BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

sexta-feira, 10 de março de 2017

SÉRGIO CABRAL E CÚMPLICES DEVEM IR PARA PRESÍDIO FEDERAL, A LEI DETERMINA



Prezados leitores, nós recebemos por e-mail o artigo que transcrevemos a seguir.
Nós consideramos a exposição de motivos correta.
Em face da ideia apresentada no artigo, na segunda-feira estaremos conversando com advogados para a promoção da ação popular proposta pelo autor.
Sérgio Cabral e cúmplices devem ir para um presídio federal e não para um "presídio vip".

"Jorge Béja 
O ex-governador Sérgio Cabral está preso por ordem de dois juízes federais, o juiz dr. Bretas, da 7a. Vara Federal Criminal do Rio, e o juiz dr. Moro, da 13a. Vara Federal de Curitiba. Quem deveria custodiá-lo é o governo federal, isto é, a União. É irregularíssimo manter Cabral preso em presídio estadual, no caso Bangu 8, que integra o Complexo Penitenciário de Gericinó, que pertence ao governo do Estado do Rio de Janeiro. Irregular, também, é transferir Cabral para a prisão de Benfica, destinada a policiais militares do Estado do Rio de Janeiro, agora, segundo dizem, “presídio estadual para quem tem curso superior”. 
Esse custodiamento até que poderia ser tolerado, em caso excepcionalíssimo, e desde que autorizado pelos juízes federais que decretaram a prisão de Cabral. O Sistema Penitenciário Federal é um e o Sistema Penitenciário Estadual é outro. Caso não existissem no país penitenciárias e cadeias públicas federais, a custódia de um preso federal, digamos assim, por parte do Sistema Penitenciário deste ou daquele Estado da Federação, seria justificável por falta de outra solução, de opção e de alternativa. Mas não é isso que acontece. 
EM PRISÃO FEDERAL – No Brasil existem penitenciárias e cadeias públicas federais. Numa dessas é que deveria estar Sérgio Cabral. E tem mais: não é justo que o ex-governador esteja preso à conta e risco do Estado do Rio de Janeiro, que arca com todos os custos do seu custodiamento. É uma despesa que quem paga é o cidadão fluminense, o povo do Estado do Rio de Janeiro que Cabral lesou. 
Os juízes federais, doutores Bretas e Moro, certamente não concordam com a situação em que se encontra Sérgio Cabral, nem em Bangu 8, nem na prisão de Benfica, destinada a policiais militares e agora, improvisadamente, adaptada para presos “com curso superior”, para onde se notícia que Cabral será transferido. Ele e demais presos que têm curso universitário completo. 
CONTRAPARTIDA – Essa situação se agrava ainda mais quando o governo federal, que pelo braço do Poder Judiciário prendeu Cabral, exige contrapartida do Estado para emprestar dinheiro a este próprio Estado, que gasta o pouco ou o nada que tem com um preso, um detento, que não é seu e que não foi a Justiça do Estado do Rio de Janeiro que ordenou sua prisão. 
Se os presos federais, chamemos assim, que são custodiados pelo Estado do Rio de Janeiro, custam aos cofres do Estado cerca de 100 mil reais por mês, valor que se atribui como mero exemplo, este gasto estadual é para ser antecipado, ou reposto ou repassado ao Estado pelo governo federal, ou seja, pela União. 
Moral da história: o falido Estado do Rio de Janeiro, que não se aguenta de pé, financeira e moralmente, está pagando custos que pertencem ao governo federal para custodiar um ex-governador que lesou este próprio Estado. Isso é inimaginável. É irregularíssimo. Uma ação popular, da iniciativa de qualquer cidadão-eleitor fluminense, seria cabível e teria tudo para acabar com este descalabro".

Juntos Somos Fortes!

4 comentários:

  1. NÃO SÓ ELE,COMO TODA A QUADRILHA,ALÉM DA MULHER LADRA.
    E SUGIRO AO ADMINISTRADOR DO BLOG QUE OFICIE À TODAS AS ASSOCIAÇÕES DE CLASSES DE FUNCIONÁRIOS ESTADUAIS QUE TOMEM AS MESMAS MEDIDAS.
    CAMBADA DE MALDITOS,QUE ESTÃO SENDO BENEFICIADOS ATÉ DE FORMA INDIRETA PELA JUSTIÇA.

    ResponderExcluir
  2. Apoio sim, o bandido universitário, tem conhecimento de causa, leis etc... maior que um bandido sem instrução.então temos que acabar com isso. É uma falta de vergonha na cara desses legisladores, que atuam em causa própria. Bandido é bandido, não importa se é de colarinho branco ou se é de pés sem sandálias que moram em comunidade ou debaixo dá ponte. Não tem que arrumar com eles não. O safado me roubou e ainda tenho que sustenta-lo na cadeia???

    ResponderExcluir
  3. Deveriam aproveitar e mandar o secretário da Seap coronel erir ribeiro preso p um presidio federal,pois ele adora dar boa vida ao Cabral.
    #foracostafilho

    ResponderExcluir
  4. Em 10/03/2017 - Jornal Nacional da TV Globo
    Em entrevista ao jornalista Jorge Bastos Moreno, da Rádio CBN, o presidente Michel Temer comentando sobre a necessidade da reforma da previdência, entre outra coisas ele disse:

    Que a história do Rio de Janeiro, a história do Rio Grande do Sul, história de Minas Gerais. Estados que estão passando por grandes dificuldades exata e precisamente em função do fenômeno previdenciário.

    A QUEBRADEIRA DOS ESTADOS É CULPA DA PREVIDÊNCIA?

    E agora o que que eu faço, dou umas 10 paneladas na minha cabeça?

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.