BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

ALERJ - DIA 16 - PAGAMENTO NA CONTA NÃO INTERROMPE LUTA CONTRA PACOTE DE MALDADES



Prezados leitores, o governo Pezão depositou hoje na conta dos profissionais da segurança pública (ativos e inativos, não temos confirmação sobre pensionistas) e da educação pública (ativos) o salário atrasado de outubro.
Tal fato não deve mudar em nada a mobilização prevista para o dia 16 (quarta-feira), às 10:00 horas, na ALERJ, considerando que a nossa luta não é apenas pela regularização dos pagamentos, mas contra o pacote de maldades do governo.
Igual raciocínio deve ser feito caso o governo deposite o pagamento de todo o funcionalismo público.
No dia 16, a população, os militares estaduais (Policiais Militares e Bombeiros Militares) e os funcionários públicos devem comparecer ao ato contra o pacote.
No caso dos militares estaduais do serviço ativo vale sempre lembrar que deverão estar de folga, em trajes civis e desarmados.
Aliás, deve ser destacado que nenhum manifestante deve estar portanto arma.
O ato precisa ser ordeiro e pacífico como determina a legislação.
As imagens da invasão do dia 8 estão sendo usadas diariamente pela imprensa (a parte que é parceira do governo) em todos os telejornais e comentários tem sido feito nas emissoras de rádio, isso para desmoralizar e enfraquecer a mobilização.
Não queremos enfrentamento, queremos nossos direitos.
A matéria do Extra não cita o pagamento dos profissionais da segurança pública.

"Jornal Extra
11/11/16 11:52 Atualizado em 11/11/16 11:54
Ativos da Educação começam a receber nesta sexta; salários dos demais servidores segue indefinido
Nelson Lima Neto
O governo do Estado vai utilizar os recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para compor o pagamento dos mais de 80 mil servidores ativos da Educação estadual. Os funcionários começam a receber já nesta sexta-feira, antes do dia 16, data limite para o pagamento. O fundo ajudará a quitar grande parcela da folha, mas o governo terá que utilizar recursos do Tesouro para complementar o valor.
— É um esforço que o governo tem feito para reconhecer o trabalho dos profissionais da Educação. O governador Pezão reconheceu que a secretaria tem feito um trabalho importante na gestão dos recursos e, principalmente, no planejamento de utilização do Fundeb — disse Wagner Victer, secretário de Educação.
O pagamento dos demais servidores, porém, segue indefinido. A tendência é que o governo quite o salário dos servidores ativos da Segurança Pública até a próxima quarta-feira. Os demais aguardam o cronograma de pagamento que deve ser anunciado ainda nesta sexta-feira pelo governo (Leia mais)".

Juntos Somos Fortes!

Um comentário:

  1. CARO COMPANHEIRO CORONEL PMERJ PAUL
    É SEMPRE BOM RELEMBRAR O PASSADO RECENTE
    SAUDAÇÕES

    PAULO FONTES

    BLOG DO GAROTINHO
    03/09/2014 10:25
    Um ano de mistério sobre o arrombamento do apartamento de Pezão
    Reprodução do Globo online (abril de 2012)
    Reprodução do Globo online (abril de 2012)
    Agora no mês de abril vai fazer um ano que o apartamento do vice-governador Pezão, no Leblon foi arrombado, e segundo a polícia, teria sido roubada a coleção de jóias de sua mulher composta por nada mais, nada menos do que 15 caixas. Na época Pezão e a mulher se deleitavam usando o dinheiro público em uma viagem pela Sicília (Itália), o berço da Cosa Nostra.
    Na época, como poderão conferir abaixo, fui o único a fazer um simples questionamento que a imprensa ignorou. Como ex-governador, e conhecendo bem como funcionam os protocolos de segurança adotados pelo Gabinete Militar do Palácio Guanabara me saltou aos olhos o fato informado por sua assessoria, de que não havia segurança porque Pezão estava viajando. Isso não existe. Sei muito bem que mesmo viajando, a residência do governador e do vice permanecem com segurança 24 horas, o que é natural e justificável.
    Relembrem o fato para eu poder seguir com meu raciocínio.
    Pois bem, estranhamente, a imprensa noticiou o arrombamento, no dia seguinte publicou a nota da assessoria de Pezão, e pasmem, nunca mais saiu uma linha em nenhum veículo, e lá se vai quase um ano. Notem que não estamos falando de um simples arrombamento, trata-se da residência do vice-governador do Estado. Um caso que numa situação normal seria elementar a imprensa querer acompanhar a investigação.
    Agora vamos a algumas questões que permanecem misteriosas.
    1º Na ocasião surgiram rumores de que além das jóias teriam sido levados dinheiro e documentos. A Polícia Civil nunca confirmou, nem desmentiu.
    2º Por ordem do secretário de Segurança foi proibido passar qualquer informação à imprensa. Não se sabe nem como foi a conclusão do inquérito.
    Constrangido diante da revelação que tinha uma coleção de jóias em casa, Pezão alegou que as peças eram parte de uma herança recebida pela esposa. Aí surge uma contradição que a polícia ignorou. Em casos semelhantes quando jóias de coleção com procedência documentada são roubadas, a primeira providência das vítimas é até divulgar fotos das peças mais valiosas para alertar o mercado e dificultar a venda do que foi roubado. Mas Pezão preferiu deixar para lá. Por que será?
    4º Até hoje não se esclareceu por que justamente no dia do arrombamento não havia nenhuma segurança (pelo menos essa é a versão oficial).
    5º Mesmo com a Polícia Civil do Rio de Janeiro recebendo a ordem de prioridade máxima para esse caso, afinal era a casa do vice-governador, nunca se chegou nem a um suspeito, ninguém foi preso, nenhuma jóia foi recuperada.
    Como podem perceber é um grande mistério que permanece nebuloso, mas que foi abafado, e nunca mais se falou no assunto. Para a polícia o assunto é proibido, ninguém fala nada porque sabe que será punido se o fizer. A imprensa nunca se interessou em apurar o caso. E Pezão preferiu botar panos quentes. Mas de uma coisa ninguém tem dúvida: tem caroço nesse angu. Elementar meu caro Pezão!

    COMENTÁRIO:
    NÃO QUE EU ESTEJA INSINUANDO ALGO, LONGE DE MIM TAL PENSAMENTO, MAS É BOM LEMBRAR O O FATO DE QUE UMA DAS EMPRESAS BENEFICIÁRIAS DAS ILEGAIS E IMORAIS ISENÇÕES FISCAIS VEM A SER A H.STERN !!!
    PAULO FONTES

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.