cobrar alta indenização! Se o Governo não tem dinheiro que pague em terras! Pode ser fora da cidade , com valor de mercado. A Polícia deve ter uma fazenda club de plantação e colheita! Para seus militares e familia! ( já previndo uma crise tipo Venezuela) Façam barulho!!

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.