BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

PACOTE DE MALDADES: DEPUTADO PICCIANI COBROU A EXONERAÇÃO DO COMANDANTE DO BPGE ?



Prezados leitores, ontem, circulou um "boato" no Whats App que o presidente da ALERJ, deputado estadual Jorge Picciani, teria cobrado ao secretário de segurança, delegado PF Roberto Sá, a exoneração do Comandante do BPGE, Coronel PM .
No boletim da Polícia Militar de hoje foi publicada a exoneração do Oficial.
Se, realmente, ocorreu essa interferência do Legislativo no Executivo, o fato é muito grave.
Hipotecamos solidariedade ao Coronel PM SANGLARD, pois embora tenha ficado óbvio que não foi implantado o policiamento devido para a proteção da ALERJ, nós sabemos que isso não foi por falta de competência do Oficial, consideramos que já vimos esse filme ( a não implantação de policiamento) na "invasão" do Quartel Central do Corpo de Bombeiros em 2011, como comprovamos em artigo anterior (vídeo).

"Jornal Extra
09/11/16 15:38 Atualizado em 09/11/16 15:46 
Após invasão da Alerj, Picciani cobra prisões e diz que houve falha de segurança 
Nelson Lima Neto 
O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), o deputado Jorge Picciani (PMDB), foi incisivo ao dizer que a invasão da casa legislativa, nesta terça-feira, foi resultado de uma falha clara de segurança. 
— Nós não temos poder de polícia. Não vou dizer que a entrada dos servidores foi facilitada ou algo parecido. O que ficou claro é que houve uma falha de planejamento. Liguei imediatamente para o secretário de Segurança Pública e cobrei um novo planejamento de segurança. Os deputados não podem trabalhar com medo — disse em uma entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (Fonte)". 





Juntos Somos Fortes!

2 comentários:

  1. https://www.google.com.br/amp/m.politica.estadao.com.br/noticias/geral,deputado-e-acusado-de-explorar-trabalho-escravo,20030719p35813.amp?client=ms-android-motorola

    ResponderExcluir
  2. O Roberto Sá tinha que pedir para sair ou tá levando um qualquer nessa rede de corrupção.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.