BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

PACOTE DE MALDADES: BASTA O GOVERNO QUERENDO NOS DIVIDIR



Prezados leitores, os políticos sabem muito bem que as melhores armas para enfraquecer uma mobilização realizada nas ruas são a promoção de violência (vandalismo) durante os atos e provocar a divisão dos mobilizados.
A violência afasta as pessoas de bem que estão nas ruas lutando por seus direitos, enquanto a divisão diminui o número dos mobilizados.
Cientes dessa realidade nós, militares estaduais (Policiais Militares e Bombeiros Militares) e funcionários públicos, não podemos permitir que essas duas táticas sejam instaladas na mobilização que nos une, pois somos vítimas do mesmo algoz, o governo Pezão.
Hoje recebemos um comentário no sentido de que não estivemos na ALERJ e que optamos por realizar uma mobilização em separado, o que é um completo absurdo.
Vale a pena lembrar que Coronéis PM da Associação dos Oficiais Militares Inativos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros (AOMAI) já estiveram presentes em manifestação do funcionalismo, quando levamos faixas e um painel com o "Vampireco" (muitos tiraram foto com ele), portanto, sempre estivemos juntos.
Ao longo do agravamento da crise salarial nós começamos a nos reunir na AOMAI e iniciamos uma convocação logo após a divulgação do "pacote de maldades", isso para nos unir aos protestos na ALERJ.
Lembramos que por questões regulamentares, não é fácil mobilizar PMs e BMs, sempre vítimas de pesadas represálias, inclusive com prisões ilegais em Bangu 1, como ocorreu em 2012.
Escolhemos a terça-feira exatamente por ser o primeiro dia da semana com presença maior dos deputados estaduais.
Em nenhum momento desejamos realizar ato em separado, tanto que nas nossas convocações incluímos todos.
Basta o governo querendo nos dividir.
Não vamos construir muros entre as categorias, temos que construir pontes.
Amanhã, assim como, nos dias subsequentes, seja onde for, temos que estar juntos.

Juntos Somos Fortes!

Um comentário:

  1. O senhor disse tudo, coronel!
    Nada a acrescentar.
    Sgt Foxtrot.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.